Beleriand

Até afundar no começo da Segunda Era do Sol, Beleriand poderia ser encontrada a oeste das Montanhas Azuis no extremo noroeste da Terra-média. Todos os Eldar passaram pro Beleriand durante a Grande Jornada, mas os Teleri ficaram ali por um longo tempo enquanto esperavam que Ulmo, o Senhor do Oceano viesse para os levar para as Terras Imortais.
 
Entretanto, nem todos partiram; os Elfos Sindar ou Elfos Cinza de Doriath e Falas ficaram para trás e por todas as Eras do Brilho das Estrelas construíram maravilhosos reinos ali. Do Leste também vieram outros povos remanescentes dos Teleri, os Elfos Laiquendi, que se estabeleceram nas terras ribeirinhas de Ossiriand, pouco a leste das Montanhas Azuis. Mais tarde, durante a Primeira Era do Sol, os Elfos Noldor que retornavam das Terras Imortais, fizeram os seus reinos de Nargothrond, Himlad, Thargelion, Dorthonian, Gondolin, Mithrim Dor-lómin, Nevrast e Beleriand Oriental. Além dos povos Élficos, existia também os dois reinos Anões de Nogrod e Belegost, várias tribos nômades de Homens e, finalmente, as forças invasoras dos Orcs, Balrogs, Dragões e outros monstros que saiam do reino de Angband. Foram essas terríveis invasões de Morgoth que acabaram por trazer ruína a todos os Reinos Élficos durante a Guerra das Jóias. Isso resultou na Guerra da Ira, aonde os próprios Valar vieram para destruir Melkor, mas ao fazer isso, toda Beleriand foi destruída e engolida pelo Mar.
 

Está envolvido com a obra de Tolkien desde 1999 – fundador da Calaquendi, fundador da Valinor, fundador do Conselho Branco (Sociedade Tolkien) e presidente por três mandatos. Participou da publicação em livro do Curso de Quenya e é autor do Modo Tengwar Português

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *