Pelos Cabelos de Legolas!!!

Esse é o tipo de discussão que os fãs ferrenhos adoram, os fãs mais
convencionais acham estranha e talvez desnecessária e quem vê de fora
acha absurda: mas, afinal, qual a cor dos cabelos de Legolas?
 
 
 
Se você quer uma resposta rápida e parar de ler por aqui, lá vai (pode
decorar se quiser): “impossível dizer com certeza, mas é mais provável
que fossem escuros”.
Continua por aqui? Bom, então vamos nos entranhar
em citações, conjunturas e outras análises. Antes de mais nada
precisamos esclarecer o por quê da questão ser tão confusa, que é o
fato de termos informações contraditórias sobre cores de cabelo. No “O
Hobbit” (ô livrinho pra criar problemas…) temos a seguinta frase:
 
“… e na cabeceira de uma longa fila de
pessoas sentava-se um rei da floresta com uma coroa de folhas sobre os
cabelos dourados…”
(Moscas e Aranhas, O Hobbit)
 

Ou seja, o cabelo do rei da floresta era dourado. E temos no SdA:

 
“… e de uma moite de árvores saiu um elfo,
vestido de cinza, mas com o capuz jogado pra trás. Seu cabelo reluzia
como ouro ao sol matinal.”
(Lothlórien, SdA)
 
O maldito cabelo do Elfo ṇo-nomeado Рṇo, ṇo ̩
Haldir – “brilhou como ouro sob o sol da manhã”. Sim, você quer saber o
motivo do “maldito”? Explico. Olha esse trecho do Apêndice do SdA:
 

“Eram altos, de pele clara e olhos cinzentos, porém seus cabelos eram escuros, exceto na casa dourada de Finarfin;”
(SdA, Apêndice F)

 
Tá explicado? Dois trechos são complicados e
mutuamente exclusivos, a menos que exista algum descendente bastardo de
Finarfin vagando incógnito pela Terra-média, deixando uma linhagem de
Elfos de cabelos dourados. Existe essa possibilidade?
 
Não. Finarfin é o terceiro filho de Finwë e como
Feanor, o primogênito de Finwë, já nascera em Aman, Finarfin também
nasceu, portanto a única possibilidade de alguém da linhagem de
Finarfin ter ido para a Terra-média seria o Exílio dos Noldor. Os
filhos de Finarfin de Fato foram ao Exílio: Finrod, Orodreth, Angrod,
Aegnor e Galadriel. Finrod morreu sem jamais ter se casado, em
Tol-in-Gaurhoth, defendendo Beren. Orodreth teve dois filhos, Finduilas
- que morreu sem que Túrin conseguisse salvá-la – e Haldir, também
morto pelos Orcs, e a linhagem de Orodreth na Terra-média não deixa
descendentes. Angrod e Aegnor morreram sem descendentes na Dagor
Bragollach. Galadriel casou-se com Celeborn e teve uma filha,
Celebrían, que se casou com Elrond e teve três filhos de cabelos
negros. E como Tolkien não é nada afeito a “aventuras fora do
casamento”, podemos afirmar que não existiam descendentes de Finarfin
vagando na Terra-média após a Primeira Era, exceto Galadriel, mas essa
estava casada com Celeborn.
 
Caramba, se apenas os descendentes de Finarfin
eram “dourados” e não existiam descendentes de Finarfin na Terra-média,
de onde diabos apareceram esses Elfos amarelos aí? Alguém poderia dizer
que seria de um Vanyar que se tornara Avar, mas o “Quendi e Eldar” do
HoME 11 diz claramente que nenhum dos Vanyar se tornou Avari. Também
sabemos que nenhum dos Vanyar pisou novamente na Terra-média com
excessão da Guerra da Ira.
 
Vamos ver o que sabemos de Legolas: ele era filho
de Thranduil, que era filho de Oropher. É dito que Oropher era um Sinda
e como ele não aparece em nenhum dos contos da Primeira Era, ou era
muito jovem ou nasceu na primeira metade da Segunda Era. Por volta do
ano 1000 da Segunda Era alguns Sindar (Celeborn incluso) foram para
leste para procurar novos reinos, Oropher deve ter sido um deles.
Também é dito que Oropher morreu nas Batalhas da Última Aliança. Bom,
então sabemos que Legolas era neto de um Elfo Sinda, e o que sabemos
dos cabelos dos Sindar?
 
“Elwë possuía de fato um longo e belo cabelo de
tonalidade prateada, mas esta não aparece ter sido uma característica
comum entre os Sindar, embora fosse encontrada entre eles
ocasionalmente, especialmente entre os parentes próximos ou remotos de
Elwë (como no caso de Círdan). Em geral os Sindar pareciam bastante com
os Exilados, tendo cabelos escuros, sendo fortes e altos mas ágeis.”
(Quendi and Eldar, HoME 11)
 
Legolas aparentemente não era da linhagem de Elwë,
pois Celeborn (ou Galadriel) não se refere a ele como parente. Fica
difícil afirmar que Legolas teria cabelo prateado, ou seja, deveria ter
cabelos escuros. Mais uma pequena citação do SdA parece apoiar essa
teoria:
 
“Frodo levantou oslhos para o elfo que se
erguia imponente acima dele, observando a noite e procurando um alvo
onde pudesse mirar. A cabeça escura estava coroada pelas estrelas
brancas que reluziam contra os lagos escuros do céu.”
(O Grande Rio, SdA)
 
Outra afirmação, embora circunstancial, apoiando a
tese de um Legolas de cabelos escuros/negros é que Tolkien sempre
enfatizou a cor dos cabelos dos personagens caso estes fossem prateados
ou dourados. E ele não o faz no caso de Legolas.
 
No final das contas, apesar da citação dO Hobbit e
aquela frase estranha no SdA, fica difícil sustentar a existência de
Elfos loiros na Terra-média. Todo o problema parece advir de uma
“mistura de versões” em versões antigas e descartas (rascunhos do SdA),
a citação do Apêndice F se aplicava apenas aos Noldor, o que nos leva a
concluir que em alguma fase primária das mitologias Tolkienianas ele
poderia ter cogitado sobre Elfos loiros fora dos Vanyar e da Casa de
Finarfin, e isso pode ter passado em alguns resquícios nO Hobbit e SdA
- assim como o nome “Glorfindel”, para o qual ele teve que buscar uma
explica̤̣o, afinal Glorfindel tinha morrido na primeira Era Рmas que
não se encixam noâmbito maior e mais coeso das versões mais tardias da
mitologia Tolkieniana.
 
Trocando pra miúdos, o que fica sobre Legolas? Que
é difícil afirmar, temos afirmações pró e contra cabelos loiros, mas se
tivessem perguntado a Tolkien enquanto ele estivesse vivo, eu apostava
dérreal como ele diria “negros”.

Comentários

  1. Fábio, os seus textos são excelentes, mas acontece alguma coisa com eles quando vc os coloca aqui no Valinor, que se enchem de caracteres estranhos em toda letra acentuada ou típica da língua portuguesa.

    Sem nenhuma intenção de crítica, tomei a liberdade de acertar o texto:

    ===============================================================================

    Esse é o tipo de discussão que os fãs ferrenhos adoram, os fãs mais convencionais acham estranha e talvez desnecessária e quem vê de fora acha absurda: mas, afinal, qual a cor dos cabelos de Legolas?

    Se você quer uma resposta rápida e parar de ler por aqui, lá vai (pode decorar se quiser): “impossível dizer com certeza, mas é mais provável que fossem escuros”.

    Continua por aqui? Bom, então vamos nos entranhar em citações, conjunturas e outras análises. Antes de mais nada precisamos esclarecer o por quê da questão ser tão confusa, que é o fato de termos informações contraditórias sobre cores de cabelo. No “O Hobbit” (Ó livrinho pra criar problemas…) temos a seguinte frase:
    “… e na cabeceira de uma longa fila de pessoas sentava-se um rei da floresta com uma coroa de folhas sobre os cabelos dourados…” (Moscas e Aranhas, O Hobbit)

    Ou seja, o cabelo do rei da floresta era dourado. E temos no SdA:

    “… e de uma moita de árvores saiu um elfo, vestido de cinza, mas com o capuz jogado pra trás. Seu cabelo reluzia como ouro ao sol matinal.” (Lothlórien, SdA)

    O maldito cabelo do Elfo não nomeado – não, não é Haldir – “brilhou como ouro sob o sol da manhã”. Sim, você quer saber o motivo do “maldito”? Explico. Olha esse trecho do Apêndice do SdA:

    “Eram altos, de pele clara e olhos cinzentos, porém seus cabelos eram escuros, exceto na casa dourada de Finarfin;” (SdA, Apêndice F)

    Tá explicado? Dois trechos são complicados e mutuamente exclusivos, a menos que exista algum descendente bastardo de Finarfin vagando incógnito pela Terra-média, deixando uma linhagem de Elfos de cabelos dourados. Existe essa possibilidade?

    Não. Finarfin é o terceiro filho de Finwë e como Feanor, o primogênito de Finwë, já nascera em Aman, Finarfin também nasceu, portanto a única possibilidade de alguém da linhagem de Finarfin ter ido para a Terra-média seria o Exílio dos Noldor. Os filhos de Finarfin de fato foram ao Exílio: Finrod, Orodreth, Angrod, Aegnor e Galadriel. Finrod morreu sem jamais ter se casado, em Tol-in-Gaurhoth, defendendo Beren. Orodreth teve dois filhos, Finduilas – que morreu sem que Túrin conseguisse salvá-la – e Haldir, também morto pelos Orcs, e a linhagem de Orodreth na Terra-média não deixa descendentes. Angrod e Aegnor morreram sem descendentes na Dagor Bragollach. Galadriel casou-se com Celeborn e teve uma filha, Celebrían, que se casou com Elrond e teve três filhos de cabelos negros. E como Tolkien não é nada afeito a “aventuras fora do casamento”, podemos afirmar que não existiam descendentes de Finarfin vagando na Terra-média após a Primeira Era, exceto Galadriel, mas essa estava casada com Celeborn.

    Caramba, se apenas os descendentes de Finarfin eram “dourados” e não existiam descendentes de Finarfin na Terra-média, de onde diabos apareceram esses Elfos amarelos aí? Alguém poderia dizer que seria de um Vanyar que se tornara Avar, mas o “Quendi e Eldar” do HoME 11 diz claramente que nenhum dos Vanyar se tornou Avari. Também sabemos que nenhum dos Vanyar pisou novamente na Terra-média com exceção da Guerra da Ira.

    Vamos ver o que sabemos de Legolas: ele era filho de Thranduil, que era filho de Oropher. É dito que Oropher era um Sinda e como ele não aparece em nenhum dos contos da Primeira Era, ou era muito jovem ou nasceu na primeira metade da Segunda Era. Por volta do ano 1000 da Segunda Era alguns Sindar (Celeborn incluso) foram para leste para procurar novos reinos, Oropher deve ter sido um deles.

    Também é dito que Oropher morreu nas Batalhas da Última Aliança. Bom, então sabemos que Legolas era neto de um Elfo Sinda, e o que sabemos dos cabelos dos Sindar?

    “Elwë possuía de fato um longo e belo cabelo de tonalidade prateada, mas esta não aparece ter sido uma característica comum entre os Sindar, embora fosse encontrada entre eles ocasionalmente, especialmente entre os parentes próximos ou remotos de Elwë (como no caso de Círdan). Em geral os Sindar pareciam bastante com os Exilados, tendo cabelos escuros, sendo fortes e altos, mas ágeis.” (Quendi and Eldar, HoME 11)

    Legolas aparentemente não era da linhagem de Elwë, pois Celeborn (ou Galadriel) não se refere a ele como parente. Fica difícil afirmar que Legolas teria cabelo prateado, ou seja, deveria ter cabelos escuros. Mais uma pequena citação do SdA parece apoiar essa teoria:

    “Frodo levantou os olhos para o elfo que se erguia imponente acima dele, observando a noite e procurando um alvo onde pudesse mirar. A cabeça escura estava coroada pelas estrelas brancas que reluziam contra os lagos escuros do céu.” (O Grande Rio, SdA)

    Outra afirmação, embora circunstancial, apoiando a tese de um Legolas de cabelos escuros/negros é que Tolkien sempre enfatizou a cor dos cabelos dos personagens caso estes fossem prateados ou dourados. E ele não o faz no caso de Legolas.

    No final das contas, apesar da citação d’O Hobbit e aquela frase estranha no SdA, fica difícil sustentar a existência de Elfos loiros na Terra-média. Todo o problema parece advir de uma “mistura de versões” em versões antigas e descartadas (rascunhos do SdA), a citação do Apêndice F se aplicava apenas aos Noldor, o que nos leva a concluir que em alguma fase primária das mitologias Tolkienianas ele poderia ter cogitado sobre Elfos loiros fora dos Vanyar e da Casa de Finarfin, e isso pode ter passado em alguns resquícios n’O Hobbit e SdA – assim como o nome “Glorfindel”, para o qual ele teve que buscar uma explicação, afinal Glorfindel tinha morrido na primeira Era – mas que não se encaixam no âmbito maior e mais coeso das versões mais tardias da mitologia Tolkieniana.

    Trocando em miúdos, o que fica sobre Legolas? Que é difícil afirmar, temos afirmações pró e contra cabelos loiros, mas se tivessem perguntado a Tolkien enquanto ele estivesse vivo, eu apostava ‘dérreal’ como ele diria “negros”.

    ===========================================================================

    Abraço