Termina o processo de Saul Zaentz contra a New Line Cinema

Há um ano, o produtor veterano Saul Zaentz, 84 anos, abriu um processo contra a New Line Cinema, por [i]royalties [/i]não pagos nos film
 

Há um ano, o produtor veterano Saul Zaentz, 84 anos, abriu um processo contra a New Line Cinema, por [i]royalties [/i]não pagos nos filmes de "O Senhor dos Anéis". ([url="http://forum.valinor.com.br/showthread.php?t=28792"]Veja aqui a notícia publicada na época[/url])

Agora, Zaentz e o estúdio chegaram enfim a um acordo. Os valores não foram divulgados, mas Saul pedia US$ 20 milhões.

Trecho retirado do site [url="http://www.omelete.com.br/cinema/news/base_para_news.asp?artigo=14398"]Omelete[/url]:

[font=verdana,arial] [font=Verdana][/font] [QUOTE][font=Verdana][size=2]Para entender o caso, é necessário voltar ao final dos anos 70, quando Zaentz adquiriu os direitos de adaptação da obra de [b]J.R.R. Tolkien[/b]. Por mais de vinte anos, ele manteve a propriedade, até uma tentativa de negócio com a Miramax, em meados dos 90. O filme não saiu (no seu lugar Zaentz produziu o vencedor do Oscar [i]O Paciente Inglês[/i], outro fruto de batalha nos tribunais), mas o interesse da New Line logo apareceu. [/size][/font]

[font=Verdana][size=2] [font=Verdana][size=2]Curiosamente, o nome de Zaentz não aparece nos créditos da trilogia de [b]Peter Jackson[/b], somente os dos ex-irmãos Miramax, [b]Bob [/b]e [b]Harvey Weinstein[/b]. Ainda assim, o produtor fechou um contrato no qual receberia dividendos por ter cedido os direitos. Ganhou 168 milhões sem mover um dedo – e processou o estúdio em 2004 por uma falha nos cálculos de meros 20 milhões, pois deveria ter recebido um valor sobre os lucros brutos de [i]A Sociedade do Anel[/i] mas a New Line cedeu baseada na renda líquida.[/size][/font]

[/size][/font] [font=Verdana][size=2]Zaentz é bem esperto, sem dúvida, mas o fato é que a New Line já se habituou a passar a perna em seus colaboradores. A [i]Newsweek[/i] comentou em dezembro de 2003 que o elenco da trilogia envolveu-se numa disputa com o estúdio quando os bônus referentes ao segundo filme foram pagos. Embora [i]As Duas Torres[/i] tivesse obtido uma renda superior a [i]A Sociedade do Anel[/i], a bonificação era menor e chegava a menos atores. Sacanagem. Até o diretor foi tungado – e este é o atual problema na lista da New Line. Jackson e sua esposa e parceira, [b]Fran Walsh[/b], entraram com um processo em março alegando que não receberam repasses devidos das vendas de [i]home video[/i].[/size][/font][/QUOTE]

[/font]