O fim do LotR Tradeable Miniatures Game

jogos.jpgLord of the Rings Tradeable Miniatures Game teve um triste fim. Nasceu no Natal de 2003 e aproveitou dois bons anos de existência. Ao entrar no site da Sabertooth Games (uma "subempresa da Games Workshop"), a empresa responsável pelo jogo, dei de cara com o seguinte texto: “E então alcançamos o fim da jornada. Gostaríamos de aproveitar a oportunidade para agradecer a todos os jogadores pelo suporte ao jogo no decorrer dos anos. Nos divertimos produzindo The Lord of the Rings Tradeable Miniatures Game e esperamos que você tenha se divertido jogando, e assim o continuará. Muito obrigado.  The Sabertooth Games Team.” Até o mês passado, ainda estavam disponíveis no site toda a lista das miniaturas, manual de regras para download e dicas do jogo!  Afinal, o que deu errado?
 
 
Com peças plásticas maiores que a maioria das miniaturas e uma qualidade de pintura superior, este jogo contava com um sistema chamado Combat Hex, no qual os próprios dados da peça iam num tipo de hexagono, e conforme ela fosse sofrendo alterações como danos, bastava mexer um pino que as novas estatísticas apareceriam em sua base.

Dados especiais, mapas com hexágonos para facilitar a visualização e miniaturas em escala maior como Sauron ou Treebeard com seus impressionantes 11 centímetros de altura (para miniaturas de 4 centímetros!) eram a receita para o sucesso, porém nada disso foi o suficiente para salvar esta coleção da crescente avalanche dos jogos colecionáveis de miniaturas.

Não podemos dizer que jogos de miniatura e SdA não são compatíveis, pois a Games Workshop tem hoje a maior linha (e tradição)de miniaturas da série, com vários suplementos e uma legião sempre crescente de fãs.

O grande problema não foi o jogo em sí, mas o preço. As miniaturas da Sabertooth estavam entre as mais caras entre as miniaturas pré pintadas, sendo um dos motivos a própria marca “Lord of the Rings” , com seu peso enorme, especialmente nos bolsos! A Sabertooth Games não pode ser considerada uma empresa pequena, pois tem um ótimo mercado, abrangendo jogos de cards colecionáveis do Street Fighter até épicas histórias futuristas como a de Warhammer 40k. Seus concorrentes, a Wizards of the Coast e a Wizkids certamente são gigantes no ramo!

É uma pena que a série tenha falido, assim como os engraçadinhos parentes do Lego, os Minimates de LotR, e o jogo de cards colecionáveis, que está se tornando um produto apenas online, mas com certeza nesse curto espaço em que as miniaturas plásticas estiveram entre nós, elas cumpriram seu papel principal: proporcionar diversão aos fãs!

Sabertooth Games
Figuras da série inicial do jogo

{mos_vbridge_discuss:23}