O Porto de Harlond

Harlond era o porto da cidade de Minas Tirith, localizado no rio Anduin bem ao lado dos Campos de Pelennor, ao Sul da cidade dos reis.
 
O local foi uma espécie de testemunha da maior Batalha de todos os tempos da Terceira Era. Foi neste porto que Aragorn atracou com a Companhia Cinzenta e os homens de Lebennin, Lamedon e feudos do Sul por meio dos navios dos corsários para aniquilar os exércitos de Mordor que tinham sitiado Minas Tirith.

O porto de Harlond ficava a uma distância aproximada de 201,6 quilômetros da cidade portuária de Pelargir, lugar onde ocorreu a emboscada de Aragorn, Companhia Cinzenta e o Exercito dos Mortos contra os homens de Umbar que estavam indo se unir às forças de Mórgul, Harad e Khând.

Embora o porto aparentemente apresentasse características militares para o embarque e desembarque de reis, regentes e militares, também havia o seu caráter comercial, onde inúmeras embarcações atracavam e zarpavam do Harlond com entrepostos advindos das atividades comerciais entre as províncias de Gondor e até com outros reinos durante a Segunda, Terceira e Quarta Era.

Este porto estava entre os principais de Gondor e da Terra média juntamente com Pelargir e área portuária próximo a Dol Amroth, no qual a comunicação entre os três era bastante estreita, contudo, houve períodos onde a comunicação era menor quando Gondor estava política e militarmente enfraquecido e sofria represálias principalmente dos homens de Umbar e Harad.

Com a coroação de Aragorn, houve um novo restabelecimento da ordem na região e automaticamente a afirmação do Harlond como um dos principais portos e pontos de defesa da Terra média na Quarta Era.

Referências Bibliográficas

TOLKIEN, John Ronald Reuel Tolkien. O senhor dos anéis: o retorno do rei. São Paulo: Martins Fontes, 2002.