Arquivo da categoria: Hobbit – O Filme

Confira o 2º TV Spot de “O Hobbit”!

Com 33 segundos de duração, o segundo TV Spot de O Hobbit: Uma Jornada Inesperada traz mais cenas novas! Sim, evidentemente algumas cenas já vistas no primeiro Spot e nos trailers, mas, claro, em 33 segundos ele também traz cenas inéditas como:

 * Uma nova visão da chegada de Gandalf em Bolsão;

 * Novo ângulo dos Anões correndo por uma planície;

 * Um novo ângulo de Bilbo na caverna do Gollum;

 * Uma rápida conversa entre Bilbo e os Trolls;

 * E uma nova cena em que Bilbo segura o Um Anel;

 Confira o novo Spot na página oficial de O Hobbit no Facebook ou, se preferir, veja no YouTube.

 

Omelete visita sets do “O Hobbit” e lista 50 curiosidades sobre o filme

O correspondente Steve Weintraub, do Collider, e parceiro do brazuca Omelete.com, visitou os sets de O Hobbit no meio do ano e teve a oportunidade de conhecer os estúdios e de falar com o elenco.  A partir dessa visita invejada por qualquer nerd, o Omelete traz 50 curiosidades inéditas sobre um dos filmes mais aguardados de 2012. Ao ler a extensa matéria, você saberá que:

  • Gandalf será mais amável em O Hobbit que sua versão de O Senhor dos Anéis, mas isso não significa que não existam momentos intensos (as cenas com Thorin em especial – haverá uma relação ligeiramente antagônica entre os dois líderes).

 

  • Ian McKellen disse que gostaria de ver uma minissérie de televisão com umas 13 horas de duração que adaptasse o livro em cada detalhes minucioso.

 

  • Tanto o pai quanto o avô de Thorin foram acometidos da “doença do dragão”, uma obsessão letal por ouro.

 

  • Para Armitage [intérprete de Thorin] imaginar a destruição que Smaug causou nas terras de seu povo, ele pensou em como seria se ele fosse um sobrevivente de Hiroshima.

 

  • Matt Aitlen, da WETA Digital, disse que eles – como muita gente notou nos trailers – não redesenharam Gollum. Apenas aplicaram os novos recursos tecnológicos disponíveis, para tornar seu comportamento mais natural e realista.

 

  • Nenhum dos elementos digitais criados para O Senhor dos Anéis foi reaproveitado em O Hobbit. O salto tecnológico em 10 anos foi grande demais.

 

  • A única tecnologia de maquiagem que permanece exatamente a mesma de O Senhor dos Anéis é a usada para as orelhas dos elfos – a gelatina. Entre 600 e 800 orelhas élficas foram criadas para os filmes.

 

  • As perucas de Galadriel, Legolas e Frodo são exatamente as mesmas que os atores usaram em O Senhor dos Anéis.

 

  • O figurino de Gandalf é o mesmo de A Sociedade do Anel, mas ele ganhou um cachecol élfico. A roupa não é a mesma que Ian McKellen vestiu no primeiro filme, porém. Essa está guardada sob condições controladas e preservada. A WETA valoriza cada item criado dentro de suas instalações como artesanato neo-zelandês.

 

  • A individualização dos anões inclui peculiaridades como: Ori é adorado pela sua mãe e ainda usa os lacinhos que ela amarrou aos seus cabelos antes de ele sair na jornada. Dwalin é um guerreiro experiente e mostra suas cicatrizes como troféus. Dori controla o dinheiro do grupo e gosta de arrumar seu cabelo de maneira excêntrica. Bifur tem um machado orc cravado em sua cabeça, o que lhe causa um tique nervoso e alguns problemas mentais. Bombur é o mais gordo e forte dos anões e gosta de usar sua barba como uma corda para enforcar orcs. Gloin tem referências diversas a seu filho, Gimli, e os dois vão se parecer tanto nas roupas quando no armamento. Nori tem a silhueta mais dramática. Balin não tem bigode. Thorin é o mais simétrico e bonito de todos, devido à sua nobreza.

 

  • No livro, os anões são distinguíveis pelas cores de seus capuzes. A ideia era um tanto simplista para o filme, então essas cores foram incorporadas em elementos diversos do figurino dos 13 personagens.

 

  • . Esta versão de Valfenda será muito mais colorida e brilhante, pois os anões e Bilbo chegarão à cidade no meio do verão. Em O Senhor dos Anéis eles mostram o lugar no outono.

Mas lembre-se que são 50 as curiosidades! Portanto, vale uma visita ao Omelete.com para ler a matéria na íntegra e se deliciar com todas as informações. Então, acesse: O Hobbit – Uma Jornada Inesperada | Visitamos o set do filme na Nova Zelândia!

Fonte das imagens: Galeria do Omelete – Empire Magazine

[Atualizado!] Revista revela 5 imagens de capa de “O Hobbit” e a duração do primeiro filme

A revista Empire Online divulgou cinco imagens de capa para o mês de novembro, e quem vai escolher a imagem definitiva são os fãs. E ainda, de acordo com a revista, Peter Jackson disse que o primeiro filme, O Hobbit: Uma Jornada Inesperada, até o momento está com 2 horas e 40 minutos de duração, o menor tempo da franquia por enquanto (10 minutos a menos que A Sociedade do Anel). “Até o momento”, pois os créditos finais ainda não foram concluídos e tão pouco alguns efeitos e cenas, por isso a duração do filme pode mudar (para mais ou para menos).

      

Atualização: sexta capa, exclusiva para assinantes.

Clique para ampliar

 

_______________________________

E de acordo com o TORN, a Dolby Laboratories Inc. e a empresa de pós-produção do diretor Peter Jackson, Park Road Post Production, anunciaram nesta quarta-feira que O Hobbit será mixado e lançado em Dolby ® Atmos™. Trata-se de um novo sistema de som mais natural e realista que circula em torno e acima do público, ajudando a transportar o espectador para a história contada na tela do cinema, neste caso o mundo da Terra-média. O novo sistema possui dois alto-falantes adicionais que oferecem a capacidade de direcionar o som para outros alto-falantes individuais.

“Eu tento fazer filmes que permitam que o público seja parte dos efeitos que aparecem na tela, em vez de simplesmente assistir como tudo transcorre. E já está disponível uma incrível tecnologia para que isso aconteça: a alta frequência de frames, 3D, e agora o extraordinário sistema Dolby Atmos”, disse Peter Jackson. “Dolby sempre esteve na vanguarda para oferecer ao público cinéfilo a melhor experiência de som, e agora se superam. Dolby Atmos proporciona uma experiência de som completamente imersiva que os diretores de cinema, como eu, sonharam durante muito tempo”.

(Agradecemos ao Adão, Fefe_Helena e aos demais que nos enviaram as dicas!)

Os prós e os contras de interpretar Gandalf, por Ian McKellen

Tem sido amplamente divulgado que McKellen quase recusou o papel de Gandalf em O Hobbit (como pode ser lido aqui). Agora, o próprio ator, em seu blog, esclarece a questão. Com a palavra, Sir Ian McKellen:

“É verdade que você quase não interpretou Gandalf de novo?”

Agora que eu retornei a Gandalf, não consigo acreditar que havia alguma dúvida em minha mente – mas havia! Há sempre, com qualquer oferta de emprego.

Para me decidir, eu costumo anotar os prós e os contras e ver qual é a lista mais longa ou a que pesa mais. Assim:

Prós: Trabalhar com Peter Jackson é sempre estimulante e divertido: nós rimos um com o outro e ele não me deixa atuar de forma teatral demais no filme. Admiro seus colegas mundialmente conhecidos, como  Andrew Lesnie (diretor de fotografia), John Howe e Alan Lee (designers da Terra-média) e é assim com muitos dos que retornaram em O Hobbit. O Senhor dos Anéis se tornou um clássico do cinema e o mesmo pode muito bem ser verdade com relação ao O Hobbit. Eu gosto de viver na Nova Zelândia e explorar sua paisagem incrivelmente bonita.

Contras: um compromisso de dois anos com O Hobbit iria manter-me longe de outros trabalhos e longe de casa e dos amigos em Londres. Eu gosto de novos desafios e já interpretei antes Gandalf, o Cinzento.

Quando Peter me disse que tinha se comprometido com O Hobbit, eu imediatamente desmarquei compromissos em minha agenda e fiquei esperando uma chamada. Foi uma longa jornada, pois Peter se retirou do projeto e foi substituído por Guillermo Del Toro. Guillermo e eu nos demos muito bem, com alguns encontros discutindo sua visão. Em seguida ele também se retirou. Então, Peter estava de volta e, em seguida, mais atraso, por doença e desentendimentos com o sindicato dos atores da Nova Zelândia. Comecei a pensar: “O Hobbit foi amaldiçoado” – outra razão contra.

O que me fez mudar de opinião foi o conselho de um sábio amigo: “Ian, todos os fãs do O Senhor dos Anéis não vão entender ou se importar com suas dúvidas. Eles só querem ver você de volta como Gandalf.” E então eu percebi o que eu já sabia o tempo todo, que eu não podia suportar a ideia de outro ator vestindo o chapéu pontudo e as vestes cinzentas.

E foi isso. Graças a Deus!

Ian McKellen, Londres, 24 de outubro de 2012

 

(Agradecemos a dica, BlackMoon!)

“O Hobbit” – Cara a cara com Bolg, o Terrível!

Novamente os franceses do Tolkiendrim conseguiram imagens inéditas de um personagem de O Hobbit: Bolg! O líder orc já havia sido revelado antes, mas agora as imagens são maiores e mais nítidas, e mostram mais detalhes do visual do filho de Azog. Elas vieram novamente do calendário 2013. Confira abaixo, clicando nas imagens para ampliá-las:

[SPOILER] Descrição:

Como seu pai Azog, Bolg é um orc enorme e muito pálido. Ele é o encarregado das masmorras de Dol Guldur e a tortura é seu hobby. Sua armadura é pintada com sangue e decorada com os ossos de suas vítimas. Nenhum oponente pode competir com ele, até que conhece Gandalf, o Cinzento. Bolg no filme é interpretado pelo ex-lutador e ator Conan Stevens, que foi visto pela última vez como o cavaleiro Sor Gregor Clegane, a “Montanha que Cavalga”, na série da HBO, Guerra dos Tronos.

Novas imagens de “O Hobbit” reveladas por meio de um novo jogo de cartas

O TheOneRing.net teve acesso às primeiras imagens de um novo jogo de cartas de O Hobbit  (The Hobbit Card Playing Game). As imagens são scans, por isso a baixa qualidade, mas algumas delas podem revelar SPOILERS para você. Confira algumas abaixo:

      

Essas e outras imagens, num total de 23, você pode ver no The One Ring ou em sua galeria no Facebook!

(Agradecemos a dica de Konata Greyish e Gondorian Stark!)