Diário de Meriadoc Brandebuque

DIA UM

Entrei em encrenca por soltar fogos de artifício na festa. Suspeito que Gandalf não estava aborrecido de fato com tudo aquilo e somente era desculpa para deixar-nos jovens hobbits completamente molhados e ensaboados. Ficou mais suspeito ainda quando o castigo de "lavar pratos " foi seguido de "polir o cajado Gandalf " e "massagear os pés de Gandalf " e "pular carniça pelado no canteiro de repolho", eu quero dizer, quem está tentando enganar, realmente? Especialmente com a coisa do pé.

 

DIA DOIS

O dia começou muito promissor quando descobri uma cenoura que era da forma certa. Ainda mais promissor ficou quando Pippin filou seis repolhos, dois sacos de batatas, e três espigas de milho, embora não tenha dito na hora mas acho que Pippin está se superestimando um pouquinho. Eu quero dizer, provavelmente poderia encarar duas espigas, mas não antes do café da manhã.

Vínhamos descendo a colina quando esbarramos em Frodo e em seu fiel cachorrinho, opa, leal servo Sam, no milharal. Pippin foi prevenido sobre os demorados abraços com Frodo por Sam, que em um momento muito surpreendente lançou Pippin precipício a baixo. Em conseqüencia da briga a cenoura foi quebrada. É muito triste.

DIA TRÊS

Cruzando o país com Frodo, Sam e Pippin. Está sendo procurado por cavaleiros super vestidos e muito mal-humorados . Como contou Gandalf "O Cinzento" antes, visual monocromático é tão demodê. Imagino se Frodo esteja evitando uma relação mal acabada ou um ex-ciumento? Ouvi que houve troca de casais que acabou em briga em Hobbiton, embora não seja a favor de participar daquele tipo de coisa.

DIA CINCO

Tudo que vai de mal a pior. Parada em Bri resultou em encontrar e seguir um humano barbado e grosseiro que é obviamente um pervertido tarado por hobbit, não que alguém me escute. Insistiu para que todos nós compartilhássemos a cama no quarto dele em vez de voltarmos para nossos quartos perfeitamente agradáveis, então esperou toda a noite por uma animada guerra de travesseiros de hobbit. Não aconteceu, mas tive que passar toda a noite agarrado no cinto de Pippin para que ele não passasse por cima de Sam e caísse sobre Frodo. Pippin perdeu o amor a vida, ou o quê?

DIA SEIS

Fui acordado muito desagradavelmente sendo cutucado pelo humano tarado por hobbit. Disse-lhe para cair fora e ele disse "Não foi o que você disse ontem à noite ". Depois do momento de confusão percebi que ele pensou que eu era Pippin. Explicado. Humano saiu fora, muito envergonhado, depois de explicar, "Na verdade eu sou um Rei, você sabe ". Claro que ele é, e eu sou a Rainha dos Elfos de Mirkwood.

DIA SETE

Em Valfenda. Fui colocado para dormir bem próximo ao banheiro. Ruídos de água espirrando a noite toda e espumas de sabão de morango fazem o chão ficar todo escorregadio. Acordei noite passada só para descobrir que Elrond tinha rastejado para a cama comigo. Desculpou-se com muito embaraço depois de perceber que o hobbit que ele estava procurando no escuro debaixo de lençóis não era Pippin. Decidi passar a usar um crachá.

DIA NOVE

Consertei a cenoura com cola especial de elfo. Agora ninguém me segura!

DIA ONZE

Concordei em ir na Demanda para ficar de olho em Pippin. Também estou curioso para ver o que acontecerá com Frodo, já que Aragorn obviamente está a fim dele. Sam o matará se ele tenta qualquer coisa, claro.

Espero que ele tente algo.

DIA QUINZE

Boromir ensinando-nos como lutar com espadas. Humano típico, muito indelicado, sempre derrubando espada dentro das calças e pedindo a nós "pequenos" ir pegá-la. Boromir foi tentar afagar o cabelo de Frodo hoje e Aragorn quase arrancou fora a cabeça dele. Humanos são tão incríveis. Peguei Pippin bisbilhotando o elfo fazer os exercícios matutinos dele hoje, mas conseguiu distraí-lo com uma berinjela. Não sei o que farei quando os legumes acabarem.

DIA DEZESSEIS

Boromir me pediu que desse um passeio com ele. Não vou cair no velho truque da "Corneta de Gondor". Não vou. Não vou. Oh, droga… Só dessa vez.

DIA DEZENOVE

Estou de mau humor. Boromir me chamou "Pippin" na hora mais inoportuna. Mostrei para ele que eu sou Merry e que nós temos mantido uma relação significantiva durante três semanas, mas ele só riu e bateu levemente na minha cabeça. Percebo que ele na verdade não consegue me diferenciar de Pippin. Estou condenado a ser o Hobbit Reserva Indistinguível para sempre, até mesmo em assuntos de romance. Estou considerando uma mudança no corte de cabelo dramática, talvez algo tipo moicano.

DIA VINTE

Cortei estilo moicano mas ninguém pode ver já que está muito escuro nas Minas de Moria. É difícil ficar de olho em Pippin direito. Acordei com Legolas se movendo furtivamente para debaixo dos cobertores comigo. Lhe disse não era Pippin. Legolas disse, "Não tem muita diferença realmente, eh"? Na briga a minha cenoura quebrou novamente. Dei a Gandalf para consertar. Gandalf disse, "Tolo de um Tûk! Eu tenho coisas melhores para fazer do que consertar seus legumes". Não corrigi Gandalf, já que tenho medo de chapéu pontudo.

DIA VINTE E DOIS

Gandalf caiu na sombra. Levou a cenoura com ele. Estou muito zangado. Fiz o melhor que pude para consolar Pippin, mas Pippin ficou muito mais alegre com a interpretação desnuda de Legolas do Silmarillion: O Musical. Não pude assistir – muitos chutes altos.

DIA VINTE E OITO

Em Lothlorien. Fui visitado por nada menos que cinqüenta elfos e uma marmota ontem à noite, todos convencidos que eu era Pippin. Pippin claro que não foi achado em nenhuma parte, provavelmente fora com Boromir. Algo deve ser feito. Marmota muito persistente. Talvez… .não, certamente não.

DIA TRINTA

Seqüestrado por orcs. Tudo de acordo com plano. Contei a Pippin que teremos que fazer alguma coisa para fugirmos do cativeiro. Pippin parece contente. Espere até que ele perceba que eu quis dizer ele terá que fazer alguma coisa para eu sair de cativeiro. Além disso, os orcs me deram uma cenoura nova como recompensa por eu ter pintado um grande alvo amarelo em Boromir enquanto ele não estava olhando. No todo um dia muito bom.