Cuarón corre por fora por O Hobbit

Alfonso Cuarón
Alfonso Cuarón é o terceiro dos três diretores cotados para dirigir O Hobbit. Depois da confirmação de que peter Jackson estará participando do projeto apenas como produtor e não como diretor começou a corrida pela direção na qual três nomes de destacam e são os únicos "concorrentes" conhecidos até agora: Sam Raimi, Guillermo del Toro e Alfonso Cuarón.
 
 
Cuarón é mexicano, nascido em 1961 (atuais 46 anos, portanto). Dentre os filmes que dirigiu é conhecido principalmente por E Sua Mãe Também (Y tu mamá también – 2001),  Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban (Harry Potter and the Prisoner of Azkaban – 2004) e Filhos da Esperança (Children of Men – 2006) sendo que por este último recebeu três indicações ao Oscar.

Cabe um espaço para comentar sobre a direção de Cuarón no terceiro Harry Potter. Os fãs reclamaram da eliminação de algumas sub-histórias, da alteração dos visuais e algumas modificações na continuidade mas foi o filme mais aclamado pela crítica, considerado mais agressivo e de tons mais sombrios. A autora J. K. Rowling o considera seu filme preferido da série.

Embora correndo por fora, é o diretor mais "parecido" com Guillermo de Toro, mas está muito mais ocupado do que este com nada menos do que CINCO projetos de direção entre 2008 e 2010. E não, ainda não sabemos se Cuarón é um fã de Tolkien ou se leu os livros.

Cuarón vem como um azarão, correndo por fora, bem atrás do favorito Sam Raimi e de del Toro, que apesar de tudo parece ser o mais animado e mais disponível. Opinião pessoal? (Re-)veja O Labirinto do Fauno e A Espinha do Diabo porque acho que nesse mato tem Toro (ok, ok trocadilho ruim).