Elenco diz que “A Desolação de Smaug” será mais sombrio

Gandalf em High Fells, a tumba dos Nazgûl – “A Desolação de Smaug”.

Gandalf em High Fells, a tumba dos Nazgûl – “A Desolação de Smaug”.

Como toda boa trilogia, O Hobbit parece que seguirá caminhos mais escuros em sua sequência, assim como a clássica trilogia Star Wars e, claro, O Senhor dos Anéis. O Hobbit: Uma Jornada Inesperada teve seu quinhão de comédia graças, sobretudo, a 13 anões, mas o elenco espera que sua sequência, A Desolação de Smaug, seja mais sombria.

Na campanha promocional para o DVD e BD de Uma Jornada Inesperada, as estrelas Richard Armitage, Andy Serkis e James Nesbitt disseram ao Yahoo! Movies UK o que esperam de A Desolação de Smaug.

“[A primeira parte do filme] estava tão recheada de humor e leveza, porque nos filmes dois e três… [a história] fica muito, muito mais escura”, diz o ator Richard Armitage, o Thorin Escudo de Carvalho.

 ”Ele começa bem leve e eu acho que ele vai ficar progressivamente mais perigoso e sombrio conforme Bilbo fica mais longe de casa e em mais perigo”, disse Andy Serkis, o Gollum. “Nós seremos capazes de sentir e notar isso. Como a missão dos anões se torna mais complicada e ameaçadora, isso terá mais peso.”

 O ator James Nesbitt, o anão Bofur, acha a diferença de tom no próximo filme uma parte natural da viagem.

 ”Ele começa com a inocência e a esperança”, disse o ator de 48 anos, “e eu acho que nós já vimos um pouco disso em ‘Uma Jornada Inesperada’, onde há medo, mas há Bilbo que representa muito disso. Mas eu acho que em ‘A Desolação de Smaug’ vai ficar mais escuro à medida que eles percorrem esse mundo.”

 O inglês Armitage também revelou um pouco sobre a relação de seu personagem com Bilbo, interpretado por um Martin Freeman de cabelos encaracolados, e disse que ela não só será a chave para a história, mas também a compreensão de seu próprio personagem.

 ”Ele aprende sobre si mesmo por meio de Bilbo”, disse Armitage. “Nós vamos ver o progresso [da relação entre eles] no filme dois, onde ela se desenvolve, e depois é destruída no filme três [‘O Hobbit: Lá e De Volta Outra Vez’]”.

“A relação sempre foi arqueando em uma determinada direção, criando uma conclusão dramática para o filme”, acrescentou. “Estamos dirigindo para um destino, quando Thorin pega Bilbo e é muito, muito violento com ele no final da história de Tolkien, no livro. Eu não estou fazendo um caminho diferente. Você tem que chegar a esse lugar de alguma forma … “

 O Hobbit: A Desolação de Smaug estreia mundialmente em 13 de dezembro de 2013.

Comentários

  1. Como que um nazgul que nunca morre tera um tumulo pra si e até tenha ressuscitado?
    A profecia de Glorfindel dizia q ele nunca morre e é até citado isso na trilogia do anel, então pra q o tumulo?

    1. Talvez seja só um tipo de “prisão” ou lugar onde os nazgul tenham ficado “hibernando” esperando Sauron chamá-los, não mortos de verdade. Mas realmente é estranho. Isso aí ainda tá confuso pra mim e espero que tenha uma explicação convincente no filme, pq eu sei que é invenção do PJ. Não tem nada disso nos livros que li: Senhor dos Anéis, Hobbit, Silmarillion e Contos Inacabados.

    2. a profecia dizia que “nao pela mao de um homem ele ha de morrer” no caso ele nao tava dizendo que ele era iamortal ou coisa do tipo,e nem que só uma mulher podia mata lo,a profecia dele ja tinha em mente que a eomy ia mata lo,

      1. Então vc acha q Eowin tinha matado ele 60 anos antes de SDA? por isso colocaram o Witch-king no tumulo?

        Nos livros esta bem claro q depois do ataque de Glorfindel ele fugiu para Mordor, isso passaria se nao fosse citado na adaptação a parte de q nenhum homem podia mata-lo.

        1. Gente.Resumindo,isso é só invenção do PJ.Nem adianta tentar entender.E ñ addianta se preocupar com datas no filme,afinal no filme 1 mostrou o conselho branco.Uma pequena incongruencia com datas,vcs ñ acham.!!.De qualquer forma esse filme foi feito em hollywod,logo nao se pode esperar um filme perfeito.Se quiser ver algo perfeito releia o livro.;)

          1. Depende, Francesco. O que vc quer dizer com incongruência com o Conselho Branco em relação a datas? Pq nos apêndices no fim do retorno do rei, na cronologia, no mesmo ano da viagem de Bilbo tem sim uma reunião do Conselho e é onde eles decidem atacar Dol Guldur. Sei que teve reuniões antes disso e mais uma depois, mas como aconteceu uma na época do Bilbo e o Anel, não tem tanta incogruência assim. Não diz que foi em Valfenda e menos ainda qdo Bilbo e anões passaram por lá, como tá no filme, mas tbm não diz onde foi. Então vc especula e coloca onde achar melhor pro andamento da história, por falta de informação oficial (apesar de nem sempre ser levada em conta pelo PJ heehheeheh).

  2. Também concordo com o Tedd, isso deve ser mais um estado de “hibernação” até que o Sauron recuperasse sua força o suficiente para tentar cobrir a Terra-Média com uma segunda escuridão. Mas fico tranquilo em relação a isso, PJ é fã o suficiente pra saber acrescentar algumas coisas sem que possa “destruir” o conto original. Não tenho dúvidas alguma de que A Desolação de Smaug será bem melhor que Uma Jornada Inesperada. Achei excelente o primeiro filme, porém, imagino que no segundo filme havéra a luta com as aranhas, o Beorn, toda a Jornada aterrorizante dentro da Floresta e os Elfos de Thranduill, o que me deixa realmente intrigado é o seguinte, será que a expulsão de Sauron/Necromante de Dol Guldur acontecerá já nesse segundo filme ? Porque entendo que se ele fizer isso poderá se concentrar na Batalha dos Cinco Exército no terceiro filme, imagino que de acordo com o título Smaug não aparecerá novamente correto ? A DESOLAÇÃO de Smaug, parece um título voltado bem mais para o estrago que Smaug fez na economia local em Valle e tudo mais do que propriamente a aparição e diálogo com Bilbo. De qualquer forma será um excelente filme, bem mais negro e parecido com o que foi O Senhor dos Anéis, tomara que Dol Guldur tenha mais destaque ainda, dessa forma o filme ficará sem dúvidas alguma mais emocionante. ;)

    1. Olha, eu revi nesse fim de semana o filme e reparei bem na conversa do Conselho Branco. Pela fala da Galadriel, o Rei-Bruxo morreu nas guerras do norte e foi enterrado nesse lugar, ele ainda era humano, apesar de servo do sauron já. Ela diz que os homens o enterraram qdo ele morreu e parece que a tumba foi selada com “magia”, daí ninguém que não fosse “mágico” poderia abri-la. Coisices do PJ…

  3. Além da questão do conselho, seria mais prudente matar o dragão no segundo ou deixar a morte dele pra 3º?? O q a galera acha?!!?
    Acho q a trilogia ficaria mais frenética com a morte dele o 2º, ja que é um climax bem chamativo … e fechar a trilogia sproveitando o climax da batalha dos 5 exércitos pro 3º filme.
    Se ele morrer no 3º ficaria um filme com muitos climax desnecessarios … seria muita ação e pouco conteúdo, um erro q os cineastas tentam evitar a todo custo.
    Eu torço para q o dragão acabe logo no segundo filme…

    1. É verdade, seria bem melhor mesmo, haveria tempo suficiente pra proporcionar a batalha frenética que o Andy Serkis disse que haverá no 3º filme. Acredito nesse caso que os pontos mais altos do 2º filme NESSE CASO seriam a expulsão de Sauron e a derrota de Smaug ?