Dominic Monaghan fala sobre Ringers

O The State.com publicou recentemente uma entrevista com Dominic Monaghan, intérprete de Merry nos filmes de "O Senhor dos Anéis", e narrador do recém-lançado documentério "Ringers: Lord of the Fans".
 
Segundo Monaghan, o frenesi dos fãs de SdA não tem desaparecido, desde que ele seguiu em frente com outros projetos.

"Não, continua piorando. Eu digo ‘piorando’, mas quero dizer mais consistente. Se estou em Los Angeles, há pessoas esperando quando eu saio de um restaurante, ou pessoas que me seguem até a praia, ou quando eu vou para a Amoeba Records."

O ator diz não se importar que os fãs continuem vendo-o como Merry, uma associação que ele levará para o túmulo.

"Se eu fosse conhecer Harrison Ford, eu provavelmente pensaria, ‘Oh, é o Han Solo.’ Como Peter Jackson sempre disse, os filmes não poderiam ter sido feitos sem os fãs"

Trabalhar em "Ringers", ele diz, é o seu modo de dizer obrigado aos fãs.

Embora haja alguns fãs bastante excêntricos mostrados em "Ringers" – pessoas que a exuberância possa parecer aos não iniciados um pouco doentias – Monaghan é rápido em esclarecer que ele e o escritor-diretor de "Ringers", Carlene Cordova ou o co-escritor Cliff Broadway nunca quiseram tirar sarro de ninguém.

"Eu não acho que eles quiseram fazer o que fizeram com os ‘Trekkies’, mostrar a insanidade", ele diz, se referindo ao documentário de 1997, de Roger Nygard, sobre os groupies de "Star Trek".
"Este é respeitoso"
, completa Monaghan.

Afinal de contas, lembra Monaghan, "Carlene e Cliff começaram a TheOneRing.net", um abrangente web site de fãs de Tolkien que tem, como a home page diz, "servido a Terra Média desde a Primeira Era".

"Eles próprios são fãs", diz o ator, que também se considera um. "Esta foi uma forma de prestar tributo aos fãs pela quantidade de trabalho que eles fizeram, a atenção ao detalhe."

Agradecimentos à Natália "deathie" Pacheco, pela tradução.

Fonte: The State.com