legolas

Legolas

Decidi fazer um desafio a mim mesmo e escrever algo a respeito de Legolas, que não tivesse sido dito antes. Parece haver muitas curiosidades acerca desse Elfo. As pessoas querem saber todo tipo de coisas a seu respeito, como a cor de seus cabelos, quem era sua mãe, quando ele nasceu, se ele estava presente na Batalha dos Cinco Exércitos.

Se alguém fosse produzir uma série de TV baseada na Companhia do Anel [a Companhia, não o livro], eles teriam de inventar sua própria história de Legolas. A inevitável exploração do background de cada personagem resultaria em episódios onde Gandalf primeiramente descobre que a Terra Média é perigosa mesmo para os Maiar [digamos, dentro de um ano após ele sair do barco]; onde Aragorn rastreia seu primeiro Orc; onde Gimli aprende a lidar com o fato de ser o filho de Glóin; onde Frodo se lembra do dia em que seus pais se afogaram; onde Pippin observa sua irmã Pearl levar Lalia the Fat para seu último raio de sol; onde Merry entra na Velha Floresta pela primeira vez; onde Sam brinca com Rosie Cotton e os irmãos dela, e quando se dá conta de que a ama, e onde Boromir tenta aceitar o fato de que nunca será Rei de Gondor.Quais seriam os conflitos passados de Legolas? Que tipo de experiência teria um Elfo das Florestas, imortal, para ajudar a definir o caráter de Legolas conforme ele se revelava à Companhia? Há na realidade apenas um momento de dúvida para Legolas na história que Tolkien nos contou, e foi quando ele reconheceu o Balrog. Isso não quer dizer que Legolas tivesse sempre certeza quanto ao que fazer. À maneira típica dos elfos, ele não dá um conselho claro a Aragorn sobre o que fazer quando eles e Gimli estão perseguindo os Orcs que haviam capturado Merry e Pippin. “Meu coração manda seguir em frente,” ele diz. “Mas devemos permanecer juntos. Eu seguirei seu conselho.”O momento de hesitação de Legolas ante o Balrog foi um evento definitivo. Ele entrou em pânico; reconheceu o Balrog pelo que ele realmente era e perdeu a coragem. “Ai! Ai!” gemeu Legolas. “Um Balrog! Um Balrog está vindo!” Ele deixou sua flecha cair no chão ao invés de atirar na coisa. Porém, o encontro pode tê-lo preparado melhor para confrontar o Nazgul alado sobre o Anduin. Legolas tinha pulado sobre o banco e armado uma flecha, procurando um alvo. “Elbereth Gilthoniel!” Ele gritou quando sentiu a aproximação do Nazgul alado. Ele estava assustado e movido pelo medo, mas agora tinha maior coragem.Tal crescimento no caráter de Legolas é bom, mas me lembra de uma premissa tola [engraçada] que foi atribuída ao Tenente Comandante Data na história de “Encounter at Farpoint”. Supostamente, ele estaria servindo à Frota Estelar por coisa de 27 anos; em todo esse tempo, ele não aprendeu virtualmente nada sobre os humanos e suas emoções. O que eles fizeram, designaram-no para servir apenas Vulcanos até que o Capitão Picard o recrutou para a Enterprise?Legolas refere-se a seus companheiros como crianças, e quando ele, Gimli, Aragorn, e Gandalf estão se aproximando de Meduseld, diz que as folhas haviam caído quinhentas vezes em Mirkwood desde que os Rohirrim vieram do norte. Ele também faz esse comentário soar como se ele próprio tivesse vivido por todos estes quinhentos anos. Em outro trecho, ele diz que já havia visto muitas nozes crescerem e morrerem como um carvalho muito velho. Em se tratando de elfos, Legolas provavelmente não é antigo, mas ele parece ter já uma certa idade. E ainda assim, Lórien é um lugar misterioso para ele; Legolas jamais estivera lá. Parece estranho que ele não saiba nada sobre uma terra dos Elfos da Floresta.

Assim, podemos sugerir que Legolas talvez tenha nascido depois que seu pai deixou as Emyn Duir [as Montanhas de Mirkwood] e liderou seu povo para o Norte para fixar-se ao longo do Rio da Floresta. Isso teria sido logo depois de que Sauron se reergueu e estabeleceu-se na colina de Amon Lanc, construindo a fortaleza de Dol Guldur. E ainda assim, uma das inconsistências peculiares da personagem de Legolas é que ele conhece a Balada de Nimrodel. A balada em si tinha de ter sido composta algum tempo depois de 1981, o ano em que Nimrodel e Amroth deixaram Lórien. Quem a escreveu? Como a história chegou a Mirkwood de modo que Legolas pudesse aprendê-la?

A explicação mais cabível parece ser que durante a ausência de Sauron de Dol Guldur [os anos da Paz Vigilante, TA 2063 – 2460], os Elfos de Mirkwood saíram de seu país e viajaram até Gondor. A população de Calenardhon estava em declínio durante estes anos, mas Gondor ainda podia proteger o Anduin de seus inimigos. Celeborn e Galadriel subiram ao trono em Lórien depois da partida de Amroth, e pode ser que não tenham decretado sua política de segredo logo de início. Então alguns Elfos do povo de Thranduil pode de fato ter viajado a Lórien durante esses anos e aprendido a Balada. Legolas diz simplesmente: “Há muito que ninguém de meu povo retornou à terra por que passamos há eras atrás, mas ouvimos que Lórien ainda não foi desertada.”

É algo curioso de se dizer. De quem ouviram que a terra não estava desertada? Provavelmente do povo de Elrond, e Legolas aparentemente aprendeu a tradução Westron da balada em Rivendell. Então, parece que ele era jovem o bastante para nunca ter estado em Lórien, e nem mesmo se aproxinado de lá enquanto seus habitantes ainda eram ativos no resto do mundo. Pode ser, assim sendo, que Legolas tenha nascido durante a Paz Vigilante, e talvez perto de seu fim. Assim, ele seria relativamente velho, mesmo comparado com os vividos Gimli e Aragorn.

E novamente Tolkien coloca uma aparente inconsistência diante de nós. Quando Aragorn e Legolas discutem o aviso de Celeborn sobre a Floresta de Fangorn, Legolas declara não saber de nada, a não ser que antigas canções falam sobre os Onodrim, os Entes. Ele não viajou tão longe quanto Aragorn. Porém, mais tarde, quando adentram Fangorn em busca dos hobbits desaparecidos, Legolas diz: “Ela é velha, muito velha. Tanto que quase me sinto jovem novamente, como não me sentia desde que viajei com vocês, crianças.”

É um comentário bastante estranho para um Elfo que não tenha viajado muito. Mirkwood é uma floresta antiga por si só – mas Mirkwood, ao contrário de Fangorn, tornou-se o lar de criaturas que cortam árvores, abrem caminhos e outras coisas que retiram os anos de uma floresta. Elfos, Homens, Orcs, e mesmo as aranhas gigantes fazem de Mirkwood uma floresta muito diferente. Talvez Legolas estivesse experimentando o sentimento de maravilha que qualquer criança sentiria na primeira vez que visita o mundo lá fora.

Legolas pode ter ido a Rivendell mais de uma vez, pois ele parece se sentir familiarizado com o povo de Elrond. A jornada de Mirkwood a Rivendell não seria muito perigosa por muitos anos após a Batalha dos Cinco Exércitos [haja visto que a maioria dos Orcs das Montanhas Nebulosas foram mortos naquela batalha]. Algumas pessoas já questionaram se Legolas não seria um filho mais jovem de Thranduil; seu papel como mensageiro para Elrond, e mais tarde a permissão de Thranduil para que ele liderasse parte de seu povo para Gondor parece indicar que Legolas talvez não seja o herdeiro de seu pai. É claro que Thranduil pode ter apenas se curvado ao inevitável, a ponto de permitir que Elfos partissem para Gondor.

Se ele tivesse pouco mais de 500 anos na época da Guerra do Anel, Legolas teria vivido vários eventos significativos. Ele se lembraria da chegada de Smaug a Erebor, e da destruição dos reinos de Dale e Erebor. Ele se lembraria do Longo Inverno, e provavelmente teria sido um dos Lordes élficos defendendo Thranduil na Batalha dos Cinco Exércitos. Assim, ele teria conhecido alguns perigos e dificuldades, e seria perfeitamente capaz de cuidar de si mesmo. Ele parece enfrentar os Orcs muito bem em Parth Galen, e depois no Abismo de Helm, para mostrar que é um guerreiro formado; ele também ameaça a vida de Éomer em defesa de Gimli com a segurança de um veterano.

Como Tolkien não menciona Legolas nos escassos relatos da Guerra da Última Aliança, muitos parecem aceitar que ele tenha nascido na Terceira Era, mas pode soar radical para alguns afirmar que ele tenha provavelmente nascido no fim da Terceira Era, ou talvez até durante a Paz Vigilante. Porém, há um precedente para um Elfo “relativamente jovem” chegar à proeminência – quando os Noldor partiram em exílio, Turgon e sua esposa Elenwë provavelmenta não tinham filhos. Sua filha Idril ainda era uma criança quando Elenwë perdeu-se durante a travessia do Helcaraxë; portanto, Idril cresceu na Terra-média.

Orodreth também aparentemente nasceu e foi criado na Terra-média, filho de Angrod e uma Elfa Sindarin [de acordo com a última informação publicada em The Peoples of Middle-earth]. Os filhos de Orodreth eram Finduilas e Gil-galad que seriam ainda mais jovens durante a queda de Nargothrond do que Legolas parece ter sido durante a Guerra do Anel. Voronwë, amigo de Tuor, era filho de Aranwë dos Noldor e uma Elfa Sindarin aparentada de Círdan. E Maeglin, o filho de Eöl e Aredhel, contava apenas duas centenas de anos quando morreu na queda de Gondolin

Thranduil pode ter tido três ou quatro filhos, e Legolas pode muito bem ter sido o caçula da prole. Assim, para ele os eventos da Primeira Era e mesmo a história de Nimrodel e Amroth pareceriam distantes no tempo. Ele seria um estranho em Lórien, e devido aos perigos habitando a Terra-média ele pode não ter começado a se afastar do reino de seu pai antes da Batalha dos Cinco Exércitos. É possível que a Batalha dos Cinco Exércitos tenha sido o primeiro evento de impacto na carreira de Legolas.

Certamente quando o Rei Élfico dO Hobbit parte com seu exército ele não espera por uma batalha. Smaug estava morto e havia muito pouca gente para disputar o tesouro do dragão. Exceto pelo fato de que ele era um Rei em busca de um enorme tesouro de ouro e jóias, ele sequer sentiria a necessidade de um exército. Assim, faria sentido se levasse seu filho caçula com ele.

E depois de tudo isso, ainda temos dúvidas quanto a Legolas. Não podemos afirmar, infelizmente, certeza de nada a respeito de seu passado. Ele provavelmente conhecia Aragorn e Gandalf antes do Conselho de Elrond, mas não há sinal de reconhecimento. Ele provavelmente esteve em Dale e Erebor, mas ele e Gimli não parecem ter se conhecido antes do Conselho de Elrond. É claro, eles viajaram juntos por algumas semanas antes de começarem a se tornar amigos. Legolas parece ter feito os primeiros pasos de amizade quando tentou suavizar suas palavras sobre a história do Balrog na fronteira de Lórien.

É claro que Legolas também perdeu a paciência quando Gimli se recusou a entrar sozinho vendado em Lórien. Aquela foi a única vez em que Legolas jamais foi duro com alguém. Ele estava falando como um orgulhoso Príncipe Élfico ou como um jovem Lord Elfo que ainda não queimara todo o fogo de sua juventude? Legolas ainda tinha curiosidade sobre o mundo, seguindo Aragorn por todo o caminho até Gondor, buscando os caminhos secretos de Fangorn e se deixando envolver pela beleza de Aglarond.

Talvez muitos Elfos tivessem apreciado as vistas que Legolas encontrou  em sua jornada, mas há algo de jovem e revigorante na maneira com que ele olha para trás, aos espíritos seguindo a companhia de Aragorn: “…Legolas, voltando-se para falar a Gimli olhou para trás e o Anão viu diante de si o brilho nos olhos do Elfo….”

Há algo de brincalhão no modo com que Legolas se empenha em um jogo mortal com Gimli no Abismo de Helm. Alguém consegue imaginar Elrond fazendo apostas sobre Orcs no meio de uma séria batalha que decidiria o destino de Rohan? Ou Feanor nessa situação? Embora cheio de fúria como estava, no fim de sua vida ele ainda era o pai severo e controlador; qualquer jovialidade que tenha apresentado em sua juventude há muito tinha se acabado. Assim também foi quanto à jovialidade de Fingolfin, há muito afastada de si quando ele cavalgou para desafiar Morgoth para um duelo. E o Maedhros que repreendeu seus irmãos irados com risosquanto à cessão de Thingol de terras vazias aos Noldor, tornou-se um Lord austero e determinado que, ao término da Terceira Era, estava consumido pelo cansaço e pelo legado da culpa.

Legolas parece muito mais impetuoso quando ele e Gimli estão cavalgando através da massa de Huorns e Entes que salvaram Rohirrim no Abismo de Helm. Ele mal pode se conter enquanto cavalgam por entre as árvores e descobre olhos os observando; dá as costas para a estrada e começa a adentrar a estranha mata. Apenas o cuidado de Gandalf pode trazê-lo de volta de sua curiosa euforia Élfica. É difícil imaginar Celeborn ou Galadriel sendo tão tomados pela curiosidade a ponto de abandonarem sua missão para descobrir mais sobre os olhos na mata.

A personagem Legolas não é tão atraente quanto confusa. Creio que muitas pessoas se questionam a seu respeito porque ele parece um tremendo paradoxo, tão velho quanto jovem, sábio e inexplicavelmente ignorante quanto ao mundo que o cerca. Legolas é um súbito toque de juvetude Élfica no fim dos Dias Antigos. Pode ser que tenha havido poucos Elfos jovens na época, e essa pode ter sido a última grande aventura de um Elfo jovem na Terra-média. Quando Celeborn finalmente cruzou o Mar, Tolkien observa,a última memória viva dos Dias Antigos foi com ele. Mas quando Legolas construiu seu navio e partiu, pode ser que a última fagulha de juventude Élfica tenha desaparecido da Terra-média também.

Comentários

  1. ”Mas quando Legolas construiu seu navio e partiu, pode ser que a última fagulha de juventude Élfica tenha desaparecido da Terra-média também.” Chorei :/ Legolas é um dos meus personagens favoritos e, sempre que leio LOTR eu presto considerável atenção nele. Ele me encanta e deixa tantas dúvidas… Ah, é realmente triste pensar que a ” última fagulha de juventude Élfica tenha desaparecido da Terra-média”….eu tento pensar que, sei lá, ele voltou, encontrou um amor, se casou, algumas guerras aconteceram, ele lutou…coisas assim. Não posso pensar que ele simplesmente ”parou” de ser o elfo jovial de sempre, não penso nele assim.
    Enfim, adorei o seu post, muito bem escrito.

  2. Muito bom!!
    sempre tive muita curiosidade sobre o passado de Legolas,bom estou lendo O Senhor dos Aneis pela segunda vez e com certeza vou “ver” Legolas com outros olhos :D

  3. Orodreth também aparentemente nasceu e foi criado na Terra-média, filho de Angrod e uma Elfa Sindarin?
    filho do irmão mais novo?

  4. Amei o seu texto, está de parabéns mesmo, tenho mta curiosidade para conhecer mais sobre Legolas, mas é difícil achar, é um personagem misterioso que aflora nossa imaginação, é o meu preferido por sinal. Mais uma vez parabéns pelo texto, adorei.

  5. Amei aprender mais sobre este personagem incrivel,vc é um otimo escritor,começei a escreve um livro,mais parei por falta de tempo,ele iria se chamar Um Outro Conto do Anel onde Gandolf teria um aprendiz chamado Milo,o irmão de Boromir que iria com Aragog na jornada e a historia focaria mais nos elfos iria ter mais tres elfos na jornada chamados Delaware Lúcidos e Telressa haveria mais anão chamado Ragnar e Frodo,Sam,Pippy e Bore que levaria o anel a Mordor os elfos na Historia saberia interpretar o futuro pelas estrelas,teriam flautas mágicas e arco feitos especialmentes para Orcs.Minha irmã Evelyn me ajudoua costruir os personagens,minha mãe acha que não seria legal.

  6. Estudo os livros de J.R.R. Tolkien hà muito tempo, mas nunca vi uma pessoa se dedicar tanto assim. Você está de parabéns, tudo que escreveu bate com meus estudos e com o que esta no VALINOR.
    Estou tentando ter a permissão para escrever uma seqüencia depois de o Retorno do Rei, onde já se sabe que Farimir se casa com a filha do rei de hohan e o mais triste que Aragor morre e Awen fica por muitos tempo sozinha na floresta até morrer de tristeza e no esquecimento, nem sendo lembrada pelos homens nem pelos Elfos. Já Legolas fica na terra media até a morte Ginli e depois vai para a terra dos imortais. Valeu ver que existem muitas pessoas que adoram LEGOLAS GREENLEAF. Talvez ele estará de volta em Senhores do Tempo, como um para para Havenna Paravell uma guardiã dos portais do tempo e imortal como ele.
    Me responda se acha que vai ficar bom. Seria um bom conselho de alguém que conhece tão bem a nossa TERRA MEDIA.