Elendur, o herdeiro de Isildur

gondor_arvore.jpg
Filho mais velho e herdeiro de Isildur, Elendur nasceu em Númenor no ano de 3299 da Segunda Era. Ele foi um homem de grande força e sabedoria. Como seu avô Elendil, era muito nobre, sem, contudo deixar-se levar demasiadamente pelo orgulho.
 
 
Elendil era o Grande Rei e morava em Arnor, enquanto Isildur e Anárion governavam juntos Gondor, onde nasceram os irmãos mais novos de Elendur: Aratan e Ciryon, nos anos de 3339 e 3379 respectivamente. Isildur e sua família moravam em Minas Ithil.

Em 3429, Sauron atacou Minas Ithil. Isildur escapou com sua família para Arnor. E o irmão mais novo de Elendur, Valandil, nasceu em Valfenda no ano seguinte.

Elendil formou a Ultima Aliança entre Elfos e Homens com Gil-galad e eles marcharam em guerra contra Sauron. Elendur, Aratan e Ciryon acompanharam Isildur na batalha, enquanto o caçula, Valandil permaneceu a salvo em Valfenda com sua mãe.

Elendur estava ao lado de seu pai durante a Guerra da Última Aliança entre os anos de 3434 a 3441. Ele lutou na Batalha da Dagolard e no Cerco de Barad-dur. Elendur não estava com Isildur sobre as encostas da Montanha da Perdição, quando Elendil, Gil-galad e Sauron pereceram, mas ele soube que o pai havia reclamado a posse do Um Anel.

Depois da Guerra, Isildur pretendia reclamar o título de Grande Rei e morar em Arnor, como Elendil tinha feito, fazendo de Elendur seu herdeiro. No entanto Gondor foi deixada aos cuidados do filho de Anárion, Meneldil.

Elendur, Aratan e Ciryon começaram a jornada para o norte juntamente com Isildur, no ano 2 da Terceira Era. Eles eram acompanhados por 200 cavaleiros e soldados, incluindo o escudeiro de Elendur, Estelmo.

Nos Campos de Lis, no dia 4 de outubro, eles foram atacados pelos orcs. Isildur e seus homens tinham condições de repelir uma investida inicial, mas eles logo perceberam que os orcs os excediam em número de dez a um e após o anoitecer, acabaram cercados.

Elendur sugeriu que Isildur usasse o Um Anel para obrigar os orcs a recuarem, mas Isildur era incapaz de usar o poder do Anel. Quando os orcs atacaram novamente, Ciryon e Aratan foram mortos. Elendur então implorou a Isildur que fugisse a fim de impedir a captura do Anel pelos Orcs.

Elendur morreu comandando as tropas restantes. Seu escudeiro, Estelmo foi o único sobrevivente de uma companhia de 200 guerreiros. Estelmo mais tarde foi encontrado inconsciente sob o corpo de Elendur e relatou a seus salvadores que se tinha passado.

Isildur, não escapou. Ele foi morto ao ser traído pelo Anel, que escapando se seu poder, deixou-o visível as flechas dos orcs, que assim o mataram. O Um anel se perdeu nas águas do Campo de Lis.

Valandil, filho caçula de Isildur, se tornou rei de Arnor e seu descendente, Aragorn II, o rei Elessar, tinha uma forte semelhança na aparência e no caráter para com o primogênito e também herdeiro de Isildur, Elendur.

O nome significa Elendur "Estrela serva." Elen significa a palavra "estrela" e aqui é provavelmente uma referência para os Elfos, ou Eldar, o Povo das Estrelas. O fim ndur sentido "para servir". Em uma versão anterior foi nomeado Kiryandil.

 
Fonte: The Thain’s book