Diário de Sauron

Dia Um:

Azedou o fim de semana sacana com Elrond quando eu lhe falei que púrpura não era a cor dele.

 
Dia Cinco

Marchei contra a última aliança de homens e elfos afetados. É transparente a tentativa de Elrond em querer que eu mude meu comentário sobre púrpura. Eu não volto atrás! Eu lhe disse que púrpura faz ele parecer uma berinjela, e faz. Não há porque ele ficar tão ofendido por isso.

Dia Seis

Ser derrotado pela última aliança não é tão ruim, nem tão pouco ser reduzido a um globo ocular sem corpo, embora um colírio ajudasse bastante. Mas de quem foi a brilhante idéia de cortar cebola aqui?


… depois …

Esses malditos orcs e sua mania pôr molho de cebola em tudo. Tomei a bola de discoteca deles. Deus, é divertido ser mau!

Dia Três Milhões e Cinco:

Estou chateado. Estou esperado pelo cara da Terra-mar para vir e instalar DSL em Barad-Dur desde a Segunda Era. Usarei o palantir como alternativa para anúncios pessoais, já que estou só.

Dia Três Milhões e Sete:

Eu espio com meu grande-enorme-sórdido-inflamado olho …algo que se assemelha a um anãozinho de jardim. O Rei Bruxo de Angmar me diz que é um hobbit. É bastante atraente. É meio pequenininho, mas quem sou eu para falar sobre aparência hoje em dia.

Dia Três Milhões e Nove:

ARGH! Aquele sujeitinho tem MEU ANEL!

…depois…

Enviei os nove para ir atrás do anel. Enquanto eles conseguirem diferenciar cotovelos de supositórios, sem problema.

Dia Três Milhões e Onze:

Conheci um sujeito muito agradável pelo palantir. Um cavalheiro mais velho, parece ter copiado o penteado de Galadriel, mas não importa. Ele gosta de mim por mim mesmo. Finalmente alguém que me veja além do globo ocular. Lhe enviarei um pacote de grampos de cabelo brilhantes.

Dia Três Milhões e Treze:

Tentei convidar Saruman para jantar, mas fiquei nervoso na última hora e ao invés disso disse alguma coisa idiota sobre construir um exército. Seria algo um tanto divertindo assisti-lo tocar violino para orcs e goblins na tentativa de despertar o romance, mas mesmo assim não desfará essa confusão.

Dia Três Milhões e Dezesseis:

Imagino se Saruman está ficando um pouco surdo… Lhe disse que eu estava esperando que nós pudéssemos delinear limites de relação, ao invés disso ele destroçou os limites de Isengard.

Dia Três Milhões e Vinte:

Algum desgraçado barbudo com chapéu pontudo está tentando se intrometer na minha relação. Hmmm. Ex-namorado?

Acho que Saruman pode ter colocado-o no quarto de hóspedes. Tenho que pedir para Saruman esclarecer isso.

Dia Três Milhões e Vinte e um:

Elrond deu outra de suas festas desastrosas. Por que não fui convidado?

Só porque não tenho corpo e não posso jogar Twister com Legolas não é razão para me desprezar.

Dia Três Milhões e Vinte e dois:

Tenho observado a Sociedade pelo palantir. O Portador do Anel é realmente muito bonito, eu tenho que admitir, com grandes olhos expressivos e pequenos pés cabeludos. O que eu não daria agora mesmo por um corpo e uma touca de banho. Embora o companheiro hobbit obcecado por banho provavelmente me mataria se eu tentasse qualquer coisa.

Dia Três Milhões e Vinte e três:

Chateado chateado chateado, então me peguei xeretando no palantir hoje. Lugar adorável Moria, tirava férias lá. Ex-namorado do chapéu pontudo parece nervoso; mandei recado para que Bob ficasse de olho nele. Quero dizer vê-lo. Ou melhor… ô saco!

Dia Três Milhões e Vinte e quatro:

Nenhuma notícia de Bob. Acho que ele está deprimido. Nunca pôde controlar sua vida amorosa. Sempre lamentando e escrevendo no jornaleco dele. As cartas sensíveis e sangrentas do demônio, não serviram para nada.

Dia Três Milhões e Vinte e cinco:

Ex do chapéu pontudo caiu na sombra. Acabou a competição! Portador do Anel lastimando-se. Acho que Aragorn filho de Arathorn bem que gostaria de animá-lo. Aparentemente algo típico de um pervertido tarado por hobbit. Então é por isso que o sangue de Númenor desapareceu.

Dia Três Milhões e Vinte e seis:

Sociedade em Lothlorien. Oh Deus, Galadriel Galadriel Galadriel. É sempre ELA. "Pinte minhas unhas dos pés, Sauron", "Não toque no meu cabelo, Sauron", "Quero um lindo anel, Sauron". Aí então ela vai com o palerma imbecil do Celeborn. Aposto que ELE não consegue forjar vinte anéis do Poder!

Acho que essa briga de faveladas que está armando entre Galadriel e Legolas é sobre qual delas dança melhor segurando o jarro de água. Não posso resistir em assistir a isso. Hora de lançar milho de pipoca no Monte da Perdição e assistir aos fogos de artifício!

…depois…

Você viu aquele anão se dando bem com o Celeborn? Eu te digo, três milhões de anos na Terra-média e algumas coisas ainda me surpreendem.


Dia Três Milhões e Vinte e nove:

Finalmente uma luta decente. Orcs mortos: quatrocentos, muito ruim. Humanos mortos: um. É isso aí Uruk-Hais!

É impressão minha, ou Aragorn filho de Arathorn é meio gay?

Talvez seja só impressão minha… Ou não?