Blind Guardian: "O Diário de Maglor", Parte 6

A imagem “http://www.valinor.com.br/images/stories/categorias_noticias/musica.jpg” contém erros e não pode ser exibida.
Mais uma tradução de "O Diário de Maglor", série de textos presentes no
encarte do álbum "Nightfall In Middle-Earth" (1998), do Blind Guardian.

Esta é a parte 5, entitulada "A Maldição".
 

 

A Maldição

Memórias sombrias se reuniam ameaçadoramente. Eu passei novamente pela
cinzenta parede do passado para viver através disso tudo outra vez. A
figura solitária que parece estar esperando impiedosamente por mim e
pelos meus parece real na minha frente. Com uma voz alta o mensageiro
do Mestre dos Céus anuncia nosso destino desastroso. Entristecidos e
confusos nós caímos em silêncio e escutamos as respostas selvagens de
nosso Pai. Então, como se em um êxtase, nos afastamos vagarosamente. Em
nenhum momento eu me virei, mas eu sabia que muitos começariam sua
jornada para casa cheios de culpa e humilhados. Continuamente nós
vagamos pelas costas glaciais. O gelo ficou mais abundante, nosso
caminho mais hostil. Sob céus profundamente negros, cercados por ventos
não amigáveis, nós desejamos a realização de nossos sonhos. Esses
pensamentos nos levaram adiante, eles nos alimentaram e nos aqueceram.
Ainda lá havia esperança. A determinação da maldição parecia ser
evitável. Em breve nós vamos destruir o último companheiro:
Secretamente nós estamos nos afastando de nossos irmãos e irmãs. Os
barcos oferecem pequenos abrigos, e a passagem será possível apenas
para nosso próprio povo. A maldição desperta.

__________
 
Blind Guardian é uma banda de heavy metal originária da Alemanha, sendo
atualmente um dos grandes nomes mundiais neste estilo. Muitas de suas
músicas são influenciadas pelas obras de Tolkien, sendo o álbum
"Nightfall In Middle-Earth" (1998) totalmente baseado em "O
Silmarillion". Nas páginas finais do encarte do disco, há vários
pequenos textos, que seriam escritos por Maglor, filho de Fëanor, como
uma espécie de "diário".
 
Leia também: