Doug Jones

Doug Jones
Doug Jones (nascido em 24 de maio de 1960) é um ator americano de
cinema e televisão cogitado para o papel do Rei Thranduil em O Hobbit
(rei da Floresta das Trevas e pai de Legolas) mais conhecido dos fãs de
ficção científica, fantasia e horror, por seus vários papéis retratando
personagens não-humanos, freqüentemente com maquiagem pesada, em filmes
e série de televisão como Buffy a Caça-Campiros, Hellboy, O Labirinto
do Fauno e Quarteto Fantástico e o Surfista Prateado.
 
 
Jones nasceu em Indianapólia, Indiana, nos Estados Unidos. Após se formar na Bishop Chatard High School, ele foi para a Ball State University (BSU), onde se graduou em 1982 com o título principal de bacharel em Telecomunicações e um título menor de bacharel em Teatro. Ele aprendeu a ser mímico na escola, ao se unir a uma trupe chamada "Mime Over Matter". Também durante sua estadia na BSU ele incorporava a mascote da universidade, o "Charlie Cardinal" (algo como Cardeal – um pássaro – Charles). Jones também trabalhou como um contorcionista. "Você ficaria surpreso ao saber quantas vezes isso entre em jogo durante os comerciais. Eles vão querer que você segure uma caixa de Tide (um sabão em pó) de uma forma engraçada ou diferente. Uma vez em me espremi em uma caixa para um comercial de uma calça jeans que deveria ser confortável".
 
 
Carreira

Após um pequeno envolvimento no teatro em Indiana, ele se mudou para Los Angeles em 1985, e não parou de trabalhar desde então – atuou em mais de 25 filmes, muitas séries de televisão (inclusive o premiado Buffy a Caça-Vampiros, com o episódio "Hush" ganhando duas indicações ao Emmy), mais de 90 comerciais e videoclips com artistas como Madonna, Red Hot Chili Peppers e Marilyn Manson.

thumb_doug_jones_001.jpgEmbora conhecido principalmente por seu trabalho sob maquiagem pesada, como o zumbi "Billy" no filme de Halloween Abracadabra (Hocus Pocus, 1993) ou o líder Espião Morlock na refilmagem de  A Máquina do Tempo (The Time Machine,2002), ele também atuou sem maquiagem em filmes aclamados como Adaptação (Adaptation, 2002), Heróis Muito Loucos (Mystery Man, 1999), Batman – O Retorno (Batman Returns, 1992), e projetos independentes como Stalled de Stefan Haves, A Series of Small Things de Phil Donlon e atuando como Cesare na refilmagem de 2005 do clássico de 1919 O Gabinete do Dr. Caligari (The Cabinet of Dr. Caligari, 2005) do diretor David Fisher. Sua atuação como Abe Sapien em Hellboy (Hellboy, 2004), que estreou no topo das bilheterias americanas na primavera de 2004, trouxe a ele ainda mais reconhecimento e a apreciação tanto de crítica quanto de público. Explicando o desafio de trabalhar tão freqüentemente dentre de roupas de borracha e prostéticos, ele disse "Eu tenho que fazer aquilo parte do meu ser e da minha fisicalidade e de novo, atuar é uma experiência de corpo inteiro e aquilo é parte do que você está fazendo como um personagem fantasiado".

Em 2005 ele renovou sua parceria com o diretor mexicano Guillermo del Toro, com quem originalmente trabalhou em Hellboy, e atuou como o Fauno no projeto de fantasia/horror em língua espanhola de Del Toro, ganhador de múltiplos Oscar, O Labirinto do Fauno (El Laberinto del Fauno, 2005). Ele também teve um papel segundário no mesmo filme como "O Homem Pálido", uma horrível criatura que devora crianças. Trabalhando novamente sob maquiagem pesada e prostéticos, ele também teve que decorar grandes trechos de diálogo em espanhol (embora a voz de Jones tenha sido dublada no resultado final).

thumb_doug_jones_005.jpgO ano também trouxe sucesso para O Gabinete do Dr. Caligari, com o filme obtendo três prêmios no Screamfest Horror Festival de Los Angeles, incluindo o desejado Prêmio de Escolha da Audiência. O ano de 2006 foi de intensa atividade para o ator, com papéis em Os Esquenta Banco (The Benchwarmers, 2006) e A Dama na Água (Lady in the Water, 2006). Jones continuou sua colaboração com Del Toro em 2006, reprisando seu papel como Abe Sapien, dando voz ao personagem na série animada de televisão Hellboy Animated, gravando dois filmes de 75 minutos.

Em 18 de dezembro de 2006, ele terminou de filmar seu papel como Surfista Prateado em Quarteto Fantástico e o Surfista Prateado (Fantastic Four: Rise of the Silver Surfer, 2007), que foi lançado nos cinemas em junho de 2007. Ele reprisou o papel de Abe Sapien na continuação de Hellboy, chamada Hellboy II – O Exército Dourado (Hellboy II: The Golden Army, 2008), mais uma vez sob a direção de Guillermo del Toro. Ele também interpreta dois outros papéis no filme: o "Anjo da Morte" e "o Chamberlain", ambos sob pesada maquiagem.

Jones atua no papel de si mesmo em Sockbaby 4, o quarto filme da série de comédia de artes marciais na Internet, Sockbaby. Recentemente, Jones foi usado em uma demonstração tecnológica da Nvidia. Jones possui interessa na produção de filmes independentes e também é um cantor-compositor.

Vida Pessoal

Ele é casado e vive na Califórnia. Ele é também cristão, palestrando em muitos encontros de jovens e festivais com relação a espiritualidade e criatividade. Doug não é o único da família a atingir grandes feitos. Seu pai era um professor universitário e um de seus irmãos e uma estrela acadêmica ascendente – sendo Soldado de Elite do Exército Americano e PhD em Psicologia.

 
 
Mais Imagens
 
(clique nas imagens para ampliá-las)

 

Doug JonesDoug JonesDoug JonesDoug Jones
 
Doug Jones Doug JonesDoug JonesDoug Jones

Comentários

  1. EU pensava que o doug jones era mais bonito pois no surfista prateado ele e perfeito, Na realidade e feio mais um ótimo ator