Arquivo da categoria: Notí­cias

valinor

Neozelandeses pedem que O Hobbit seja filmado no país

WELLINGTON – Milhares de pessoas foram às ruas da Nova Zelândia nesta segunda-feira para protestar contra a possibilidade de que os filmes da série O Hobbit passem a ser produzidos em outro lugar. Os manifestantes estavam fantasiados como hobbits ou outros personagens desse universo e levavam cartazes com dizeres como “A Nova Zelândia é a Terra Média” e “Amamos os Hobbits”. Continue lendo

valinor

Peter Jackson confirma Martin Freeman como Bilbo [e mais!]

Peter Jackson confirmou oficialmente que Martin Freeman, das séries inglesas The Office e Sherlock, será Bilbo Baggins em O Hobbit, assumindo o papel que ficou com Ian Holm na série O Senhor dos Aneis.

Apesar dos vários rumores e especulação sobre este papel, houve apenas um único Bilbo Bolseiro para nós. Poucas vezes na carreira a gente cruza com um ator que você sabe que nasceu para interpretar este personagem, e esse foi o caso quando encontrei Martin. Ele é inteligente, engraçado, surpreendente e bravo, exatamente como Bilbo. E me sinto incrivelmente honrado de poder anunciar que ele é o nosso Hobbit”, disse o diretor Peter Jackson.

E não foi só isso. O diretor neo-zelandês anunciou também boa parte do elenco que fará os anões que contratam Bilbo. São eles:

  • Richard Armitage (Missão: Impossível 5, Capitão América) como Thorin Escudo-de-Carvalho, líder dos anões.
  • Aidan Turner (Being Human) e Rob Kazinsky (EastEnders) como Kili e Fili, sobrinhos de Thorin.
  • Graham McTavish (Secretariat) como Dwalin, o primeiro a chegar à casa de Bilbo.
  • John Callen como Oin, irmão de Gloin.
  • Stephen Hunter (All Saints) como Bombur, o gordo, sonolento e lento membro da companhia de Thorin.
  • Mark Hadlow (King Kong) como Dori, o mais forte dos anões, que carrega Bilbo em suas costas em determinada parte da história.
  • Peter Hambleton (The Strip) como Gloin, irmão de Oin, que suspeita da capacidade de Bilbo, mas acaba se convencendo. Ele é o pai de Gimli, o anão que faz parte da Sociedade do Anel e foi visto em O Senhor dos Aneis.

Faltam ainda cinco atores para completar os 13 da companhia dos anões.

Jackson deve confirmar também em breve as voltas de Ian McKellen como Gandalf e Andy Serkis como Gollum, além de anunciar papeis para Jimmy Nesbitt e David Tennant.

O Deadline ainda diz que Stephen Fry, Saoirse Ronan, podem fazer parte do elenco e que Bill Nighy está cotado para emprestar sua voz para o dragão Smaug.

Enfim notícias realmente importantes e empolgantes sobre o filme.

O primeiro filme estreia em dezembro de 2012 e o segundo em dezembro de 2013, ambos com direção de Peter Jackson.

Fontes: Omelete e Cinema com Rapadura

valinor

Warner decide tirar O Hobbit da Nova Zelândia

Com US$ 500 milhões em jogo, a Warner Bros./MGM não quer saber de arriscar. O estúdio decidiu que as filmagens de O Hobbit, de Peter Jackson, não irão acontecer na Nova Zelândia. E foi o próprio Jackson quem deu a notícia ao site local The Press.

“O dano infringido na nossa indústria cinematográfica (pelo sindicato dos atores) está feito faz tempo”, lamentou o cineasta neozelandês.

Os problemas começaram depois que o sindicato de atores do país reclamou das condições trabalhistas e pediu que a produção fosse boicotada. As negociações tem sido intensas nas últimas semanas, inclusive com a interferência do primeiro ministro, John Key, que defende que a Nova Zelândia não pode perder um investimento desse porte, que proporciona ganhos incalculáveis em termos turísticos, além da geração de empregos. 

A ameaça de boicote foi retirada na noite de ontem (19) e, em uma última tentativa, funcionários da indústria cinematográfica local fizeram uma marcha na capital, Wellington, cantando “Save the Hobbit” (salvem o Hobbit) e segurando faixas e cartazes que diziam “SOS Hobbits” e “Keep it Made in New Zealand” (Deixem ele ser feito na Nova Zelândia). Mas, pelo que disse Jackson, dificilmente alguém conseguirá fazer a Warner mudar de ideia.

Segundo o diretor, toda a confusão fez com que o estúdio perdesse a confiança na indústria.

“E eles agora estão preocupados, com toda razão, sobre a segurança de seu investimento de US$ 500 milhões. Na próxima semana o pessoal da Warner virá ao país para providenciar a mudança da produção. Parece que não podemos fazer filmes em nosso próprio país mesmo quando um financiamento substancial está disponível”, lamentou.

Resta agora saber qual será o próximo destino de O Hobbit. Pelo menos quatro países já se ofereceram para receber a produção: Estados Unidos, Canadá, Escócia e Irlanda.

Fonte: Vírgula

valinor

Novas notícias e rumores sobre o elenco de O Hobbit

Os rumores sobre o elenco de O Hobbit voltaram com força após o sinal verde da produção, que começará a ser filmada em fevereiro de 2011 com direção de Peter Jackson.

Segundo o Deadline, o ator Martin Freeman (séries britânicas The Office e Sherlock) continua sendo o favorito para viver Bilbo Bolseiro. Recentemente, o ator disse que recusou o convite para o papel por causa das filmagens da série Sherlock, mas parece que um acordo entre a Warner Bros. e a BBC pode ter resolvido esse problema.

O ator David Tennant (série Doctor Who), que era outro candidato para o papel de Bilbo, estaria agora em negociações para interpretar um personagem diferente. Os atores Michael Fassbender (Bastardos Inglórios) e James Nesbitt (Match Point) também estariam em negociações para integrar o elenco. 

Apesar de os personagens não terem sido divulgados, para o ator irlandês James Nesbitt, segundo o britânico The Guardian, foi oferecido o papel do anão Bofur.

Já o retorno dos atores Ian McKellen (Gandalf ) e Andy Serkis (Gollum) é quase certo.

Em tempo: quem se lembra que num passado não muito distante Doug Jones (Hellboy, Labirinto do Fauno), ator que sempre está nas produções assinadas por Guillermo Del Toro, foi muito especulado para encabeçar algum personagem em O Hobbit? Pois bem, em uma entrevista em vídeo, publicada aqui, Doug Jones declarou que nunca foi procurado ou recebeu convites para atuar em O Hobbit.

Apesar de anteriormente já ter declarado ter interesse na produção, o fato de Del Toro ter caído fora do projeto levanta a possibilidade de Jones, assim como Ron “Hellboy” Perlman, já serem cartas fora do baralho. Vamos ver o que Sir Peter Jackson nos dirá sobre isso e outros nomes especulados para o elenco de O Hobbit.

Fontes: Pipoca Moderna.MTV e The Guardian

valinor

Representantes dos estúdios falam sobre Peter Jackson na direção de O Hobbit

Depois que as filmagens de O Hobbit ganharam o tão esperado sinal verde  – fevereiro de 2011 – e depois que Peter Jackson foi confirmado como o diretor das duas partes do prequel de O Senhor dos Anéis, os representantes dos estúdios New Line Cinema, Warner Bros. e MGM resolveram falar sobre essa notícia tão aguardada pelos fãs.

Toby Emmerich, presidente da New Line, declarou:

“Peter [Jackson] é um cineasta de talento extraordinário. Tê-lo retornando à Terra-média para produzir e dirigir é um sonho. Peter é um talentoso contador de histórias, diretor visionário e pioneiro na tecnologia cinematográfica. Estar com Peter, Fran [Walsh] e Philippa [Boyens] nos faz sentir indo realmente ‘lá e de volta outra vez’”.

Para Alan Horn, presidente da Warner :

“Não há pessoa no planeta mais qualificada do que Peter Jackson para dirigir esses filmes.  Peter tem a visão criativa adequada para trazer esta amada produção à vida, de uma maneira que nenhum outro realizador poderia. E a equipe de Fran Walsh e Philippa Boyens provou, por meio de seu trabalho na trilogia original, que ninguém é mais hábil em transformar as palavras escritas por Tolkien em uma linguagem viva e vibrante que faz o público acreditar que não estão apenas visitando à Terra-média, mas, na realidade, vivendo nela. Nós não poderíamos estar mais ansiosos e empolgados para ver O Hobbit tomar forma sob a administração de Peter e da equipe que está montando”, declarou Horn.

Representando a MGM, o vice-diretor Steve Cooper também está animado com os filmes ganhando status de produção oficial. Disse:

“A MGM tem o prazer de continuar a desenvolver e participar da franquia de sucesso O Senhor dos Anéis. Sob a liderança de Peter, sem dúvida, os filmes certamente vão agradar os fãs da trilogia, além de trazer para essas histórias uma nova geração de fãs”.

O Hobbit está sendo co-produzido pela New Line (subsidiária da Warner Bros.) e MGM.  A Warner cuidará da distribuição dos filmes nos Estados Unidos; a MGM se encarregará da distribuição internacional.  

Falta agora uma decisão sobre a disputa entre o sindicato dos atores e Peter Jackson, que ameaçou levar a produção de O Hobbit para o Leste Europeu. Nesta última quinta-feira (14), as partes interessadas, em reunião mediada pelo governo da Nova Zelândia, concordaram em trabalhar juntas para atualizar as condições de participação para os artistas da Nova Zelândia. Matt Dravitski, assistente de Jackson em sua empresa Wingnut Films, disse ao The Dominion Post que “o anúncio sobre o local definitivo para as filmagens será divulgado em uma ou duas semanas”.

De qualquer forma, ainda que as filmagens sejam levadas para fora da Nova Zelândia, uma parte substancial dos efeitos visuais, bem como a pré e pós-produção ainda acontecerão em solo neozelandês, já que a Weta Digital, responsável por tudo isso, se localiza em Wellington.

Peter Jackson irá dirigir as duas partes de O Hobbit que serão filmadas simultaneamente, como ocorreu com O Senhor dos Anéis. A produção será em 3D e o lançamento ainda está previsto para dezembro de 2012 e dezembro de 2013, respectivamente.

Fontes: TORN e The Dominion Post

valinor

Warner e MGM chegam a acordo para início das filmagens de O Hobbit

Após uma série de atrasos e problemas, os estúdios Warner Bros Pictures e Metro-Goldwyn-Mayer (MGM) chegaram a um acordo para dar início em fevereiro de 2011 às rodagens do filme baseado no livro O Hobbit, segundo informou nesta sexta-feira (15) o site The Hollywood Reporter.

O Hobbit é a história que antecede a trilogia O Senhor dos Anéis, de J.R.R. Tolkien, uma das sagas de maior sucesso da história do cinema.

Em formato 3D, o longa será dividido em dois episódios, que têm datas de estreia previstas para dezembro de 2012 e dezembro de 2013. No entanto, os estúdios ainda não deram o “sinal verde” ao projeto, pois aguardam a solução de um conflito entre o diretor Peter Jackson e os sindicatos da Nova Zelândia.

O problema entre os sindicatos e três produtoras de Hollywood representadas por Jackson teve início quando os trabalhadores denunciaram que o cineasta não queria negociar diretamente com eles, nem fixar condições mínimas de trabalho.

A produção de O Hobbit sofreu grandes atrasos devido à situação financeira da MGM, que detém os direitos de distribuição internacional sobre o longa e é obrigada a cobrir a metade do orçamento, que ronda os US$ 500 milhões. Em maio, o mexicano Guillermo del Toro decidiu deixar a direção de O Hobbit devido aos constantes atrasos nas filmagens.

Segundo o jornal O Globo, Jackson insinuou, por meio de um comunicado divulgado pela Warner nesta sexta-feira, que O Hobbit deveria ser filmado em 3D desde o começo, e não repetir o erro de filmes como “Fúria de Titã” que foi filmado com câmeras convencionais e convertido para o formato 3D logo depois, algo que fez a Warner ser muito criticada por isso.

“A exploração da Terra Média de Tolkien vai muito além da experiência cinematográfica normal. Não vemos a hora de retornar ao mundo maravilhoso de Gandalf e Bilbo. É uma viagem de imersão total em um lugar muito especial, onde reinam a imaginação, a beleza e o drama”, disse Sir Peter Jackson no comunicado.

Cerca de US$ 30 milhões já foram gastos com a pré-produção de O Hobbit até agora.

Fonte: Terra Cinema

article-0-00fd0fc900000578-171_468x369_popup1-400x602

Martin Freeman confirma convite para O Hobbit

O ator Martin Freeman (“O Guia do Mochileiro das Galáxias” e série “The Office” original) confirmou em entrevista à revista Empire que recebeu um convite para viver Bilbo Bolseiro em “O Hobbit”. A grande surpresa é o que ator disse não, por causa das gravações da série “Sherlock”, da BBC – ele vive Watson na trama inspirada nos personagens de Arthur Conan Doyle, mas passada nos dias de hoje.

“Eu tive que dizer ‘não’ por causa da 2ª temporada de ‘Sherlock’“.

Ele ainda tem uma chance se a Warner Bros. conseguir negociar com a BBC uma data que concilie com as gravações da série com o filme. Freeman disse que ficaria muito feliz se a Warner e a BBC entrassem em acordo.

“Tive que recusar o papel com uma dor no coração. Eu gostaria de pensar que ainda há uma chance. Mas eu aprendi a não torcer demais em relação essas coisas. Vai rolar se tiver que rolar”, disse Freeman.

As filmagens de “O Hobbit” devem começar em 2011, mas ainda não têm data marcada. A produção do filme continua paralisada por causa dos problemas financeiros da MGM. Recentemente, Peter Jackson (trilogia “Senhor dos Anéis”) disse que em breve seriam divulgadas novidades sobre o filme, e que talvez ele assuma a direção.

Fonte: Pipoca Moderna