Benedict Cumberbatch convenceu PJ de que poderia fazer os movimentos de Smaug

Valinor-Logo-2013-Benedict-Cumberbatch

O ator inglês Benedict Cumberbatch esteve recentemente nos EUA promovendo seu novo trabalho em Star Trek Into Darkness e falou à imprensa estadunidense sobre a criação do dragão Smaug, para o segundo filme de O Hobbit, de Peter Jackson.

Segundo o Hypable, Cumberbatch disse que ser capaz de retratar Smaug na franquia é uma grande oportunidade e foi como “fechar um ciclo”, porque a criatura icônica de J.R.R.Tolkien foi o primeiro dragão que ele conheceu quando criança.

“Meu pai lia o livro [O Hobbit] para mim, na hora de dormir, se eu tivesse me comportado. Se eu tivesse sido um bom menino, eu ganharia dois capítulos em vez de um ou talvez nenhum se eu tivesse sido malcriado.”

O ator tem uma visão detalhada de Smaug, e diz que as características humanas do dragão é que são seu ponto fraco e que colocam sua vida em risco, apesar de ele não se dar conta disso.

“Esta incrível, vaidosa, bonita e fantástica criatura mítica, com seu poder e fragilidade humana, e a sua vaidade, autopromoção e ego, são a sua própria autodestruição, na verdade, e não percebe que sua fraqueza e sua força são seu calcanhar de Aquiles, literalmente – isso me fascinou.”

Cumberbatch também contou uma história rápida de como acabou convencendo Peter Jackson de que ele poderia fazer a captura de movimento para animar o dragão, embora Jackson não precisasse disso (ou pensasse que não):

“[Peter Jackson] não tinha necessidade [da captura de movimento], mas ele me perguntou, ‘você quer fazer isso? ’ Respondi: ‘Com certeza, eu faço. Esse é o grande diferencial, tentarei trazer isso. ’ E ele: ‘Mas… ’ Eu disse: ‘Sei o que você vai dizer: sou um bípede e mamífero, não sou uma serpente com pequenas garras ou pernas. Eu não tenho uma cauda, não posso cuspir fogo ou voar, e tudo o mais que não faz de mim um dragão. Mas eu acho que em minha imaginação tenho algo que pode pelo menos levar a animação da Weta em uma direção. ’ E ele disse: ‘Venha e faça. ’”

No entanto, no primeiro filme, Uma Jornada Inesperada, Benedict Cumberbatch não foi necessário para fazer o pouco do que vemos de Smaug, mas seu nome aparece nos créditos do filme como o responsável pelo Necromante (uma aparição em forma de sombra e com uma única fala), papel que ele volta a desempenhar com mais destaque nos outros dois filmes ainda por vir - O Hobbit: Desolação de Smaug e O Hobbit: Lá e De Volta Outra Vez.

Já de acordo como o neozelandês 3News NZ, o ator inglês disse que se ressente de notícias divulgadas que  sugerem que ele simplesmente emprestou sua voz para o dragão Smaug e não levam em conta que ele teve horas de trabalho com a tecnologia de captura de movimento para trazer o personagem à vida. Cumberbatch quer deixar claro que ele não se sentou apenas em uma cabine de som para ler suas falas. Ele disse à revista New York:

“Foi divulgado que eu dei minha voz a Smaug, e eu pensei, ‘p*ta que pariu, é a minha voz, meus movimentos -. Trabalhei muito para criar esse dragão! ’”

Se o ator Andy Serkis pudesse comentar essa última declaração de Benedict Cumberbatch, ele diria: “Bem-vindo ao clube!”.

No ano passado, o ator que interpretou Gollum (além de King Kong, Caesar, Capitão Haddock, todos com captura de movimento) deu uma declaração parecida e demonstrou seu profundo ressentimento com a Academia, com a indústria do entretenimento e com uma parte da imprensa por não considerarem o trabalho na captura de movimento como atuar. “O problema é a forma como meu trabalho está sendo comentado. `Andy Serkis emprestou sua voz a´, `ou emprestou seus movimentos´ ou `deu as emoções a´. São tantas maneiras de enrolar e descrever o que, de fato, é atuação. Mesmo em Tintim ainda estou creditado em vários lugares como dublador. Eu vivi aquele personagem”, concluiu o ator.

Comentários

  1. […] Cumberbatch não apenas empresta sua voz aos dois personagens e vilões da história contada nos filmes, mas também faz todo o trabalho corporal necessário para dar vida a ambos, em especial Smaug. Por isso o ator se ressente quando é apenas creditado pela imprensa como “dublador”. “Foi divulgado que eu dei minha voz a Smaug, e eu pensei, ‘p*ta que pariu, é a minha voz, são meus movimentos -. Trabalhei pra caramba para criar esse dragão!’” Leia mais AQUI. […]

  2. O trailer Hobbit: Desolation of Smaug) pode ser
    lançado nos EUA junto com as cópias de
    ‘ Superman – O Homem de Aço ‘.
    Nos EUA, o filme estreia dia 14 de Junho
    (e em 12 de Julho no Brasil, um mês após
    a estreia norte-americana).
    Segundo o British Board of Film
    Classification, o vídeo tem 2 minutos e
    10 segundos de duração. fiquem ligado pessoal, e um mes de muitas expectativas

  3. Hobbit: Desolation of Smaug) pode ser
    lançado nos EUA junto com as cópias de
    ‘ Superman – O Homem de Aço ‘.
    Nos EUA, o filme estreia dia 14 de Junho
    (e em 12 de Julho no Brasil, um mês após
    a estreia norte-americana).
    Segundo o British Board of Film
    Classification, o vídeo tem 2 minutos e
    10 segundos de duração.