"Os Filhos de Húrin", pelo Tolkien Estate

Temos noticiado há meses o lançamento do novo livro de J. R. R. Tolkien, chamado "The Children of Húrin" ("Os Filhos de Húrin") e agora é uma boa hora para refrescar a mamória e manter todo mundo antenado sobre o livro, o conteúdo do mesmo e seu lançamento. O texto abaixo foi publicado pelo Tolkien Estate (se quer saber mais sobre o Tolkien Estate leia este artigo), sobre o livro.
 

J. R. R. Tolkien iniciou
a criação do mundo e da mitologia da Terra-média em 1916 e nunca parou de
trabalhar nas histórias e lendas pertencentes a este mundo até morrer em 1973.
Dentro deste imenso e constantemente revisado legendarium um conto em
particular foi publicado, como uma janela para uma paisagem em mutação, "O
Senhor dos Anéis".

 

O autor desejou que seu terceiro filho, Christopher Tolkien,
fosse seu executor literário após sua morte, e a primeira tarefa de Christopher
foi organizar o imenso volume de papéis que JRR Tolkien criou durante sua vida;
o primeiro trabalho publicado sobre o assunto foi "O Silmarillion" em
1977. Este trabalho é um esboço da história e mitologia da Terra-média de forma
condensada e, como tal, dá vislumbres agradáveis mas breves sobre os temas da
criação da Terra-média, o nascimento de Elfos e Homens, e muitos contos
individuais dos quais está o dos Filhos de Húrin e a vida trágica de Túrin
Turambar.

 

Christopher Tolkien continuou os estudos dos papéis de seu
pai e desenvolveu em detalhes a história dos textos do autor e a evolução dos
conceitos míticos e lendários no decorrer de sua vida em "Contos
Inacabados"
(1980) e na série em doze volumes "The History of
Middle-earth"
(1983-1996). Estas obras contém muitos textos não publicados
por J.R.R. Tolkien, mas quase sempre como versões incompletas ou fragmentadas.

 

Três "Grandes Contos" seriam da maior importância para
J.R.R. Tolkien em sua criação da Terra-média: Beren & Lúthien, A Queda de
Gondolin e Os Filhos de Húrin. Como era de se esperar, estes contos existem em
muitas versões incompletas e pesadamente revisadas. Como a ápice de trinta anos
de trabalho nos papéis de seu pai, e já tendo publicado versões fragmentadas e
condensadas do conto de Túrin como parte do desenvolvimento de "The
History of Middle-earth"
, Christopher Tolkien obteve sucesso em reunir múltiplas
variantes, trechos inacabados e rascunhos do conto de forma a produzir uma
versão completa e terminada, inteiramente com as palavras originais do autor. O
trabalho é, portanto, acessível tanto como uma versão nova e completa do texto
para os estudiosos de Tolkien quanto como um conto inteiramente novo sobre a
Terra-média para o leitor de Tolkien que não é familiarizado com as grandes histórias
e mitologias que são a raiz de “O Senhor dos Anéis”.

 


"Os Filhos de Húrin"
leva o leitor para um tempo
muito anterior a "O Senhor dos Anéis", em uma região da Terra-média
que afundou no mar muito antes dos Hobbits aparecerem e quando o grande inimigo
ainda era o Vala caído, Morgoth, e Sauron era apenas seu comandante de tropas.
Este romance heróico é o conto de um Homem, Húrin, que ousou desafiar a força
maligna de Morgoth, e o trágico destino de sua família, como se vê nos esforços
de seu filho Túrin Turambar no mundo perdido de Beleriand.

 

O livro será publicado em abril de 2007 no reino Unido,
Canadá, Austrália e Nova Zelândia pela HarperCollinsUK e nos EUA pela Houghton
Mifflin. Terá ilustrações coloridas do renomado artista Alan Lee e contém um
mapa de Beleriand desenhado por Christopher Tolkien, bem como notas editoriais
nos Apêndices.

 

Os direitos de "Os Filhos de Húrin" são da família
Tolkien através do Tolkien Estate, e os direitos do livro foram vendidos em um
acordo mundial para a  HarperCollinsUK.
Não existem planos futuros de se licenciar quaisquer outros direitos (filmes ou
qualquer outra coisa).

 

Confira também a Bibliografia Completa de J. R. R. Tolkien, na Valinor.