Arod

ArodCavalo de Legolas. Arod originalmente pertencia a um cavaleiro de Rohan, mas seu mestre foi morto em batalha com os orcs perto da Floresta de Fangorn na noite do dia 28 de fevereiro de 3019. No dia seguinte, Éomer emprestou Arod para Legolas e outro cavalo para Aragorn, chamado Hasufel na condição de que os mesmos fossem entregues em Meduseld mais tarde.
 
 
Arod era um cavalo enérgico e inquieto, mas Legolas o tratou bem, sem selas nem rédeas. Gimli não sentia-se confortável montando Arod, preferindo pegar carona no mesmo com Legolas. Os três caçadores cavalgaram até as fronteiras da Floresta de Fangorn procurando por Merry e Pippin. Durante a noite, um velho estranho apareceu no acampamento e logo após desapareceu. Arod e Hasufel assustaram-se e fugiram. Eles escutaram o chamado de Shadowfax, o mestre dos cavalos, e foram ao seu encontro. No dia seguinte, quando Gandalf assobiou para chamar Shadowfax, Arod e Hasufel também retornaram.

Legolas cavalgou com Arod até Meduseld e depois para o Abismo de Helm. Quando Aragorn decide tomar o Caminho da Senda dos Mortos, Legolas vai com ele, mas Arod relutou em continuar. Arod tremia de medo até que Legolas colocou suas mãos nos olhos do cavalo e cantou pra ele. Então Arod seguiu Legolas através da senda.

Legolas e Gimli também cavalgaram Arod nos funerais do Rei Théoden, de Minas Thirit até Meduseld.