Arquivo da categoria: Orcs

Ufthak

Orc de Mordor. Ufthank foi capturado por Laracna. Ela
amarrou o Orc com suas teias preparando para come-lo. Ufthak foi encontrado
dias depois pela companhia de Shagrat em um canto da toca da Laracna. Ufthak
ainda estava vivo, contudo seus companheiros Orcs não o resgataram, pois não
era aconselhável entrar no caminho da Laracna. 

 

Fonte: As Duas Torres: “As escolhas do Mestre Samwise”

Traduzido de: The Thain's Book 

Snaga (Uruk de Isengard)

Uruk de
Isengard.
Ugluk, o líder dos Uruk-hai de Isengard usava o nome Snaga
para se referir a um de seus escoteiros que marcavam um Cavaleiro de Rohan à
distância, mas deixavam-no ir. Os Cavaleiros então pegavam a trilha dos Uruk-hai e
começavam a persegui-los, eventualmente matando a todos.
 

Nomes e Etimologia:

Snaga significa “escravo” na Língua Negra e deve ter sido
usada como uma forma geral de se referir mais que como um nome realmente.

Fontes:

As Duas Torres: “Os Uruk-hai”

Apêndice F de Senhor dos Anéis: “As línguas e pessoas da
Terceira Era – Outras raças”

Traduzido de: The Thain's Book.

Radbug

Orc de Mordor. Radbug foi um dos Orcs sob o comando de
Shagrat, Capitão da Torre de Cirith Ungol, durante a briga com Orcs de Minas
Morgul liderados por Gorbag em 14 de março de 3019. Radbug foi morto quando
Shagrat esmagou seus olhos.

 

Porque Shagrat matou seu subordinado não se sabe
precisamente, mas ele prometeu um destino similar a Snaga quando aquele Orc
desobedeceu a uma de suas ordens.

 
Fonte: O Retorno do Rei: “A Torre de Cirith Ungol”

Traduzido de: The Thain's Book 

Golfimbul

Orc líder das Montanhas Nebulosas. Em 2747,
Golfimbul liderou um exército de Orcs de Monte Gram nas Montanhas Nebulosas
através do Northfarthing do Condado. Os Orcs foram derrotados por uma tropa de
Hobbits liderada por Bandobrás Tûk.
 
 
Durante a Batalha dos Campos Verdes, Bandobrás atacou Golfimbul de arrancou sua cabeça com um golpe. A
cabeça do Golfimbul voou no ar por 100 jardas e caiu dentro da toca de
um coelho; é dito que foi assim que o jogo de golf foi inventado.
 

Fonte:


O Hobbit
: “Uma festa inesperada"
 
Traduzido de: The Thain's Book

Uglúk

Uruk-hai comandante de Isengard. Uglúk era um Orc grande e
negro da raça dos Uruk-hai, que eram mais altos e fortes que os outros Orcs e
não tinham problemas com a luz do sol. Saruman ergueu um exército de Uruk-hai
em Isengard e deu a eles carne humana para comer. Os Uruk-hai de Isengard
levavam o emblema de Saruman a Mão Branca.

 

Quando Saruman descobriu com seus espiões que o Um Anel
estava sendo levado para o sul pelo Hobbit Frodo Bolseiro, ele enviou Uglúk
para persegui-lo. Saruman deu ordens estritas a Uglúk: “Mate todos MENOS os
Pequeninos; eles devem ser trazidos VIVOS o mais rápido possível… Vivos e
capturados; sem estragos” (As Duas Torres) Uglúk não sabia do Anel mas
acreditava que os Hobbits tinham uma arma que era desejada para a guerra.

Uglúk liderou uma companhia de pelo menos 80 Uruk-hai
acompanhados por mais de 100 Orcs das Montanhas da Névoa. Eles alcaçaram Amon
Hen em 26 de fevereiro de 3019, e encontraram Merry Brandybuck e Pippin Tûk na
floresta. Boromir veio em defesa dos Hobbits, mas ele foi assassinado e os
Hobbits capturados. Ao grupo de Uglúk juntou-se um Orc de Mordor, de nome
Grishnákh, que discutiu com Uglúk que os Hobbits deveriam ser levados a Mordor,
contudo Uglúk exerceu autoridade sobre ele. Ele cortou a cabeça de dois dos agitadores e Grishnákh recuou e deixou
o grupo.

Enquanto eles avançavam para oeste na direção de Isengard,
um soldado de nome Snaga viu um Cavaleiro de Rohan à distância. Uglúk estava
bravo pois o cavaleiro pode escapar para fazer soar o alarme. Ele deu a Merry e
Pippin uma bebida-Orc e os fez correr a passos rápidos. Os Orcs das Montanhas Nebulosas temiam os Cavaleiros de Rohan e eles tentaram escapar para a
Floresta de Fangorn, mas os Uruk-hai os deixaram para trás. Grishnákh se juntou
novamente aos Uruk-hai com Orcs de Mordor e disse a Uglúk que ele tinha a
intenção de assegurar que as ordens estavam sendo seguidas com atenção aos
prisioneiros.

Na noite de 28 de fevereiro, os Cavaleiros de Rohan cercaram
a companhia de Uglúk em uma pequena colina próxima a Floresta de Fangorn. Uglúk
não atacou, pois acreditava que o reforço liderado por Mauhur estava a caminho.
Ele ordenou que Merry e Pippin deveriam ser vigiados e mantidos vivos a menos
que os Cavaleiros quebrassem suas defesas. Grishnákh desobedeceu Uglúk e
carregou os Hobbits para procurar o Anel, mas ele foi assassinado por um
Cavaleiro e Merry e Pippin puderam escapar.

O reforço de Mauhur chegou, mas eles foram derrotados pelos
Cavaleiros. Na madrugada de 29 de fevereiro, os Cavaleiros atacaram a companhia
de Uglúk. Uglúk tentou manter um grupo de seus seguidores e escapar para
Fangorn, mas eles foram eventualmente capturados e assassinados. Uglúk lutou
com Éomer, o líder dos Rohirrim, espada com espada, contudo ele foi derrotado e
Éomer o matou.

 
Fonte: As Duas Torres: “Os Uruk-hai”

Traduzido de: The Thain's Book

Snaga (Orc de Mordor)

Orc de Mordor, Snaga ficava na Torre de Cirith
Ungol. Ele foi um dos únicos sobreviventes da briga entre Orcs da Torre
liderados por Shagrat e os Orcs de Minas Morgul liderados por Gorbag em 14 de
março de 3019. 
 

Sam Gamgi encontrou Snaga nas escadas, e o Orc o confundiu
com o Grande Elfo Guerreiro e fugiu. Sam o seguiu e ouviu uma discussão entre
Snaga e Shagrat. Shagrat ordenou que Snaga fosse ao encontro de Lugburz (em
Barad-dur) com notícias que eles haviam capturado um Pequenino. Snaga recusou,
e Shagrat o perseguiu, mas foi distraído quando eles descobriram que Gorbag
continuava vivo.

Snaga foi para a câmera no topo da Torre, onde Frodo
Bolseiro estava sendo mantido como prisioneiro. Quando Sam o encontrou, Snaga
estava batendo em Frodo com uma corda. Sam atacou Snaga e o Orc caiu através do
alçapão e morreu.

Nomes & etimologia:

Snaga significa “escravo” na língua negra e deve ter sido
usada mais como uma forma geral de se referir do que como um nome.

Fonte:

O Retorno do Rei: “A Torre de Cirith Ungol”

Apêndice F do Senhor dos Anéis: “As Línguas e Povos da
Terceira Era – de outras raças
 
Traduzido de: The Thain's Book

Shagrat

Capitão dos orcs da Torre de Cirith Ungol. Shagrat era um
Uruk alto com uma feição demoníaca, com dentes projetados e braços longos.

 

Em 3017, Shagrat foi ordenado a permitir a Gollum que
escapasse quando a criatura foi libertada da Torre Escura. Os guardas de Shagrat
viram Gollum novamente em março de 3019 e deduziram que ele havia trazido
uma vítima para a Grande Aranha Laracna que vivia em um túnel próximo à
passagem.

Em 13 de março, Shagrat recebeu uma mensagem que espiões
deviam estar nas Escadas de Cirith Ungol. Ele liderou uma companhia de
aproximadamente 40 orcs para investigar. Eles encontraram uma companhia de mais
de 80 orcs, liderada por Gorbag de Minas Morgul. Então Shagrat viu o corpo de
Frodo Bolseiro, que fora atingido por Laracna. Shagrat sabia que Frodo
não estava morto, apenas inconsciente, pois ele estava atento ao método de se
alimentar de sangue quente de Laracna.

Shagrat ficou satisfeito de terem capturado um dos espiões –
embora Gorbag o tivesse avisado que havia outro espião à solta. As ordens de
Shagrat eram de manter o prisioneiro vivo e intacto e para despi-lo e enviar um
inventário completo de suas posses à Torre Escura. Shagrat levou Frodo à câmera
mais alta da Torre de Cirith Ungol, onde ele interrogou o prisioneiro sem
misericórdia. Quando as roupas de Frodo foram removidas, sua camisa de mithril
foi descoberta e Gorbag a desejou. Gorbag enfiou uma faca no braço de Shagrat,
mas Shagrat estrangulou Gorbag e o deixou para morrer. Os orcs das duas
companhias lutaram e mataram uns aos outros até que quase todos estivessem
mortos.

Shagrat estrangulou Radbug e enviou outro de seus
subordinados chamar Snaga para trazer notícias do que havia acontecido com a
Torre Escura. Contudo Snaga encontrou Sam Gamgi nas escadas e pensou que ele
fosse o Grande Elfo Guerreiro e se recusou a descer. Shagrat perseguiu Snaga,
mas ele fugiu. Então Shagrat descobriu que Gorbag ainda estava vivo e o
apunhalou. Shagrat decidiu ir a Torre Escura, mas enquanto ele descia as
escadas, Sam pulou em cima dele brandindo a brilhante lança-élfica Ferroada.
Shagrat empurrou Sam e escapou da torre e Sam o deixou ir.

Shagrat trouxe a camisa de mithril de Frodo e a capa élfica
e a espada de Sam para a Torre Escura em 17 de março. Esses pertences foram
mostrados para o Exército do Oeste pelo Boca de Sauron em 25 de março como prova da
captura de Frodo, causando grande angústia entre os amigos de Frodo.

 
Fontes:

As Duas Torres: “As Escolas de Mestre Samwise”

O Retorno do Rei: “O Portão Negro se Abre”, “A Torre de
Cirith Ungol”

Apêndice B de Senhor dos Anéis: “O Conto dos Anos”

 

Traduzido de: The Thain's Book