Arquivo da categoria: J. R. R. Tolkien

Atualizações em Tolkien e o í‰lfico de Rodrigo “Slicer”

Há alguns meses atrás Rodrigo “Slicer” Jaroszewski começou o site independente chamado Tolkien e o Élfico, cuja missão, segundo Slicer, "é indexar e produzir informações úteis e esclarecedoras àqueles
que, por quaisquer motivos, estiverem interessados no uso teórico ou
prático das línguas élficas".
 
 
Eis que agora ele disponibiliza duas ótimas atualizações. A primeira certamente agradará fãs de Tolkien em geral, não só aqueles que desenvolveram interesse pelo estudo das línguas: Nomes em Élfico. O Slicer colocou no site um tutorial para a utlização do recurso, que você pode conferir clicando aqui.
 
Além disso, há também uma atualização para os que estudam as línguas élficas: Lista de Palavras em Sindarin na Ardalambion. Fica a dica para que vocês não deixem de visitar e prestigiar o trabalho do Slicer, que certamente está de parabéns pela iniciativa e pelo cuidado com o site.

Ouça Adam Tolkien na BBC

Adam Tolkien, filho de Christopher Tolkien e neto de J.R.R. Tolkien foi recentemente entrevistado pelo programa "The Ticket", da rádio inglesa BBC. E você pode ouvir tudo!
 

Basta clicar aqui para ser direcionado ao site do programa. Em seguida, clique em "Listen to the Ticket". Arraste o cursor de tempo até os 12 minutos e… tcharam! A entrevista dura uns 4 minutos. Aproveite, enquanto a edição do programa onde rolou a entrevista continua disponível!

Adam Tolkien fala sobre o aví´ no lançamento de Children of Húrin

As pessoas que tiveram a oportunidade de conferir o lançamento de Children of Húrin
na livraria Waterstone's em Londres, puderam fazer perguntas sobre
J.R.R. Tolkien ao neto do escritor, Adam Tolkien, que trabalhou como
editor assistente neste livro.
 
 
Um dos fãs perguntou o que Tolkien costumava dar de presente de Natal
para o neto, que respondeu não conseguia lembrar (uma vez que o avô
faleceu quando Adam tinha apenas quatro anos).

Depois, Adam contou aos jornalistas que Tolkien era um "homem amigável" e "muito sociável". Disse também que o escritor "gostava de passar o tempo com os amigos, bebendo, conversando e fumando".

"Ele também era intensamente devotado ao trabalho, tanto
quanto como professor, seu amor pelas linguagens e a escrita. Ele foi
um bom pai
", acrescenta Adam.

Quando perguntado como se sentia sobre a publicidade do trabalho de seu avô gerou ao longo dos anos, Adam respondeu "Triste.
Todos falam da marca, da franquia e dos filmes. As pessoas obviamente
esquecem que há um homem por trás disso, que escreveu por suas razões,
e os livros são maravilhosos. Eu certamente não fico triste com o
sucesso que eles têm, mas é uma pena que isso tenha se tornado uma
marca. É uma obra de arte
".

Adam termina alegando que tanto ele quanto seu pai (Christopher
Tolkien) não têm planos de re-editar qualquer trabalho em um futuro
próximo.

Fonte: BBC News

Pesquisa sobre Tolkien

Mark Keuthan convocou os fãs de Tolkien através do TheOneRing.net para responder uma pesquisa sobre como as obras e os filmes baseados nelas falam religiosamente com as pessoas, e faz parte de um projeto para a aula de Métodos de Pesquisa Quantitativa de Keuthan.
 
 
A pesquisa está em inglês, mas não custa dar uma forcinha para o rapaz,
até para que novos materiais saiam sobre o Professor no mundo
Acadêmico. Para responder, clique aqui.
 

Loja Tolkien na Amazon.com

A Amazon.com criou um cantinho especial para os fãs de Tolkien em seu site: J.R.R. Tolkien Store. Lá você encontra facilmente os livros de Tolkien para os leitores mais novos e para os mais velhos, além de edições de luxo e livros sobre o autor. Pode comprar também o tão aguardado "The Children of Húrin", que será lançado dia 17 deste mês, e conferir uma entrevista com o ilustrador Alan Lee.

Confira tudo isso clicando aqui: Amazon.com Tolkien Store 

 

"Os Filhos de Húrin", pelo Tolkien Estate

Temos noticiado há meses o lançamento do novo livro de J. R. R. Tolkien, chamado "The Children of Húrin" ("Os Filhos de Húrin") e agora é uma boa hora para refrescar a mamória e manter todo mundo antenado sobre o livro, o conteúdo do mesmo e seu lançamento. O texto abaixo foi publicado pelo Tolkien Estate (se quer saber mais sobre o Tolkien Estate leia este artigo), sobre o livro.
 

J. R. R. Tolkien iniciou
a criação do mundo e da mitologia da Terra-média em 1916 e nunca parou de
trabalhar nas histórias e lendas pertencentes a este mundo até morrer em 1973.
Dentro deste imenso e constantemente revisado legendarium um conto em
particular foi publicado, como uma janela para uma paisagem em mutação, "O
Senhor dos Anéis".

 

O autor desejou que seu terceiro filho, Christopher Tolkien,
fosse seu executor literário após sua morte, e a primeira tarefa de Christopher
foi organizar o imenso volume de papéis que JRR Tolkien criou durante sua vida;
o primeiro trabalho publicado sobre o assunto foi "O Silmarillion" em
1977. Este trabalho é um esboço da história e mitologia da Terra-média de forma
condensada e, como tal, dá vislumbres agradáveis mas breves sobre os temas da
criação da Terra-média, o nascimento de Elfos e Homens, e muitos contos
individuais dos quais está o dos Filhos de Húrin e a vida trágica de Túrin
Turambar.

 

Christopher Tolkien continuou os estudos dos papéis de seu
pai e desenvolveu em detalhes a história dos textos do autor e a evolução dos
conceitos míticos e lendários no decorrer de sua vida em "Contos
Inacabados"
(1980) e na série em doze volumes "The History of
Middle-earth"
(1983-1996). Estas obras contém muitos textos não publicados
por J.R.R. Tolkien, mas quase sempre como versões incompletas ou fragmentadas.

 

Três "Grandes Contos" seriam da maior importância para
J.R.R. Tolkien em sua criação da Terra-média: Beren & Lúthien, A Queda de
Gondolin e Os Filhos de Húrin. Como era de se esperar, estes contos existem em
muitas versões incompletas e pesadamente revisadas. Como a ápice de trinta anos
de trabalho nos papéis de seu pai, e já tendo publicado versões fragmentadas e
condensadas do conto de Túrin como parte do desenvolvimento de "The
History of Middle-earth"
, Christopher Tolkien obteve sucesso em reunir múltiplas
variantes, trechos inacabados e rascunhos do conto de forma a produzir uma
versão completa e terminada, inteiramente com as palavras originais do autor. O
trabalho é, portanto, acessível tanto como uma versão nova e completa do texto
para os estudiosos de Tolkien quanto como um conto inteiramente novo sobre a
Terra-média para o leitor de Tolkien que não é familiarizado com as grandes histórias
e mitologias que são a raiz de “O Senhor dos Anéis”.

 


"Os Filhos de Húrin"
leva o leitor para um tempo
muito anterior a "O Senhor dos Anéis", em uma região da Terra-média
que afundou no mar muito antes dos Hobbits aparecerem e quando o grande inimigo
ainda era o Vala caído, Morgoth, e Sauron era apenas seu comandante de tropas.
Este romance heróico é o conto de um Homem, Húrin, que ousou desafiar a força
maligna de Morgoth, e o trágico destino de sua família, como se vê nos esforços
de seu filho Túrin Turambar no mundo perdido de Beleriand.

 

O livro será publicado em abril de 2007 no reino Unido,
Canadá, Austrália e Nova Zelândia pela HarperCollinsUK e nos EUA pela Houghton
Mifflin. Terá ilustrações coloridas do renomado artista Alan Lee e contém um
mapa de Beleriand desenhado por Christopher Tolkien, bem como notas editoriais
nos Apêndices.

 

Os direitos de "Os Filhos de Húrin" são da família
Tolkien através do Tolkien Estate, e os direitos do livro foram vendidos em um
acordo mundial para a  HarperCollinsUK.
Não existem planos futuros de se licenciar quaisquer outros direitos (filmes ou
qualquer outra coisa).

 

Confira também a Bibliografia Completa de J. R. R. Tolkien, na Valinor.

Artigo sobre Lí­nguas Tolkienianas na Revista X

Boas notícias para aqueles que gostam de estudar as línguas criadas por Tolkien! Saiu recentemente na Revista X o artigo "O Sistema Fonológico das Línguas Élficas Comparado ao de Línguas Indo-Européias", resultado da pesquisa de
Livy Maria Real Coelho. Para acessar o estudo, basta clicar aqui.
 
 
Cabe dizer que a Revista X é uma iniciativa de professores do curso de Letras
da Universidade Federal do Paraná, visando divulgar estudos
relacionados ao ensino de Línguas e Literaturas Estrangeiras Modernas.
Baseada na idéia de que tornar gratuito o acesso a pesquisas gera um
maior intercâmbio global de conhecimento, a revista proporciona acesso
publico a todo seu conteúdo através da internet. Então, caso tenha se interessado e deseje ler todo o volume2 do periódico, basta clicar aqui.
 
Deixamos em nome de toda a Valinor os parabéns para Livy pelo estudo, tratando Tolkien com com o respeito acadêmico que merece. E um momento de corujice: não deixem de conferir a lista de referências da pesquisa de Livy. =D