Mallorn

mallorn-nasmith.jpgÁrvore dourada de Lothlórien. A mallorn era uma grande e bela árvore. Sua casca era lisa e prata acinzentado.  As folhas de mallorn ficavam douradas no Outono. As folhas douradas ainda permaneciam na árvore no Inverno e caiam para a cobertura do solo na Primavera. Depois novas folhas brotavam – verde na parte de cima e prata na parte de baixo – e flores douradas floriam sobre os galhos.

 

As árvores Mallorn, originalmente cresceram em Tol Eressëa, a ilha que se localizava na costa de Aman nas Terras Imortais. As árvores Mallorn também podem ter crescido na terra de Gondolin em Beleriand. Os Elfos trouxeram as árvores Mallorn para os Homens de Númenor e elas cresceram nas praias em torno da Baía de Aldanna.

Tar-Aldarion, o sexto Rei de Númenor, deu frutos prateados da mallorn como um presente para Gil-galad em Lindon, na Terra Média. As árvores mallorn não enraizaram em Lindon, mas Galadriel trouxe alguns dos frutos para Lothlórien e os plantou. Sob seu cuidado, as árvores mallorn cresceram e floresceram e Lothlórien tornou-se conhecida como a Floresta Dourada.

A cidade de Caras Galadhon, em Lothlórien foi construída nos galhos das gigantes mallorn. Quando a Sociedade chegou em Lothlórien em Janeiro de 3019, eles passaram a noite sob uma das construções nas gigantes árvores em Lothlórien. No dia seguinte, em Cerin Amroth, Frodo tocou em uma mallorn e sentiu a vitalidade da árvore.

Para a Sociedade foi dada lembas que eram embaladas com as folhas das mallorn, e Galadriel deu a Samwise uma caixa de terra que continha um fruto prateado da marllorn. Depois da Guerra do Anel, Sam plantou o fruto no Campo da Festa onde a Árvore da Festa teve uma única vez em outrora. Na Primavera de 3020 uma nova muda cresceu com casaca prata e longas folhas. A mallorn floresceu flores douradas em 6 de Abril. Foi uma das melhores árvores mallorn do mundo e pessoas vieram de milhas distantes para vê-la.

Nomes e Etimologia:
A palavra mallorn significa "árvore de ouro" de mal significando "ouro" e orn significando "árvore". O plural de mallorn é mellyrn, mas "ávores mallorn" também é aceito como plural. Em Quenya a palavra fica malinornë, no plural malinorni.