POEMA: Nas Brumas do Mundo


Nas brumas do mundo,
Segredos, lendas e mitos,
De significado profundo.


Perdidos por eras,
Histórias de trevas,
Verdades e mentiras escondidas.

Ninguém sabe o que lá há.
Ninguém sabe o que morreu lá,
Verdades perecem,
Mentiras crescem.

Nas brumas do mundo,
Onde tanto há a desvendar,
Ora vamos lá nós começar.