Mudanças no SdA:RdR – Prováveis

Mudanças prováveis:
 
Terceiro Filme Começa com Narsil Sendo Reforjada

FILMES: O terceiro filme começa com Narsil sendo reforjada nas oficinas de Valfenda. Elrond então a leva para Aragorn.

LIVROS: Narsil é reforjada e nomeada Anduril antes que a Sociedade deixe Valfenda, no primeiro livro. O terceiro volume começa com Gandalf e Pippin cavalgando para Minas Tirith.

PRÓ: Anduril é um bom recurso visual para representar a decisão que Aragorn toma de reclamar o trono de Gondor. Além disso, a cena se encaixa melhor no terceiro filme.

CONTRA: Essa mudança não representa o trabalho de Tolkien.

FONTES:

· Ringbearer Footage Preview 5/4/01 (primeira divulgação)

· AICN Peter Jackson interview 2/19/02 (primeira divulgação)

CREDIBILIDADE: 5/5

Laracna Aparece no Terceiro Filme

FILME: O encontro com Laracna não acontecerá até o terceiro filme.

LIVRO: O segundo livro termina com a aranha Laracna envenenando Frodo, Sam mata Laracna e Frodo (envenenado) é capturado pelos orcs.

PRÓ: De acordo com Peter Jackson: "Se nós começarmos O Retorno do Rei depois de Laracna – como o livro faz – haveria muito pouca coisa restante para Frodo e Sam fazerem". Isso também permite que a linha cronológica dos personagens (que estão separado) combine melhor.

CONTRA: Frodo sendo picado por Laracna e levado prisioneiro pelos orcs seria um final cheio de suspense perfeito para o segundo filme.

FONTES:

· AICN Peter Jackson interview 2/22/02 (primeira divulgação)

· Entertainment Weekly Peter Jackson interview 3/19/02 (confirmação)

CREDIBILIDADE: 5/5

Merry Não Consegue Fazer o Cavalo Se Mover

FILMES: Existe uma cena cômica retratando as tentativas de Merry fazer seu cavalo se mover.

LIVROS: Essa cena não existe

PRÓ: Essa cena dá um toque cômico

CONTRA: Essa cena é uma invenção dos roteiristas que diminui o tempo restante no filme para as cenas que Tolkien realmente escreveu.

FONTES:

· Tol Galen Set Report 1/15/01 (primeira divulgação)

CREDIBILIDADE: 3/5

Merry Oferece Sua Espada ao rei Théoden em Edoras

FILMES: Merry oferece sua espada ao rei Théoden fora do Palácio Dourado em Edoras.

LIVROS: Merry faz isso em um salão do Forte da Trombeta, durante a refeição do meio-dia.

PRÓ: Essa mudança de local dá à cena maior impacto visual.

CONTRA: Essa mudança é uma invenção dos roteiristas e não representa o trabalho de Tolkien.

FONTE:

· First FOTR Teaser Trailer 12/19/00 (primeira divulgação; evidência fotográfica)

CREDIBILIDADE: 4/5

Merry e Pippin Acordam em Edoras

FILMES: Pippin e Merry aparecem em uma cena acordando em um quartel de Edoras.

LIVROS: Não existe essa cena, embora os dois hobbits tenham passado a noite em Edoras quando eles chegaram para o sepultamento do Rei Théoden.

PRÓ: Provavelmente essa é uma cena de transição para ajudar a situar a audiência no tempo e no espaço.

CONTRA: O roteiro exigiria diálogos extras escritos pelos produtores e não por Tolkien.

· FONTES: AICN Set Report (12/20/00) (primeira divulgação)

CREDIBILIDADE: 2/5

Batalha no Sul

FILMES: Aragorn, Legolas e Gimli chegariam atrasados em Minas Tirith devido a uma batalha que aconteceria no sul, antes da Companhia de Aragorn trilhar as Sendas dos Mortos.

LIVROS: Não existe esse obstáculo no livro para impedir que eles cheguem ao campo de batalhas.

PRÓ: Se existir essa batalha adicional, talvez ela seja usada para espalhar as cenas de ação ao longo do filme.

CONTRA: Essa mudança é uma invenção dos roteiristas e não representa o trabalho de Tolkien.

FONTES:

· ARAGORN – cena 2 do roteiro dos testes 13/01/99

CREDIBILIDADE: 1/5

Legolas Recita a Profecia do Vidente

FILMES: Na entrada das Sendas dos Mortos, Aragorn sente que cometeu um erro e convida a Companhia a voltar. Então Legolas recita a profecia do vidente, que diz que o Herdeiro de Isildur passaria pelas Sendas.

LIVROS: Elrohir lembra Aragorn sobre as Sendas dos Mortos e, mais tarde, em Edoras, Aragorn fala a Legolas sobre a profecia. Porém, quando eles atingem a entrada, Aragorn não demostra reconsiderar sua decisão de seguir aquele caminho e não convida ninguém a voltar.

PRÓ: Essas mudanças aumentam as oportunidades dos personagens dialogarem e revelarem informações que Tolkien transmitiu em diálogos. A exclusão de Elrohir aumenta a participação dos personagens mais importantes.

CONTRA: Essa mudança diminui o caráter da personagem de Aragorn e seu conhecimento.

· FONTES:

· LEGOLAS roteiro dos testes 13/01/99

CREDIBILIDADE: 1/5

Nota: O vidende é Malbeth, que viveu nos dias de Arvedui, último rei de Fornost.

Faramir Encontra Pippin nas Ruas de Minas Tirith

FILMES: Quando Faramir chega à Minas Tirith depois de suas viagens por Ithilien e vê Pippin, ele imediatamente revela a Gandalf que esse não é o primeiro pequeno que ele encontrou.

LIVROS: Faramir não revela seu encontro com Sam e Frodo até que ele conversa com Denethor em seu aposento particular.

PRÓ: Movendo algumas das cenas dos aposentos de Denethor para as ruas da Cidade, os produtores aproveitam uma das melhores vantagens de filmes – levar a platéia de locação a locação. Muitos acontecimentos confinados em um mesmo aposento fariam o filme se assemelhar à uma peça de teatro.

CONTRA: Essa mudança é uma invenção dos roteiristas e não representa o trabalho de Tolkien.

· FONTES: AICN Set Report (12/13/00) (primeira divulgação)

CREDIBILIDADE: 2/5

Pippin e Faramir Conversam Sobre Denethor

FILMES: Quando Faramir vê Pippin vestido com a sua armadura “de criança” , eles riem juntos da situação. Pippin então pergunta a Faramir o motivo da raiva de Denethor e se tem algo que ele possa fazer para ajudar.

LIVROS: Não existe essa cena.

PRÓ: Esse novo diálogo entre Pippin e Faramir ajuda a revelar a dinâmica do relacionamento de Faramir e Denethor.

CONTRA: O roteiro exigiria diálogos extras escritos pelos produtores e não por Tolkien.

· FONTES: AICN Set Report (12/21/00) (primeira divulgação)

CREDIBILIDADE: 2/5

Faramir Ferido é Arrastado por Cavalo

FILMES: Quando Faramir retorna de seu posto de defesa em Osgiliath, ele é atacado com muitas flechas e chega à Minas Tirith arrastado pelo seu cavalo.

LIVROS: Faramir é atacado apenas com um dardo e o príncipe Imrahil o carrega de volta a Minas Tirith.

PRÓ: Aparentemente, Imrahil não aparece nos filmes. Isso elimina cenas de apresentações desnecessárias e dá oportunidade para que os personagens mais importantes dialoguem mais. Essa mudança pode produzir uma cena muito emocionante.

CONTRA: Imrahil é uma personagem querida entre os fãs. Eliminá-lo apenas para acrescentar mais ação e aventura banaliza a história.

FONTES:

· AICN Set Report 12/14/00 (detalhes)

CREDIBILIDADE: 2/5

Orcs Rosnam e Pilham Armaduras

FILMES: Na Batalha dos Campos de Pelennor, Orcs rosnam como animais, vasculham os corpos de seus inimigos mortos e roubam pedaços de armaduras (alguns Orcs estavam vestidos com misturas de diferentes armaduras).

LIVROS: Todos os Orcs da história eram relativamente articulados e não há menção de que os exércitos de Mordor não estivessem totalmente equipados para batalha.

PRÓ: A pilhagem seria uma triste necessidade das cenas da batalha dos Campos de Pelennor, porque não existiriam figurinos para os Orcs em número suficiente.

CONTRA: Sauron se preparou por muito tempo para essa batalha e suas forças estariam bem equipadas. Os Orcs eram criaturas inteligentes e fazê-los rosnar diminuiria esse conceito.

· FONTES: E! Online On Location 11/1/00 (primeira divulgação)

CREDIBILIDADE: 2/5

Nota: Para as cenas da batalha nos Campos de Pelennor, alguns orcs estavam vestidos com pedaços de armaduras diferentes pois não havia figurino suficiente.

Armaduras Chapeadas

FILMES: Pelo menos alguns dos guerreiros de Gondor usavam armaduras chapeadas, em estilo medieval.

LIVROS: Tolkien descreve os personagens usando cotas metálicas em toda história, não havendo menção de outro tipo de armadura.

PRÓ: Essas armaduras produzem um figurino mais impressionante.

CONTRA: O mundo de Tolkien não era medieval. Além disso, armaduras chapeadas fazem as lutas em filmes parecerem estúpidas.

· FONTES: The Evening Post 11/14/00 (primeira divulgação – evidência fotográfica)

CREDIBILIDADE: 4/5

Ocorre uma Batalha Dentro das Muralhas de Minas Tirith

FILMES: Uma batalha acontece dentro das muralhas de Minas Tirith, com Gandalf usando seu cajado para explodir orcs.

LIVROS: Gandalf solta uma luz branca com a mão – e não com o cajado – quando luta contra as forças de Sauron fora dos muros da cidade. Mais tarde, as forças de Sauron arrombam o portão e Gandalf confronta-se com o Rei Bruxo quando este tenta entrar na Cidadela. Porém, os Rohirrim chegam de repente e as forças de Sauron retornam para os campos de Pelennor para combatê-los.

PRÓ: Algumas batalhas tomarem lugar dentro dos muros da cidade é visualmente mais interessante.

CONTRA: Essa mudança é uma invenção dos roteiristas e não representa o trabalho de Tolkien

FONTES:

· Peter Jackson Holme´s Programme interview 11/12/00 (primeira divulgação)

· AICN Set Report 12/14/00 (detalhes)

CREDIBILIDADE: 5/5

Os Capitães do Oeste se Reúnem nos Salões de Denethor

FILMES: Aragorn, Gandalf, Éomer e Legolas se reúnem no salão de Denethor depois das batalha dos Campos de Pelennor.

LIVRO: A reunião acontece no acampamento de Aragorn, fora da cidade, e é Gandalf que sugere o artifício para retirar as tropas de Mordor.

PRÓ: Essa mudança impede que se desperdice tempo do filme explicando o acampamento de Aragorn fora da cidade. Aragorn propor os planos ajuda a mostrar para a audiência que ele está assumindo mais o papel de líder.

CONTRA: Essa mudança é uma invenção dos roteiristas e não representa o trabalho de Tolkien

· FONTES: AICN Set Report 12/21/00 (detalhes)

CREDIBILIDADE: 2/5

Aragorn Usa o Palantír no Salão de Denethor

FILMES: Aragorn se revela a Sauron usando o Palantír no salão de Denethor para enganar e induzir Sauron a mandar suas tropas para fora de Mordor.

LIVROS: Aragorn faz isso, usando o Palantír de Orthanc, antes de deixar o Forte da Trombeta.

PRÓ: Aragorn usar o palantír e desafiar o Senhor do Escuro nesse ponto da história ajuda a explicar para a audiência porquê Sauron começou a tirar suas tropas de Mordor, o que permitiu que Frodo e Sam passassem mais facilmente.

CONTRA: Essa mudança é uma invenção dos roteiristas e tira tempo das cenas que Tolkien realmente escreveu.

FONTES:

· AICN Set Report 12/21/00 (detalhes)

CREDIBILIDADE: 2/5

Merry no Portão Negro

FILMES: Merry aparece na cena do Portão Negro, quando os Capitães do Oeste desafiam as forças de Sauron.

LIVROS: Merry permanece nas Casas de Cura.

PRÓ: Impede que a audiência fique imaginando onde está Merry durante um bom tempo de filme.

CONTRA: Essa mudança é uma invenção dos roteiristas e não representa o trabalho de Tolkien.

· FONTES: TORN Spy Report 5/3/00 (primeira divulgação)

CREDIBILIDADE: 0/5

Um Anel Machuca Frodo

FILMES: A corrente do Anel corta o pescoço de Frodo devido ao “aumento” do peso do Um, a medida que eles se aproximam da Montanha da Perdição.

LIVROS: O Anel não machuca Frodo fisicamente.

PRÓ: Esse é um jeito de dramatizar visualmente o peso e tormento crescentes do Anel.

CONTRA: A mudança é ruim.

FONTES:

· E! Online On
Location
5/1/00 (primeira divulgação)

· AICN Set Report 12/15/00 (detalhes)

CREDIBILIDADE: 3/5

Frodo Acorda nas Casas de Cura

FILMES: Frodo acorda nas Casas de Cura, após ser resgatado da Montanha da Perdição, cercado por todos os membros sobreviventes da Sociedade.

LIVROS: Frodo acorda no acampamento de Aragorn em Ithilien. Depois, Sam acorda e eles se encontram com Pippin e Merry mais tarde, em Minas Tirith.

PRÓ: Essa mudança poupa o tempo que seria gasto para explicar o acampamento de Aragorn em Ithilien.

CONTRA: Essa mudança é uma invenção dos roteiristas e não representa o Trabalho de Tolkien.

FONTES:

· AICN Set Report 12/15/00 (primeira divulgação)

· Tol Galen Set Report 1/10/01 (confirmação)

· Tol Galen Set Report 1/22/01 (detalhes)

CREDIBILIDADE: 4/5

Arwen Aparece na Coroação de Aragorn

FILMES: Arwen está presente durante a coroação de Aragorn.

LIVROS: Arwen e o resto do séquito élfico só chegam dois meses depois da coroação.

PRÓ: Combinar a coroação e casamento de Aragorn é um jeito eficiente de poupar tempo de filme.

CONTRA: O roteiro exigiria diálogos extras escritos pelos produtores e não por Tolkien.

FONTES:

· AICN Set Report 12/20/00 (primeira divulgação)

CREDIBILIDADE: 2/5

O Expurgo do Condado Cortado

FILMES: O último filme não mostra os eventos relatados no capítulo “O Expurgo do Condado”. Porém, a seqüência do Espelho de Galadriel no primeiro filme, na qual Frodo vê cenas do Condado destruído, seja uma homenagem ao capítulo.

LIVROS: O Expurgo foi um evento real, instigado por Saruman, que ocorreu quando os Hobbits retornavam ao Condado após completar a Demanda.

PRÓ: De acordo com a roteirista Philippa Boyens: “Infelizmente, por mais brilhante e maravilhoso que o esse capítulo seja, não é algo que nós acreditamos que o filme possa sustentar. Você não pode mostrar o clímax que seus personagens empenharam-se para alcançar por três filmes e depois começar a história de novo e colocar um episódio final. Uma platéia de cinema simplesmente não aceitaria isso”.

CONTRA: O Expurgo, em sua totalidade, é a coda [período musical, vivo e brilhante, que termina a execução de um trecho] da história e é vital para demonstrar como os hobbits cresceram em coragem e sabedoria durante o curso de suas aventuras.

FONTES:

· AICN Set Report 12/17/00 (primeira divulgação)

· Tol Galen Q&A 1/5/01 (confirmação)

· Special On-Set Effect Coordinator Richie Cordobes Interview (confirmação)

· Leonides Tolkien-Movies messageboard post 4/5/01 (confirmação – Ted Sandyman)

· Scr(i)pt Magazine – Entrvista de Fran Walsh / Philippa Boyens 01/11/01 (confirmação)

· AICN Peter Jackson interview 2/22/02 (confirmação)

CREDIBILIDADE: 5/5

Morte de Aragorn e Arwen

FILMES: O Retorno do Rei termina com um discurso final de Frodo (apenas sua voz) e um epílogo mostrando a morte de Aragorn em Gondor seguida pela morte de Arwen em Lothlórien.

LIVROS: Esses eventos são contados nos apêndices e não por Frodo na forma de diálogos.

PRÓ: Essas cenas ajudam a fechar a participação de Aragorn e Arwen na história.

CONTRA: O Roteiro exigiria diálogos extras escritos pelos produtores e não por Tolkien.

FONTES:

· First FOTR Teaser Trailer 12/19/00 (primeira divulgação, evidência fotográfica)

· Flaunt Magazine interview (3/20/01) (confirmação)

· Leonides Tolkien-Movies messageboard post 3/31/01 (confirmação)

· Jersey Tolkien Online messageboard post 4/13/01 (confirmação)

· TORN Preview Footage Review 9/5/01 (detalhes)

CREDIBILIDADE: 5/5

[Tradução de Nénar]