Projeto Pequena Terra-Média responde a ecologistas

Publicamos recentemente uma notícia dizendo que o grupo espanhol Ecologistas en Acción se colocou contra o "Projeto Pequena Terra-Média", no qual um grupo de 22 municípios da Sierra Norte de Madrid, Espanha, pretende recriar a Terra-Média, com rotas temáticas na serra, pelas localizações que se assemelham com as descrições presentes em "O Senhor dos Anéis",e também construindo restaurantes, hotéis e pousadas inspirados na obra. (Leia a notícia clicando aqui ).
 
Agora é a vez dos responsáveis pelo projeto responderem ao grupo, em carta enviada pela biológa ambiental Mª Gemma Álvarez, membro da AEDIR, "Asociación Española para la Dinamización Regional" (Associação Espanhola para a Dinamização Regional).

Pela carta, percebe-se que o "Projeto Pequena Terra-Média" não se trata de um "parque temático", como fora dito pelos ecologistas em suas acusações, mas sim de um projeto turístico que pretende fomentar o desenvolvimento sustentável e apoiar a defesa da conservação da Sierra Norte de Madrid.
É dito que o projeto cumpre com as expectativas da Agenda 21, tanto que na primeira fase estão inclusos estudos de impacto socioeconômico, viabilidade econômicae impacto ambiental, entre outros.

Mª Gemma Álvarez também diz que foi firmado um acordo com alguns povos serranos, onde há aprovação unânime de adesão ao projeto, que pode ser comprovado pelas atas correspondentes, e que, mesmo que não tenha sido feita uma difusão massiva à população, tem-se realizado uma sondagem de opinião e um pequeno estudo de mercado que garantem a inciativa e que trabalha em poder da comunidade de Madrid.

Toda a carta (em espanhol) pode ser lida clicando aqui .