valinor

Christopher Lee interessado em O Hobbit

Christopher Christopher Lee, o Saruman de O Senhor dos Anéis, é mais um dos atores que se mostrou interessado em participar de O Hobbit. A entrevista dada à página PopMatters revela isso, dentre outras coisas.  O trecho referente a isso está bem no final da entrevista mas resolvi publicá-la na íntegra, pois é muito interessante (afinal, um de seus papéis preferidos foi Saruman). Abaixo, a entrevista completa:
É difícil acreditar que já faz 50 anos desde que Christopher Lee empolgou os fãs de horror com suas representações do monstro de Frankenstein, Drácula e a Múmia em uma série memorável da Hammer Filmes. “Sim, já faz um longo tempo”, disse Lee, “Pensando bem, eu não disse uma palavra sequer no filme ‘(A Maldição de) Frankenstein’. Eu sempre pensei na criação de Frankenstein como uma criatura ao invés de um monstro”.Embora o sucesso desses filmes tenha estereotipado Lee por vários anos, ele eventualmente os deixou para trás com uma variedade de papéis e tem sido um dos mais prolíficos atores do cinema. Ele tem quase 300 créditos em seu currículo como ator.

 

Recentemente, ele teve sucesso com seus papéis de Saruman na trilogia “O Senhor dos Anéis” e Conde Dooku/Darth Tyranus nos filmes “Star Wars”. “Eu listo esses – ‘O Senhor dos Anéis’ e ‘Star Wars’ – entre meus filmes favoritos dos quais fiz parte”, disse Lee de Londres durante uma recente conversa por telefone. “Esses filmes me apresentaram para uma nova geração de fãs, muitos dos quais nunca ouviram falar de mim como Drácula ou a criatura (Frankenstein)”.

Televisão ou cinema  – não importa para Lee desde que ele considere o roteiro interessante. Este foi o caso com “Adventures in the Secret Service”, um dos oito episódios no conjunto de 9 DVDs da “The Adventures of Young Indiana Jones, Volume Two: The War Years”, recentemente lançado em DVD. O jovem Indiana (Sean Patrick Flannery) se encontra envolvido em um esforço para convencer a Áustria a romper com a Alemanha e fazer paz com a França durante a Segunda Guerra Mundial. Lee interpreta o Conde Ottokar Graf Czernin, que tenta influenciar a decisão do imperador austríaco.

“Me chamou a atenção porque eu estava interpretando uma pessoa real, que viveu realmente”, disse Lee. “Ele era de certa forma uma figura tortuosa e o interpretei dessa forma. A história em baseada em fatos históricos com o Jovem Indiana inserido com rpopósitos dramáticos. Estes filmes do Indiana são como lições reais de história. Me disseram que minha parte na história do Indiana foi a razão pela qual George Lucas me ofereceu o papel nos filmes ‘Guerra nas Estrelas'”, disse Lee. “Não estou certo de quão verdade isso é, mas é uma boa história”.

Lee, que fará 85 anos em Maio, não mostra sinais de estar diminuindo o ritmo. Ele apareceu em “The Golden Compass” (2007) e já encerrou participação em “The Heavy” e “Boogie Woogie”, dois filmes agendados para serem lançados neste ano.

“Eu ainda gosto e estou com boa saúde”, disse Lee. “Eu tenho um problema nas costas mas eu o tenho há nos. Enquanto eu puder completar uma partida de golfe, estou feliz”.

Conde Drácula jogando golfe? Isso mesmo.

Lee é praticamente uma enciclopédia ambulante no que se refere à história do jogo. Ele entusiasticamente lhe dirá que jogou diversos buracos com notáveis como Byron Nelson, Jack Nicklaus e Arnold Palmer. Quando dizem que algumas pessoas podem pensar que ele está se mostrando, Lee ri. “Sim, eu estou”, ele disse. “Temo, contudo, que não tenha tido o prazer de jogar com o Sr. (Tiger) Woods e não estou certo se um dia isso ocorrerá”.

Mesmo tão impressionante quanto seu conhecimento sobre golfe é, ele não se compara com a longevidade da carreira de Lee como ator. Após servir como piloto da Royal Air Force durante a Segunda Guerra Mundial, Lee foi descomissionado em 1946. Ele não tinha idéia do que fazer até que um amigo sugeriu que ele tentasse atuar.

“Eu não queria voltar a trabalhar em um escritório por umas poucas libras, que era o que eu estava fazendo antes da guerra”, disse Lee. “Então eu decidi dar uma chance e atuar. Além disse, meio que é coisa da família”.

Seus bisavôs fundaram a Austrian Opera Company e ele disse que sua mãe foi a maior atriz que nunca pisou no palco. “Ela não era uma atriz profissional”, disse Lee com uma gargalhada, “mas ela podia ser tão dramática sobre tantas coisas da vida”. Lee se juntou à Rank Organization em 1947 e pelos próximos 10 anos apareceu em uma série de papéis no cinema e na televisão. Alguns dos papéis eram bastante pequenos.

“Eu era terrível, no começo”, disse Lee. “Eu não sabia absolutamente nada sobre o que eu estava fazendo. Eu nunca havia aparecido na frente de uma câmera antes. Mas eu estava determinado a trabalhar nisso e gastar todos aqueles anos aprendendo meu ofício”. Sua grande chance veio em 1957 quando ele foi escolhido para atuar como a criatura em “A Maldição de Frankenstein”. Depois disso veio Drácula, a Múmia e numerosos outros papéis em Technicolor para a Hammer.

“Eu sempre serei grato pelos anos na Hammer”, disse Lee. “Eles realmente alcavancaram minha carreira”. Os filmes da Hammer também o colocaram em contato com outro que seria um ícone do horror, Peter Cushing, e os dois foram amigos por toda a vida. “Peter era um ator soberbo que, eu acho, nunca teve o crédito que merecia”, disse Lee. “Ele podia fazer mais em uma cena do que alguns atores durante um filme inteiro”. Cushing morreu em 1994. “Ele era um amigo maravilhos e eu ainda sinto falta dele”.

Lee disse que também é grato pelos 10 anos em que ele trabalhou nas “trincheiras” (em papéis menores). Ele diz que o ajudaram a polir seu trabalho e a estar pronto quanto o sucesso realmente viesse. Ele se preocupa com o fato de que muitos dos atores e atrizes de hoje não têm o benefício de tal treinamento. “Eles pegam tantos jovens inexperientes hoje em dia, colocam-no em um papel e tentam fazer deles estrelas de imediato, em filmes bastante caros” disse Lee. “Não é justo para com eles. Você não pode deixar de pensar quanto tempo eles vão durar”.

Uma das mais queridas lembranças de Lee é ter sido vizinho de Boris Karloff, arguivelmente o primeiro dos grandes ícones do horror durante a época dos filmes sonoros, com suas próprias atuações como a criatura de Frankenstein e a Múmia. Os dois freqüentemente saíam para jantar com as respectivas esposas.

“Tenho certeza de que Boris sabia que eu também tinha interpretado tais papéis, mas ele nunca mencionou isso”
, disse Lee. “A única vez que ele disse qualquer coisa sobre Frankenstein foi quando ele me contou o quão difícil era vestir aquele figurino pesado por tantas horas a cada dia. Uma vez eu perguntei a ele sobre Bela Lugosi (que também interpretou Drácula e co-estrelou com Karloff em vários filmes) e Boris apenas balançou a cabeça e disse ‘Pobre Bela. Pobre Bela’. Eu estou certo que ele se referia ao vício em drogas de Lugosi, e outros problemas que ele teve durante sua carreira”.

Tanto quanto gosta de interpretar, ele também tem uma grande apreciação pela história do cinema. Ele cita como seu filme favorito de todos os tempos o “The Night of the Hunter” (1955) estrelando Robert Mitchum e dirigido por Charles Laughton (“Absolutamente brilhante”). Seus outros favoritos são “Path of Glory” (1957) de Stanley Kramer estrelando Kirk Douglas e “The Devil and Daniel Webster” (1941): “É uma chance de ver Walter Huston em seu melhor momento”.

Lee não apenas tem um conhecimento impressionante sobre cinema e golfe, mas é também uma espécie de especialista na obra de J. R. R. Tolkien.

“Eu lembro de ter lido ‘O Senhor dos Anéis’ pela primeira vez nos anos de 1950″, disse Lee. “Eu achava que eles dariam um grande filme, mas tecnicamente eles não poderiam ser feitos naquela época. Eu me via interpretando Gandalf (eventualmente interpretado por Ian McKellen) mas terminei conseguindo o papel de Saruman”.

Destacando que foi anunciado recentemente que Peter Jackson concordou em filmar dois filmes sobre “O Hobbit”, Lee disse que esperava que o “Sr. Jackson” pudesse encontrar um lugar para ele nesses filmes.

“Eu não sei se irá acontecermas eu certamente estaria interessado em fazê-lo”, disse Lee.

Seria surpreendente se Jackson não encontrasse um espaço para Christopher Lee, um homem que tem sido um ícone do cinema ´por mais de 50 anos e continua firmemente a sê-lo.


Comente este Artigo em nossa Comunidade

Comentários

  1. Se não for o Ian Mckellen, podem colocar o Michael Gambon… Hihihihihihi… Hehehehehehe…. Hahahahahaha,,, HAHAHAHAHAHAHAHA!!!! HUAHUAHUAHUAHUAHUAHUA!!! Aiai…

  2. Seja lá qual fosse sua participação, ele deveria aparecer.

    Christopher Lee é sempre bem-vindo, na minha opinião. 😆

    Ver uma cena do conselho branco nos cinemas seria muito bom.

    Porém se não colocarem Ian Mckellen como Gandalf, daria um bom "bafafá", como diria minha mãe. 😛

  3. Mais um com interesse no Hobbit. Parece que todos que participaram do SDA estão interesados no Hobbit, a experiência deve ter sido incrível mesmo. Christopher Lee é demais e a entrevista está ótima.

  4. É que serão dois filmes, grlopez. Se fosse um filme só pra contar O Hobbit eu nem teria dúvida que você estaria certo. Mas O Hobbit em dois filmes precisa de mais – e "mais" são justamente as lacunas. Esses filmes aparentemente vão ser mais uma "preeqüência do SdA"  do que O Hobbit apenas.

  5. Ele poderia fazer uma "tirada" no conselho branco, mas apareceria bem na versão estendida.

    Sobre Dol Guldur, pessoal, não me apedrejem, mas acho que não cabe esta batalha no filme do Hobbit. É pouco descrita, está mais para SDA e não sabemos o que realmente aconteceu lá. Acho que não dá para construir muito encima disto.

    Saruman não tem vez no Hobbit. Acontece que ele aparecia como um "luxo", um "a mais" no filme, e, justante por isto, ficaria bem em um box de estendidas, fazendo algum discurso ou presidindo alguma sessão do conselho branco, ou até mesmo em uma rápida conversa com Gandalf em Isengard (similar aquele que eles tiveram no Sda).

    GR

  6. Eu acredito muito no trabalho dele, gosto muito também de alguns filmes que ele fez, ele é bom em que ele faz, eu apostaria nele para O Hobbit, só não gostaria que ele fizesse o papel do Gandalf, pois o do Gandlf é e tem que ser do Ian Mckelllen.

    Eu gostaria muito mesmo que ele fizesse algum papel em O Hobbit, mas fica difícil em dizer o que ele poderia fazer.

    O que poderia combinar com ele?

    ELE É O SARUMAN EM O SENHOR DOS ANÉIS!!! SEU MALUCO!!!

    Hahahahahah…ele não sabe quem é o Sarumam..??:lol:

  7. Nossa, o PJ é muito amado!O trabalho dele  no SdA cativou mesmo todo mundo!Eu quero o Christopher Lee nesse filme!E vocês falando sobre o passado aterrorizante dele me deu vontade de rever esses filmes.Mesmo que eu acabe sem dormir de noite!

  8. Mas essas cenas tiradas do Retorno do Rei foram bem tiradas. Temos que analisar que é adaptação e não cópia do livro. Tem que ser fiel a história, mas dentro dos limites: nem estrapolar (pra não virar um filme de 5 horas!) nem abusar (pra estragar com a história).

    É um pouco fora do assunto, mas eu não acho que foram bem tiradas. O capítulo A Voz de Saruman seria o final perfeito para o segundo filme. Era só tirarem invencionices que não adicionaram nada à história, como o ataque dos Wargs, e o tempo daria direitinho.

    Sobre o Saruman no Hobbit, tem espaço mesmo nas reuniões do Conselho, como no ataque em si a Dol Guldur. Eu aposto que esse ataque tem tudo pra ser o destaque de um dois filmes, assim como a batalha dos Cinco Exércitos deve ser o destaque de outro.

  9. Mas essas cenas tiradas do Retorno do Rei foram bem tiradas. Temos que analisar que é adaptação e não cópia do livro. Tem que ser fiel a história, mas dentro dos limites: nem estrapolar (pra não virar um filme de 5 horas!) nem abusar (pra estragar com a história).

    Mas voltando à discussão que não deixa de ser sobre a adaptação de O Hobbit, acredito sim que há espaço para Lee como todos opinaram. Seria muito interessante se filmassem o Conselho Branco. E C. Lee certamente não estaria fazendo um papel murchinho, não… muito pelo contrário…

  10. Como o Hobbit será em 2 filmes com certeza dá para encaixar o Lee como Saruman, principalmente no conselho branco e na batalha de Dol Goldur onde Necromante é expulso e foge para Mordor.

    Se Saruman aparecer, espero que Del Toro e Jackson não cortem cenas onde Saruman é envolvido. Falo isso pelo ocorrido no SDA onde Jackson cortou as cenas de Saruaman no Retorno do Rei. Inaceitável!

  11. Como dissram que vão dividir em dois filmes concerteza vai ter espaço para ele na parte da expulsão do Necromancer(Sauron) , la no Conselho Branco, porquer eles(produtores) certamente vão ter que colocar essa parte para fazer sentido com a historia contada no SdA, onde o próprio Gandalf comenta sobre Conselho Branco.

    Ficaria bacana ele fazendo o Saruman novamente e o Iam fazendo o Gandalf

  12. Eu ia colocar só o trecho da entrevista referente ao Senhor dos Anéis e o Hobbit, mas o resto era todo tão saboroso que não pude resistir. O Drácula e o Frankenteins dele foram dois dos primeiros filmes que eu comprei em DVD (o Frankenstein é meio chato, eu admito).

    Mas as histórias dele são ótimas :g:

  13. Emocionante a reportagem…

    Eu me lembro que a antiga TV Record exibia uns filmes nas sextas-feiras sobre terror, e invariavelmente repetiam este clássico do cinema "Drácula".

    Eu tenho uns livros que falam sobre alguns assuntos esotéricos, e olha quem eu encontro numas fotos, C.Lee. Que olhar, é bem assustador… Sem falar na voz…

    Ele realmente é um ótimo ator, principalmente se a coisa é meio assustar…

  14. Como que Saruman não é citado em O Hobbit?

    Saruman, aparece no Conselho Branco em que Gandalf, Elrond, Galadriel, Celeborn entre muitos outros decidem atacar Dol Guldur.

    A presença de Saruman é muito importante no filme inclusive a do C. Lee ficou muito boa!

    Leram as reportagens sobre o filme?, será dois filmes o primeiro é o Hobbit e o Segundo é um nexo entre o Hobbit e SDA, não se tem certeza, mas é a possibilidade mais provavel de ocorrer pois esses boatos são fortes, logo a parte do conselho branco ocorre paralelamente ao hobbit e o conexa a SDA, portanto Saruman entra na parte do conselho Branco juntamente com Elrond, Galadriel e Gandalf, daí eles decidem que vão expulsar saurom e essa história vai ser contada, claro que grande parte criada por Pj que vai ser o produtor pois não há detalhes profundos sobre o conselho.

    Quanto ao Lee não querer Fazer Saruman por que ele participará pouco…

    Lógico que não, como foi dito por Gandaf: "Foi com as artes de Saruman que conseguimos expulsar Saurom de Dol Guldur", então com certeza ela fará um papel de mais destaque que os demais no conselho, ele será o digamos principal destaque na expulsão de Saurom. Isso se realmente essa parte do conselho entrar no segundo filme.:joy:

    E finalmente vamos conhecer mais poderes de Saruman na interpretação do PJ.:joy:

  15. Recentemente, ele teve sucesso com seus papéis de Saruman na trilogia "O Senhor dos Anéis" e Conde Dooku/Darth Tyranus nos filmes "Star Wars". "Eu listo esses – 'O Senhor dos Anéis' e 'Star Wars' – entre meus filmes favoritos dos quais fiz parte", disse Lee de Londres durante uma recente conversa por telefone. "Esses filmes me apresentaram para uma nova geração de fãs, muitos dos quais nunca ouviram falar de mim como Drácula ou a criatura (Frankenstein)".

    Eu não sabia que ele havia interpretado Frankenstein e Drácula, sem dúvida ele é muito bom ator.

    "Ele era de certa forma uma figura tortuosa e o interpretei dessa forma. A história em baseada em fatos históricos com o Jovem Indiana inserido com rpopósitos dramáticos. Estes filmes do Indiana são como lições reais de história. Me disseram que minha parte na história do Indiana foi a razão pela qual George Lucas me ofereceu o papel nos filmes 'Guerra nas Estrelas'", disse Lee. "Não estou certo de quão verdade isso é, mas é uma boa história".

    curioso hehehehehe…

    sim é uma boa história =D

    puxa ele tem 85 anos O.O

    não parece

    :no:

    Torço muito que ele consiga o papel no O Hobbit ^^

    :uhu:

  16. Mas será que ele pegaria este papel tão pequeno?

    Eu acredito que não.

    Lee, acho que ele quer realemte pegar um papel, de "grande porte" como foi o do Saruman em O Senhor dos Anéis…

    O que você acham? Principalmente o Fox, o que você acha?

  17. Como que Saruman não é citado em O Hobbit?

    Saruman, aparece no Conselho Branco em que Gandalf, Elrond, Galadriel, Celeborn entre muitos outros decidem atacar Dol Guldur.

    A presença de Saruman é muito importante no filme inclusive a do C. Lee ficou muito boa!

  18. O que eu quis dizer é que o Saruman não é citado no O Hobbit. Não daria para ele ser o Saruman.

    Não lembro se o Gandalf fala no nome do Saruman, mas sabemos que, em determinado momento da história, Gandalf se afasta para se unir ao Conselhor Branco, com o Elrond, Galadriel e Saruman.

    Logo, tem como ele ser o Saruman.

  19. É como o fox disse, na parte do conselho branco ele poderia entrar sim sem problemas e eu apoio ele completamente, ele e ian foram os melhores em SDA, e se ele estiver vivo, tomara que sim, e com saúde ele terá 90 anos e sem dúvida trabalhará bem como fez.

    dale Lee como Saruman claro.

  20. Eu acredito muito no trabalho dele, gosto muito também de alguns filmes que ele fez, ele é bom em que ele faz, eu apostaria nele para O Hobbit, só não gostaria que ele fizesse o papel do Gandalf, pois o do Gandlf é e tem que ser do Ian Mckelllen.

    Eu gostaria muito mesmo que ele fizesse algum papel em O Hobbit, mas fica difícil em dizer o que ele poderia fazer.

    O que poderia combinar com ele?

    ELE É O SARUMAN EM O SENHOR DOS ANÉIS!!! SEU MALUCO!!!

  21. Eu acredito muito no trabalho dele, gosto muito também de alguns filmes que ele fez, ele é bom em que ele faz, eu apostaria nele para O Hobbit, só não gostaria que ele fizesse o papel do Gandalf, pois o do Gandlf é e tem que ser do Ian Mckelllen.

    Eu gostaria muito mesmo que ele fizesse algum papel em O Hobbit, mas fica difícil em dizer o que ele poderia fazer.

    O que poderia combinar com ele?

  22. Pelo menos dessa vez tem lógica o personagem aparecer, pois, podem filmar a parte do Conselho Branco enfrentando Sauron.

    É algo a mais que se pode colocar no filme sem problemas. Não é algo tão absurdo quanto enfiarem Aragorn e Boromir na história.

    Foxwulf

    Chris Lee é o cara!