O Hobbit confirmado para 2009

Após algumas declarações um tanto explosivas sobre Peter Jackson, aparentemente o chefão da New Line, Robert Shaye, resolveu amaciar um pouco o tom. Em entrevista ao The New York Times, Shaye alegou que tudo foi dito "em um momento de emoção" e também disse que "sente ter perdido um amigo", mostrando uma espada de Gandalf que ganhou de presente de Jackson antes do processo contra a New Line.
 
 
Já é uma esperança para os fãs, uma vez que, sem citar o nome de Jackson, Shaye comentou que não quer mais trabalhar com diretores que causem muitos problemas. "Alguns diretores são impossíveis", disse o chefão, "Há algumas poucas pessoas com quem eu não trabalharia? Sim, mas não citarei nomes".
 
Shaye também não falou qualquer coisa sobre a possibilidade da Sam Raimi dirigir O Hobbit, mas já deixou claro que, apesar de ainda não ter um roteiro pronto para o filme, pretende lançá-lo em 2009. Talvez a única boa notícia no meio de toda a confusão, é a certeza de que O Hobbit já tem até ano de estréia previsto.