Quer uma casinha no Condado? Corra!

Casas Hobbit
A ascensão e queda da economia imobiliária de Bend – uma pequena cidade de 80 mil habitantes no centro do estado americano de Oregon – resultou em um problema inusitado: O Condado pode fechar. Explico: O Condado é um conceito imobiliário no sudeste de Bent, uma vila criada e organizada à semelhança da Vila dos Hobbits na obra de J. R. R. Tolkien.
 
O anúncio da falência do projeto, que foi planejado para conter 31 residências, foi registrado na última semana no Escritório Administrativo do Condado de Deschutes, tinha um "ar de Disneylândia" segundo um de seus desenvolvedores e era caracterizado por casas ao estilo Velho Mundo e com características de obras de fantasia.

O conceito de O Condado originou-se com Ron Meyers, que vendeu sua parte no projeto por uma quantia não revelada para o Dr. Lynn B. McDonald — um antigo médico da ala de emergências do hospital St. Charles Bend. McDonald faleceu em 7 de julho.

"O projeto basicamente destruiu financeiramente a minha vida, mas é o preço de um sonho", disse Meyes. "O desenvolvimento não foi capaz de se materializar rápido o suficiente antes do problema do mercado imobiliário".

McDonald e sua esposa, Jan, assumiram a posse do projeto em maio com a esperança de que pudessem vendê-lo mais tarde, disse Jan McDonald., que está tentando vender os 14 lotes já desenvolvidos, uma casa e o terreno adicional antes que a propriedade de 24.000 metros quadrados vá a leilão público em dezembro. A família deve ao Umpqua Bank U$3.4 milhões relativos ao projeto, de acordo com o anúncio de falência, o qual também cita Meyers como avalista.

"Era o conceito de Ron, e era um bom conceito", disse Jan McDonald. "Se o mercado imobiliário não tivesse os problemas que teve, tinha potencial para ser um sucesso".

O projeto – cujas características incluem trabalho em pedra individualizado, telhados artificiais de vegetação seca, jardins em varandas e uma rede de riachos e lagos com um caminho levando ao que era chamado de "A Corte do Portador do Anel" – obteve atenção da mídia, inclusive uma reportagem na Rádio BBC em 2006. O condomínio atraiu cerca de 6.000 visitantes em duas semanas no verão de 2006 na Visitação de Casas da Associação de Construtores do Oregon Central, e continua a atrair curiosos, afirmou Meyers.

Meyers e McDonald criaram uma série de regras – similares a códigos, acordos e restrições em muitas subdivisões – e as chamaram de "Declaração de Interdependência". "Nós queríamos criar uma comunidade – não apenas outra subdivisão", afirmou Meyers.

Uma casa foi vendida por U$ 650.000 desde que o projeto se iniciou no outono de 2006. Outra casa, chamada Casa de Campo da Borboleta, está quase completa, mas ainda não foi vendida, tem o preço fixado em U$ 899.000. A casa de 300 metros quadrados dá de frente para um anfiteatro, possui telhados de 8 metros de altura e acabamento interior que inclui chão de bambu, uma banheira japonesa e enfeites de granito. A casa possui uma "toca de Hobbit" no jardim para armazenas suprimentos de jardinagem.

Permanece a dúvida sobre o que irá acontecer se o banco vender o projeto, se o comprador irá continuar com o conceito original. E você, quer uma casinha Hobbit no interior de Oregon?

Fonte: Bend Bulletin