Debaixo da máscara de Thorin – entrevista com Richard Armitage!

Thorin-Armitage-Valinor-logo

Você já se perguntou o que seria necessário para fazer um homem considerado bonito se parecer com um anão?

Três horas na cadeira de maquiagem, dez rostos de teste, uma peruca, barba, alguns enchimentos almofadados em volta do corpo, oito semanas de treinamento anão e mais de um milhão e meio de dólares em próteses (o valor exato é de US$ 1,6 milhão).

Richard Armitage, que interpreta Thorin Escudo de Carvalho na adaptação de Peter Jackson – do livro O Hobbit de J.R.R. Tolkien – revelou ao australiano News.com.au o que o faz (e quanto custa) transformar-se em o legítimo Rei sob a Montanha.

“Bem, é a minha barba [verdadeira], que eu estou deixando crescer de novo para o próximo bloco de filmagens, o cabelo é uma peruca, e o que estranhamente muitas pessoas não percebem, mas a testa e as sobrancelhas e o nariz são todos próteses. Demora cerca de três horas para ficar pronto. Cerca de uma hora e meia para o rosto e 45 minutos para o cabelo. Se nós começarmos a filmar às 8:00, teríamos de estar na cadeira [de maquiagem] às 04:30 da manhã. Isso em mais de 270 dias de filmagens. “

“Cada peça [de prótese] tem um preço que faria você hesitar. Elas custam cerca de dois mil dólares cada uma e você só as usa uma vez, porque elas são muito delicadas, e no fim do dia você tem de jogá-las no lixo. Tive uma coleção de sobrancelhas de Thorin presas à parede; cada pelo da sobrancelha teve que ser colocado  à mão, e cada vez [que é colocado] tem que ser idêntico [a vez anterior], é uma obra de arte. Nosso artista prostético gastava uma noite toda colocando os pelos das sobrancelhas no molde, ele sendo tão meticuloso com isso como era. É todo um novo mundo de habilidades.”

Richard Armitage sendo preparado como Thorin
Richard Armitage sendo preparado como Thorin

Mas a verdadeira questão é: por que encobrir um nariz tão bonito em primeiro lugar? Já que foi ele, afinal, que inspirou incontáveis ​​páginas Tumblr, sites e blogs de fãs sobre essa parte de sua anatomia. Sobre isso, Armitage diz:

 “As pessoas realmente acham isso do meu nariz? Eu passei minha vida inteira odiando-o  e é engraçado ver como as pessoas gostam disso!”

 “Quando eles começaram a colocar um nariz grande em mim eu disse, ‘vocês tem certeza que eu realmente preciso disso? ‘ Eu poderia ter afastado essa ideia! Mas, curiosamente, no final do dia, eu puxava o nariz fora só para ver como ficava e meu nariz [verdadeiro] parecia tão pequeno, foi ótimo.”

Arte sobre o rosto do ator – The Hobbit: An Unexpected Journey Chronicles – Art & Design
Arte sobre o rosto do ator – The Hobbit: An Unexpected Journey Chronicles – Art & Design

Nariz e sobrancelhas à parte, o papel de Thorin é um pouco como um sonho para Armitage, que estava de olho no filme desde o início.

“Levaram muito tempo para tirar o filme do papel, eu me lembro de ver o processo todo e pensar, ‘Oh, eu realmente quero estar em O Hobbit’, mas simplesmente não parecia que ia acontecer. Mas, então, em 2010, eu estava em evidência, então tive muita sorte e consegui um papel.”

Ele compara entrar no personagem Thorin a “marinar algo – que lentamente ganha sabor”.

Comecei a ler o livro de novo, obviamente, eu tinha lido quando era criança, mas eu li de novo, e eu procurei por tudo que pudesse encontrar sobre anões. Quando cheguei à Nova Zelândia compartilhei minhas ideias com a equipe, e uma vez que colocamos os trajes juntos para descobrir como Thorin estava ficando, eu comecei a pensar sobre como ele poderia parecer, como ele ia caminhar, para começar a construí-lo.”

“Na verdade, tivemos um período de treinamento de oito semanas em que aprendemos a andar como anões. Foi um processo longo que provavelmente levou-nos a pensar que era fácil, mas agora eu tenho que voltar e começar a filmar de novo, e tenho certeza que estarei andando por aí e pensando, ‘não parecia tão difícil da última vez!’”

“Eu tive um dublê, eu tive um dublê em escala, eu tive um dublê para cavalgar… Meu dublê é um guerreiro muito melhor do que eu sou, mas até o final das filmagens ele meio que me treinou, portanto, podemos fazer os mesmos tipos de coisas agora. ”

“Algumas das grandes acrobacias, como onde Bilbo cai da montanha e Thorin tem que saltar lá embaixo e quase cai, eu fiz isso eu mesmo, porque meu dublê estava fazendo isso e me perguntou se eu queria tentar e ver como era. ‘Sim, sim, deixe-me tentar!’ E é interessante por causa de toda essa coisa de heróis e de atores fazendo suas próprias cenas de ação – Eu gosto de fazer isso, porque isso me faz entrar no personagem ainda mais, e isso significa que você já passou por tudo o que o personagem passou e você se sente mais perto dele . Não se trata de dizer ‘Oh, eu mesmo faço minhas próprias acrobacias’, trata-se de dizer ‘eu sou o personagem, eu luto como esse personagem e eu sinto como esse personagem.’”

O Hobbit: Uma Jornada Inesperada acaba de ser lançado em DVD e Blu-ray, e a produção dos próximos dois filmes ainda está muito em segredo, com suspeitas de dez semanas de filmagens ainda a serem feitas. Mas Armitage não releva muito daquilo que o deixa ansioso para ver nos filmes .

“O personagem que eu mais gosto no livro é o Bard, estou animado por ele entrar no jogo”, disse ele.

“Eu realmente quero ver o Reino da Floresta. Eu vi vislumbres dele em termos do que eles construíram no set, parece incrível e a Floresta das Trevas, eu mal posso esperar para ver como ela ficou [no filme], eu acho que vai ser psicodélico. Definitivamente vai ser algo interessante ver o que Peter vai fazer com eles, mas eu não posso lhe falar sobre isso. Todos nós vamos ter que ficar na expectativa”, conclui.

Comentários

  1. Muito bom!! mal posso esperar por dezembro!!

    Tenho uma dúvida quanto ao primeiro filme:
    Pq os orcs batedores podiam andar sobre o Sol?

  2. na sociedade do anel eu lembro do Elrond falando que orcs ‘raramente’ andam sob o sol, o que deve indicar que eles devem ser muito sensíveis, mas devem arriscar às vezes se for por um curto periodo de tempo e estiverem em condições. Eu lembro que pensei isso tbem, mas se prestar atençao no filme eles só voltam a falar com Azog muito tempo depois e de noite, o que significa que devem ter ficado escondidos em alguma floresta ou algum outro lugar enquanto ainda não anoitecia. Em As duas torres (versao extendida) tem uns orcs q ficam escondidos nas rochas do Emyn Muil esperando pelos Uruk-hai. Ou então sei la…. eles usam Sundown fator 149

    1. Foi estranho aquilo, Peter sabe disso; os orcs do retorno do Rei mesmo não atacam Minas Tirith enquanto a sombra nao chega na cidade.

  3. mudando de assunto…. alguém acha que o Bard aprendeu a ser o super arqueiro fodão com o Legolas? Vi as foto dos dois juntos e só pensei …. PJ…. seu sacana/gênio ….

  4. Tomara que eles lancem a versão estendida de “O hobbit”, igual o q aconteceu com O senhor dos Anéis…