Amizade entre C.S.Lewis e Tolkien em documentário

Documentário sobre a vida do criador de Narnia focará a amizade conturbada com o J.R.R.Tolkien.

 

 

Há 20 anos era lançado o filme "Shadowlands", um documentário sobre a vida do escritor inglês C. S. Lewis.
Dirigido por Norman Stone, "Shadowlands" chegou a receber prêmios como o BAFTA e o Emmy.

Agora Stone aproveita para lançar mais um documentário sobre o escritor de "As Crônicas de Narnia". Enquanto "Shadowlands" era voltado para o relacionamento entre Lewis e sua esposa, o novo filme, intitulado "C.S.Lewis, Beyond Narnia", mostrará outros aspectos da vida do escritor, em particular a amizade conturbada com John Ronald Reuel Tolkien, que fora posta à prova por diversos motivos, desde diferenças literárias e religiosas, e até com relação à escolha de esposas.

Algumas "rixas" entre os dois amigos são bem conhecidas por alguns fãs. Tolkien, por exemplo desgostou de "O Leão, a Feiticeira e o Guarda-roupa", primeiro volume publicado da série "As Crônicas de Narnia", em 1950, dizendo a Lewis que a obra ia longe demais com sua "mensagem cristã". Tolkien aparentemente odiou a luta alegórica entre o Bem e o Mal criada pelo amigo, com Jesus sendo representado pelo grande leão Aslan.
Outra discussão conhecida pelos fãs é com relação à religiosidade de Lewis, que inicialmente era ateu, mas foi convencido por Tolkien a seguir o cristianismo. Contudo, Lewis se tornou protestante, o que desagradou o amigo, católico devoto.
Tolkien "implicou" até mesmo com Joy Gresham, mulher com quem Lewis veio a se casar, dizendo que ela estava retirando Lewis de seu círculo de amigos mais próximos.
Esses e outros "problemas" da amizade dos dois autores estarão presentes no novo filme de Norman Stone.

"C.S.Lewis, Beyond Narnia", será lançado na TV a cabo estrangeira em dezembro, mesmo mês em que chega aos cinemas a adaptação de "O Leão, a Feiticeira e o Guarda-roupa".

Fontes:
Elfenomeno
Scostman.com News