Ainda veremos outras histórias da Terra-média filmadas por Peter Jackson?

A estreia de O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos marca o inevitável fim das histórias ambientadas na Terra-média contadas no cinema, para o prazer de alguns e horror de outros. No entanto, a pergunta que todo fã está fazendo é: ainda veremos mais dessas histórias no cinema?

Não faz muito tempo, Sir Ian McKellen, ator que interpretou magistralmente o mago Gandalf nas trilogias O Senhor dos Anéis e O Hobbit, em declaração à BBC (via Omelete) sobre o fim de O Hobbit, deu a entender que tem esperanças de um dia voltar a ver a Terra-média retratada em um filme.

“Peter [Jackson] me disse em 2001 [na estreia de O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel] que aquele era o fim, não haveria mais nada. E aqui estamos, 13 anos depois”, disse.

Mais realista, a roteirista e coprodutora Philippa Boyens não só diz que a volta à Terra-média não acontecerá, como defende que se a possibilidade existir, a chance de produzir esse filme (ou filmes) deve passar para as mãos de outros cineastas.

“Os direitos das outras obras [de Tolkien] não estão disponíveis, até onde nós sabemos. E eu suspeito que, se ficarem disponíveis, eles passarão para as mãos de outros produtores porque eu provavelmente já estarei de cadeira de rodas”, brincou. “O professor Tolkien disse que outras mentes deveriam mexer nestas histórias, e se mostrou aberto a isso. Eu suspeito que nós deveríamos fazer o mesmo”.

Com McKellen e Boyens representando dois lados opostos dessa questão, a pergunta inicial ainda persistente, e ao fã resta saber se o capítulo final sobre uma história de J. R. R. Tolkien foi definitivamente filmado. Há muito mais material sobre a Terra-média do autor inglês, como O Silmarillion, Os Contos Inacabados de Númenor e da Terra-média  e Os Filhos de Húrin, mas eles são rigidamente controlados pelo espólio de Tolkien, que não está interessado em mais filmes.

Porém, o que o diretor Peter Jackson pensa de tudo isso? Em uma nova entrevista publicada na revista americana Variety, Jackson deixou claro que pretende dedicar-se a filmes menores e mais simples, além de gerenciar suas empresas na Nova Zelândia voltadas para o mundo do cinema, quase um meio de exorcizar a Terra-média de seu corpo.

HBT2-bs-245350.DNG

Se esta situação mudasse, e os direitos de filmagem das outras obras de Tolkien se tornassem disponíveis para futuros filmes, será que Jackson estaria interessado?

“Se eu tivesse que começar amanhã, diria que não, porque eu definitivamente gostaria de fazer uma pausa para limpar a minha mente e começar a trabalhar em minhas pequenas histórias da Nova Zelândia, que é para onde a minha paixão e meu coração estão se dirigindo agora”, diz o diretor. “Mas pergunte-me em dois ou três anos, e provavelmente direi que sim. Seria difícil imaginar outro cineasta entrando neste mundo, porque eu certamente tenho a propriedade emocional sobre ele.”

Em entrevista ao espanhol Antena 3, Jackson respondeu ao ser indagado sobre os direitos de filmagem de O Silmarillion.

“Não posso falar muito sobre isso, pois entraremos em uma questão de direitos se eu responder. Legalmente não há opções, não podemos inventar novas histórias”.

Os direitos de filmagem sobre os livros O Hobbit e O Senhor dos Anéis foram vendidos pelo próprio J. R. R. Tolkien e pertencem à  Middle-earth Enterprises (antiga Tolkien Enterprises), que até há pouco tempo era de propriedade do empresário e produtor Saul Zaentz, falecido em janeiro de 2014. Assim, os estúdios de cinema somente podem explorar estas duas obras de Tolkien, além de todo o material de apêndice de O Senhor dos Anéis.

Porém, que implicações cercam a obra de Tolkien mais especulada para virar filme, O Silmarillion? Para entender melhor essa questão, recomendamos a leitura do artigo “Filmando ‘O Silmarillion’? Vai sonhando”.

28 comentários em “Ainda veremos outras histórias da Terra-média filmadas por Peter Jackson?”

  1. Mas filmar A Guerra do Norte não soaria repetitivo, já que na hexalogia foram retratadas 5 guerras? Aí seriam novamente as mesmas raças (anões, elfos e homens) contra orcs e mais orcs.  Quem seria o antagonista? Não que eu ache a ideia ruim (muito pelo contrário, quanto mais TM melhor!) mas comercialmente talvez não seria uma boa. O Hobbit já sofreu críticas por se aproximar demais do OSdA.

  2. Achei que o Filme o Hobbit abriu esse link com a A Guerra do Norte, pois mostrou ao publico pontos e personagens importantes em que estão presentes nela… E como a Terra Media gera muita grana para Warner acredito que haja possibilidade.

  3. [QUOTE="Sentinela de Gondor, post: 2676821, member: 76533"]Pra mim caberia  enredo próximo ao jogo Shadows of Morador. Tá tudo lá: dunedain, Sauron, Morador, os anéis, elfos (Celebrimbor[/QUOTE]

    Acho aquele enredo muito apelativo, sem fundamentação com a mitologia Tolkien.

    Racionalmente, pensando em grana, como os executivos da Warner, acho que vão dar prioridades a enredos que liguem aos personagens e elementos das duas trilogias já filmadas, pois têm mais popularidade do que o jogo.

    Com base nos direitos que a Warner detém, só vejo tres saídas para os próximos filmes ou trilogias.

    A Guerra do Norte. Pois retrataria Erebor,  Dol Guldur, Gundabad, os anoes de O Hobbit, os elfos e os homens de Dale e Esgaroth, como os descendentes de Bard ou o próprio bem velho, a depender da criatividade de PJ.

    E a história de Arnor e Angmar, com os descendentes de Aragorn e os nazgul quando foram dominados por Sauron. Emendando, com a história de Aragorn.

    Ou mesmo um filme de Aragorn, em Valfenda, Gondor, Lórien, Cia Cinzenta, como Strider, A Caça a Gollum, a amizade com Gandalf e Legolas.

    Se fosse para chutar, creio que hoje a Warner está pensando nisso, pois é o que ela pode filmar, juridicamente falando.

  4. Silmarillion é absurdamente gigante!

    Seria mais fácil criarem uma série! Ou 3D mesmo.

    De Eru a criação do mundo e a Era das Lâmpadas daria um filme grande.

    Era das Árvores outro filme.

    1ª Era do Sol é onde moraria o maior problema, ai tem muitas historias e conflitos.

    2ª Era do Sol + emendo com a 3ª Era do Sol para ligar com Hobbit…

    Sei la não dá liga.

  5. Eu faria uma nova trilogia.

    O primeiro filme retrataria a Guerra do Norte, mas através dela fundamentasse a Nova Sombra, que iria se revelar anos depois, no fim do Reinado de Aragorn. E também de alguma forma retratasse alguma ligação da ida de Balin à Moria.

    O segundo e o terceiro filme retrataria o reinado de Eldarion, e a descoberta que essa Nova Sombra é na verdade os dois magos azuis, que se omitiram esse tempo todo, e resolveram se revelar após a morte de Aragorn, a destruição de Sauron e Saruman antes, assim como a ida de Gandalf, Elrond e Galadriel para Aman.

    Os protagonistas? Halbarad e Thorin Stonehelm, e Radagast e Tauriel (Rsrsrs).

  6. [QUOTE="Brunus, post: 2676224, member: 77087"]A Guerra do Norte daria um bom enredo criado do zero, desde que feito com cuidados. Tem enredo.

    Tem-se personagens e elementos ótimos que poderiam participar da trama

    – Gundabad e Dol Guldur;

    – Dain Ironfoot e Thorin Stonehelm;

    – Iron Hills;

    – Dir, a irmã de Thorin;

    – A morte de Balin, Ori (dizem que é o escrivão morto ao lado da tumba de Balin) e Óin (parece que foi morto pelo polvo da entrada Oeste) em Moria, como prólogo (a trama poderia, sei lá, está por trás dessa ida de Balin a Moria).

    – Homens orientais, e não somente orcs, como os inimigos;

    – Khâmul, a Sombra do Leste, o Senhor de Dol Guldur;

    – Boca de Sauron, como o mensageiro;

    – Mirkwood: Thranduil e demais Elfos;

    – Tauriel, a elfa balzaquiana banida, morando em Dale (?);

    – Radagast, sem o pau (?);

    – Magos azuis;

    – As Cidades de Dale e do Lago reconstruídas;

    – Os descendentes de Bard: o filho Bain e o neto de Bard, Brand, rei de Dale, que lutou ao lado de Dáin;

    – Glóin e outros anões de O Hobbit como já idosos.

    – A Companhia Cinzenta (Dunedain) poderia aparecer, na liderança de Halbarad

    – Beorn

    – Entesposas (Rs)

    Eu gostaria muito.

    Alguém poderia, assim, só como mero exercício de especulação, deduzir a trama?[/QUOTE]

    Acho que a coisa poderia realmente problematizar a história dos anões, com tudo começando com a amarga derrota em Moria.

    Também acredito que o povo anão deve ser retratado como uma raça forte, que luta pra sobreviver, mesmo com poucas anãs existindo. Acho que essa ameaça de extinção pode dar um dos motes ao filme.

    Disso já podemos tirar que a Guerra do Norte vai muito além da Guerra do Anel – é um povo tentando se manter, não se extinguir e reestabelecer reinos perdidos para voltar a prosperar.

    Quando tentam recuperar Moria acabam perdendo e se envolvendo ao mesmo tempo nas tentativas de dominação do Norte pelo Mal.

    Acho que a trama poderia envolver a busca pelo Anel dos anões, o que estava com Thrain, que Balin acreditava (sabe-se lá porque) estar em Moria. Também pode ser retratado a tentativa de Sauron de corromper os anões, o que os levou ao Conselho de Valfenda.

    Isso tudo é uma grande ligação com o filme SDA principal, sendo totalmente verossímil.

    A partir daí dá pra inventar muitas coisas: como venceram a guerra do norte, quantos perderam, se elfos se envolveram ou não, quais personagens podem aparecer (não acredito que os magos azuis sejam uma boa escolha, mas o castanho, sim). Podiam também utilizar o Khamul como o Bruxo de Angmar foi utilizado no filme principal…. enfim, tentei, rs

  7. [QUOTE="Bruno Ruiz Segantini, post: 2675946, member: 77527"]É, acho que é bem por aí mesmo. A Terra-Média precisa de grandes diretores para conduzir uma obra à altura. Mas não existe só Peter Jackson. James Cameron, por exemplo, é tão perfeccionista que tenho certeza que a coisa sairia bem legal também.[/QUOTE]

    Eu vibrei como nunca quando soube que o PJ voltaria pro Hobbit. Agora, acho que queria que o Guillermo del Toro tivesse ficado no projeto mesmo.

    Gostei da trilogia d'O Hobbit, admito… mas bateu a curiosidade de como veríamos esse universo saindo da cabeça do cara que fez Labirinto do Fauno e Pacific Rim.

  8. A Guerra do Norte daria um bom enredo criado do zero, desde que feito com cuidados. Tem enredo.

    Tem-se personagens e elementos ótimos que poderiam participar da trama

    – Gundabad e Dol Guldur;

    – Dain Ironfoot e Thorin Stonehelm;

    – Iron Hills;

    – Dir, a irmã de Thorin;

    – A morte de Balin, Ori (dizem que é o escrivão morto ao lado da tumba de Balin) e Óin (parece que foi morto pelo polvo da entrada Oeste) em Moria, como prólogo (a trama poderia, sei lá, está por trás dessa ida de Balin a Moria).

    – Homens orientais, e não somente orcs, como os inimigos;

    – Khâmul, a Sombra do Leste, o Senhor de Dol Guldur;

    – Boca de Sauron, como o mensageiro;

    – Mirkwood: Thranduil e demais Elfos;

    – Tauriel, a elfa balzaquiana banida, morando em Dale (?);

    – Radagast, sem o pau (?);

    – Magos azuis;

    – As Cidades de Dale e do Lago reconstruídas;

    – Os descendentes de Bard: o filho Bain e o neto de Bard, Brand, rei de Dale, que lutou ao lado de Dáin;

    – Glóin e outros anões de O Hobbit como já idosos.

    – A Companhia Cinzenta (Dunedain) poderia aparecer, na liderança de Halbarad

    – Beorn

    – Entesposas (Rs)

    Eu gostaria muito.

    Alguém poderia, assim, só como mero exercício de especulação, deduzir a trama?

  9. [QUOTE="Elessar Hyarmen, post: 2676123, member: 30362"]Porque vão fazer merda!

    Só olhar para o Hobbit e verá quanta linguiça e porcaria foi feita. A única coisa que valeu a pena ver foram as belezas cênicas da Terra Media. De resto, o enredo pobre e fraco que só servi para atender aos interesses de Hollywood.

    E eu fiquei muito frustrado, e antes do lançamento da trilogia estava até empolgado e acreditando que PJ poderia fazer ótimos filmes e erros que ele cometeu no passado na época do SDA não fossem repetir.

    Se repetiram e foram piores.[/QUOTE]

    Senhor dos Aneis foi um dos maiores filmes da história do cinema. O Hobbit, apesar de ruim se comparado a eles, ainda sim é muito melhor que a média, praticamente o melhor filme do ano.

    E mesmo que façam sei lá… um filme bem horrível sobre Turin, isso não subtrai em nada o que já temos. Se por ooutro lado, vier um filme muito bom, vai somar bastante, então torço para que tenham mais filmes

  10. [QUOTE="Elessar Hyarmen, post: 2676123, member: 30362"]Porque vão fazer merda!

    Só olhar para o Hobbit e verá quanta linguiça e porcaria foi feita. A única coisa que valeu a pena ver foram as belezas cênicas da Terra Media. De resto, o enredo pobre e fraco que só servi para atender aos interesses de Hollywood.

    E eu fiquei muito frustrado, e antes do lançamento da trilogia estava até empolgado e acreditando que PJ poderia fazer ótimos filmes e erros que ele cometeu no passado na época do SDA não fossem repetir.

    Se repetiram e foram piores.[/QUOTE]

    Até há alguns anos eu tava bem nessa linha de pensamento… Mas hoje tô vendo de uma outra forma. Se eu não gostar de alguma bobagem que a Warner fizer, eu continuo tendo o mundo do Tolkien do jeitinho que são nos livros. E tem muita coisa que eu queria que fosse diferente, mas me divirto bastante assistindo aos filmes do Peter Jackson.

    A Warner vai continuar lançando filmes. Isso é fato. É U$ 1 bi de bilheteria por filme. Ainda mais que agora a Disney tá voltando com Star Wars, então a Terra Média vai ser a franquia-rival para impor essa competição. A questão é se teremos filmes do Silmarillion, ou se serão as "Tales of the Fourth Age". Eu prefiro ver o Turin, o Thingol e a Lúthien no cinema. Mas vou pagar ingresso pra ver o herdeiro do Aragorn criado pelo Peter Jackson também…

  11. [QUOTE="LuizWsp, post: 2676102, member: 74553"]what??? why???[/QUOTE]

    Porque vão fazer merda!

    Só olhar para o Hobbit e verá quanta linguiça e porcaria foi feita. A única coisa que valeu a pena ver foram as belezas cênicas da Terra Media. De resto, o enredo pobre e fraco que só servi para atender aos interesses de Hollywood.

    E eu fiquei muito frustrado, e antes do lançamento da trilogia estava até empolgado e acreditando que PJ poderia fazer ótimos filmes e erros que ele cometeu no passado na época do SDA não fossem repetir.

    Se repetiram e foram piores.

  12. [QUOTE="Grimnir, post: 2676115, member: 66474"]A Warner só vai fazer novos filmes se puder relaciona-los de alguma forma ao enredo de OSdA. Nesse sentido, o melhor candidato seria o enredo das Guerras do Norte. Só que totalmente inventado, o que dá um certo medo.[/QUOTE]

    Mas é isso mesmo que vai acontecer. Se o Christopher Tolkien não vender os direitos do Silmarillion, a Warner vai fazer um "Universo Expandido" da Terra Média, só que na 3ª e 4ª era. Imagina isso, a 4ª era pode ser toda contada por Peter Jackson.

  13. A Warner só vai fazer novos filmes se puder relaciona-los de alguma forma ao enredo de OSdA. Nesse sentido, o melhor candidato seria o enredo das Guerras do Norte. Só que totalmente inventado, o que dá um certo medo.

  14. [QUOTE="Grimnir, post: 2675944, member: 66474"]Eu escrevi errado. Estava pensando "emocional", mas saiu "intelectual". Imagino que ele queira dizer que já está tão ligado emocionalmente ao trabalho da Terra-média no cinema, que só ele poderia fazê-lo novamente. O que é bem idiota e arrogante. Seria bem diferente de dizer: "Por todo o meu apego emocional, acho que poderia fazer um ótimo trabalho em futuras adaptações". Enfim.[/QUOTE]

    É, acho que é bem por aí mesmo. A Terra-Média precisa de grandes diretores para conduzir uma obra à altura. Mas não existe só Peter Jackson. James Cameron, por exemplo, é tão perfeccionista que tenho certeza que a coisa sairia bem legal também.

  15. [QUOTE="Bruno Ruiz Segantini, post: 2675942, member: 77527"]Ele disse propriedade emocional. Não sei bem o que ele quis dizer com isso… mas propriedade intelectual é outra coisa…[/QUOTE]

    Eu escrevi errado. Estava pensando "emocional", mas saiu "intelectual". Imagino que ele queira dizer que já está tão ligado emocionalmente ao trabalho da Terra-média no cinema, que só ele poderia fazê-lo novamente. O que é bem idiota e arrogante. Seria bem diferente de dizer: "Por todo o meu apego emocional, acho que poderia fazer um ótimo trabalho em futuras adaptações". Enfim.

  16. [QUOTE="Grimnir, post: 2675939, member: 66474"]Também achei babaca esse comentário sobre a propriedade intelectual.[/QUOTE]

    Ele disse propriedade emocional. Não sei bem o que ele quis dizer com isso… mas propriedade intelectual é outra coisa…

  17. Pessoalmente acredito que não. Ele já foi bem criticado por fazer o Hobbit somente pra ganhar dinheiro, ainda mais no fato de ter esticado o livro em três filmes.

    O artigo "Filmando o Silmarillion, vai sonhando" http://www.valinor.com.br/7085 é triste, mas pelo menos tem minha foto 🙂

    Christopher é muito esquisito. Ser contra os filmes é muito difícil de entender, pelo menos pra mim.

  18. Acho q a História inteira de “O Silmarillion” poderia ser realizada para as telas como séries tipo “Game of Thrones” ou Uma série Animada, com figuras totalmente digitalizadas.
    Seria muito mais apreciável do que apenas filmes. Sendo assim, sua história seria completamente aproveitada.

Deixe uma resposta