O Senhor dos Anéis encerra apresentações em Londres

musical_sda_1.jpg
A épica adaptação teatral de O Senhor dos Anéis de J. R. R. Tolkien enviou notificação de encerramento de apresentações no dia 19 de julho de 2008 para o Theatre Royal Drury Lane de West End, exatamente um ano após ter iniciado as apresentações como a mais cara produção da história de West End, com um custo estimado de R$ 45 milhões.
 
 
O musical Tolkieniano híbrido – que estreou em Drury Lane com uma
reação mista da crítica em 19 de julho de 2007 após seis anos de
desenvolvimento e re-escritas e uma experiência de seis semanas em
Toronto – estava vendendo ingressos até 28 de setembro de 2008. Mas se
encerrará após 492 apresentações, tendo se apresentando para uma
audiência de 446 mil pessoas.

Rob Howell ganhou o prêmio de Melhor Designer neste ano no
Whatsonstage.com Theatregoers’ Choice Awards pelo espetacular palco de
O Senhor dos Anéis. Em adição às despesas, o design de O Senhor dos
Anéis é o de mais alta tecnologia e com maior complexidade técnica em
West End. Uma permissão especial foi necessária para adequar Drury Lane
para o palco – de acordo com o Daily Mail, o processo de removê-lo e
reinstalar o equipamento vitoriano que ele substituiu levará no mínimo
dez semanas.

Há planos de se iniciar uma produção na Alemanha em novembro de 2009, e
uma versão menor que viajará o mundo, começando no próximo ano na Nova
Zelândia antes de partir para Austrália e Ásia. O produtor Kevin
Wallace afirmou: "O time criativo do espetáculo provou o quão
encantador e poderoso O Senhor dos Anéis pode ser ao vivo no palco.
Continuaremos a apresentar este incrível evento teatral para as
audiências de Londres até dia 19 de julho, enquanto buscamos apresentar
o show para novas audiências em 2009"
.