Valinor, uma Terra Encantada

Ao lado das fronteiras que guardam os limites do mundo
Para além do qual,
só há a noite
Jardins sempre verdes
Onde a luz brilhará eternamente

Lá moram os poderes que moldaram o mundo
Que criaram e viveram a mais bela primavera,
banhada de magia e encantamento

 

 

De seu trono, coroado de estrelas
na mais alta montanha de suas muralhas
Não havia distância
que não pudesse ser vencida a um olhar
Nem sussurro lançado ao vento
Que não pudesse se escutar

Eras douradas deixadas para trás
Memórias inesquecíveis de um tempo de luz
Com histórias que a eternidade tornou imortais

Uma luz inapagável
Que brilhará para sempre
no coração dos que lá passaram

Seu brilho nunca será esquecido
como o eco de uma doce e antiga canção
que perdura eternamente