Christopher Lee fala sobre O Hobbit

christopher_lee.jpg
Conversando com Christopher Lee no começo desta semana, a Empire
On-Line descobriu que o venerável ancião de 86 anos espera tirar o pó
de seu manto de mago para interpretar Saruman novamente na adaptação de
O Hobbit dirigida por Guillermo Del Toro.

 

 
Provavelmente você agora está se perguntando como o maligno mago branco poderia mostrar sua face novamente se ele não é nem citado na preqüência de O Senhor dos Anéis. Vamos levar em conta que a possível adaptação em dois filmes provavelmente será forçada a acrescentar bastante material novo e o conhecimento enciclopédico de Lee sobre sua personagem poderia preencher os espaços.

"Eu li o livro várias vezes", disse Christopher Lee. "Originalmente Saruman o Branco e o resto dos magos, ou Istari como eram chamados, eram imortais. Havia cinco deles, dois dos quais nunca aparecem, sei seus nomes mas eles nunca aparecem, e os três mencionados são Saruman o Branco, Gandalf o Cinzento e Radagast o Castanho o ual você nunca vê – então basicamente são dois magos.

Eles viveram por milhares de anos e foram enviados para a terra e são virtualmente imortais. Quando tudo começou Saruman era o mais nobre, o melhor, o mais bravo, o mais confiável de todos eles, ele era o número um. Mas em algum lugar, de alguma forma, que nunca é de fato explicado, ele se transforma e é provavelmente o Palantír que faz Saruman perceber que se Sauron pode, porque não posso eu e Saruman deseja de tornar ele próprio O Senhor dos Anéis".

"Eu estaria interessado em ver como a transição de bom para mal ocorreria e, sim, claro que eu voltaria ao papel se me fosse pedido".

Então o que temos é que, assumindo que Guillermo não seja o tipo de cara que guarda rancor (aparentemente Lee recusou o papel de Rei Balor em Hellboy II) e assumindo que ele terá algum espaço a preencher em O Hobbit partes um e dois, ele poderia fazer algo muito pior do que colocar Christopher Lee como mago branco novamente.