A prévia de ‘O Hobbit: A Desolação de Smaug’!

Peter Jackson prometeu e cumpriu: apresentou hoje, para aqueles com o código de acesso encontrado em suas cópias do Blu-ray e DVD, uma prévia do que veremos no segundo filme de sua nova trilogia, O Hobbit: A Desolação de Smaug.

Thorin-Valinor.DesolaçãoSmaug

 

A prévia foi apresentada em vídeo para promover o Blu-ray do primeiro filme, Uma Jornada Inesperada. Nela, o diretor neozelandês mostra bastidores, novos personagens, arte conceitual e, entre outras coisas, uma cena já completa do filme. Claro, nem precisa dizer que há muitos SPOILERS no meio disso tudo. Alguns deles o site Omelete já nos adiantou em um relato do vídeo, como o spoiler abaixo.

[...]Jackson mostra cenas de bastidores e algumas artes conceituais, como a tortuosa Floresta das Trevas, e exibe uma cena de A Desolação de Smaug. Ela mostra Gandalf e Radagast dentro de um sepulcro vertical de pedra, subterrâneo, com tumbas marcadas por feitiços malignos. As grades estão arrebentadas e Radagast questiona quem poderia ter invadido as tumbas… E Gandalf responde que elas foram abertas por dentro. Todas as nove. Ele se refere, claro, aos nove Espectros do Anel. Tudo indica que a missão paralela de Gandalf contra o Necromante, apenas sugerida no livro, será mostrada mais detalhadamento no filme. Jackson diz no vídeo que o Necromante aparecerá no segundo filme.

Ou ainda:

[...] são mostrados diversos ângulos de cobertura filmados da cena em que Bilbo reclama do “passeio” dos barris, uma das cenas mais marcantes do livro (e que deve ser um dos pontos altos de A Desolação de Smaug). “Deixar o Bolsão foi meu primeiro erro. No Condado temos um velho ditado, que aprendemos desde o nascimento: ‘Nunca siga para o Leste’”, diz o hobbit. “Goblins, trolls, wargs, nada disso estava no contrato…” O interessante é que os barris – com os anões molhados depois da viagem pelo rio – estão sobre um barco que está sendo pilotado por Bard.

E isso:

Sobre Bard, Jackson diz que as intenções iniciais do arqueiro serão duvidosas. “Nós nos divertimos criando Bard, deixando a questão no princípio se ele é um mocinho ou um vilão”, diz.

Leia mais no relato do Omelete.

Certo, o vídeo também pode ser visto clicando aqui (até quando?), já que ele anda circulando na web de maneira irregular. Porém, e também de acordo com o Omelete, este vídeo estará online até o dia 24 de maio.

 Atualizado: E veja AQUI screenshots de algumas cenas e personagens do vídeo: Bard, Tauriel, Legolas e Thranduil, Senhor de Esgaroth e muito mais!

Comentários

    1. Num é o mesmo link que tem ali no final da notícia?/ Muito legal, mas acho que não é Dol Guldur não cara. Eu vi outro dia na livraria fnac um livro chamado The Hobbit Chronicles Design and Art, coisa assim acho, e lá tem esse lugar aí. Eles chamam de High Fells e é a tumba do Rei dos Bruxos e dos outros espectros.

    1. Não, gente, não é Smaug… Parece que o dragão do Sucker Punch. Fui na pressa achando que ‘ah, tô vendo o vazamento do século’ e logo quis compartilhar com o fandom… #Fail

  1. (“O dragão Smaug não aparece em NENHUM MOMENTO DO VÍDEO, exceto por um rugido no final !”)

    http://omelete.uol.com.br/hobbit/cinema/o-hobbit-desolacao-de-smaug-previa-do-segundo-filme/

    Omeleteiros publicaram, sendo assim, ele realmente não aparece. Devido a fonte ser de alta confiança, afinal é o site Omelete devemos crer que realmente não é ele né pessoal ;)

    FIlme Uma Jornada Inesperada simplesmente foda, A desolação de Smaug então nem se fala, louco pra ver o Gandalf e o Radagast juntos vendo os túmulos dos Nove.
    Vai ser simplesmente genial esse filme.
    E fica aqui minha opnião sobre outra coisa também, para compartilhar com os amantes da Terra-Média, os dados abaixo são de origem da Wikipédia pessoal.

    A renda total de Uma Jornada Inesperada chegou a altíssimos US$ 1.014.217.733.
    Ao passo que A merda de pi ( As Aventuras de Pi) arrecadou até o momento meros US$ 603.683.622 para uma “SUPERPRODUÇÃO” que levou nada mais nada menos do que 41 prêmios (entre o Oscar e outros).
    Não acrescentou absolutamente nada, afinal o filme vale mais pelos efeitos especiais do que pela história. Já o fodástico filme O Hobbit Uma Jornada Inesperada não levou prêmio algum. Isso é revoltante na minha opnião. A tendência é que, aqueles que não puderam assistir o primeiro filme no cinema, assistirão pela TV e ficarão abimados com o tamanho do filme. CONCERTEZA irão assistir A Desolação de Smaug no cinema, por consequência o filme deverá ficar com uma renda final BEM MAIOR que 2 bilhões de reais, quero ver a pressão exercida sobre a Academia do Oscar ! Se não for agora no segundo filme, fatalmente será no 3º. Mais cedo ou mais tarde eles terão que se render ao talento de PJ e premiar a saga ( ou pelo ou menos uma parte dela ) com as desejadas estatuetas ! FATO !

    1. Realmente foi sensacional o primeiro filme, MUITO mesmo !!
      Particularmente não me interesso pelas estatuetas, mas só pelo fato destas pessoas terem colocado a Terra Média na telona, espero que ganhem !! Seria como um presente dos fans que gostaram dos filmes !!

    2. você ta cento em tudo que disse mas o importante e que a gente goste do filme por que esse negocio de prêmios óscar e tudo politica

  2. Eu tive muita sorte….um amigo meu me passou o código do dvd que ele tinha comprado pro primo dele mas ele só ia entregar depois…ele me passou o código e eu assisti grande parte da prévia, só perdi o comecinho…foi sensasional!!!!!

  3. Será que fui só eu, ou mais alguém notou que há uma música que toca no filme, linda, com coral e tudo (mais especificamente na cena em que as águias resgatam eles das árvores em chamas e depois durante o voo delas sobre as montanhas) que não está inclusa nos cd’s da trilha sonora, nem na versão normal, nem na especial? Achei estranho isso, uma música linda daquelas, que remete a Trilogia do Anel e tudo, ficar de fora dos cd’s da trilha, sendo que tem duas versões ainda, a normal e a especial (com músicas bonus e estendidas). Senti falta daquela música. ;/

    1. Também senti falta dessa música, mas, e apesar de ser linda e ter deixado a cena “foda”, achei que foi um tremendo furo da produção colocá-la lá. Quando você sabe da história por trás da composição dessa música, você entende que ela não deveria estar lá. Ela foi composta para O Senhor dos Anéis, e você pode ouvi-la toda vez que os Nazgûl aparecem, ou seja, ela é o tema dos Nazgûl! Foi composta em Adûnaico, a língua falada em Númenor, para remeter à origem antiga de alguns desses espectros (2 deles são númenóreanos). Então, a música com o coral tem tudo a ver com os Espectros do Anel, mas nada a ver com aquela cena específica no fim do O Hobbit. A impressão que dá é que faltou composição ali e resolveram botar a que tinha. Má escolha nesse sentido, mas é uma ótima composição do mestre Howard Shore.

      1. Não, não, mas a música a qual tu se refere é a que toca na cena do Thorin indo em direção ao Azog, não? Essa eu reconheci mesmo como sendo muito parecida com a dos Nazgûl, mas essa música está inclusa na trilha do filme, no segundo cd e se chama “Out of the Frying-Pan”. ;) Eu me referi a que toca na cena das águias especificamente, a partir do momento em que elas surgem voando, e depois quando estão carregando os anões nas costas sobre as montanhas, até pousarem no rochedo. Essa música tem um coral meio parecido com o que toca todas as vezes em que elas aparecem na Trilogia do Anel, e ficou de fora do cd da trilha. Porém, curiosamente há uma música no cd chamada “A Good Omen”, que ao contrário dessa das águias, não foi colocada no filme, pois não a ouvi em momento algum, e no cd ela vem logo após a “Out of the Frying-Pan”, ou seja, parece que fizeram uma troca, puseram no filme uma música diferente na cena das águias, quando a que era pra estar lá era essa “A Good Omen”. Ficou muito confuso ou deu pra entender? kkk

        1. eu também senti falta desta incrível música!!!! eu fico reassistindo a cena só para ouvi-la!!!! Eu também achei desnecessária a música dos nasgul na cena do thorin….mas ao mesmo tempo gostei de ouvi-la nessa nova trilogia…não foi algo que me icomodou…

        2. Sim, você tem razão, Junior. Eu é que me confundi. A faixa referida não está no CD mesmo. Uma coisa bem estranha, ainda mais por nele existir uma que no filme não é tocada.

          1. Falando nisso a música da fuga dos anões das cavernas dos goblins também não consta nos cds…eu acompanhei o under hill do cd mais não é a mesma música, só é parecida…inclusive essa música que ficou faltando está no jogo Dwarf combat trainning no site do hobbit quando você tá esperando carregar o jogo ela fica tocando…

  4. Pessoal, tenho uma observação a fazer: Em “Uma Jornada Inesperada”, ainda no Bolsão, Gandalf simplesmente diz que pegou o mapa e a chave com Thrain, sem explicar como. No livro, senão me engano, é dito que o mago consegue esses objetos com o pai de Thorin quando ele estava à beira da morte em Dol Guldur. Voltando ao filme, quando Balin relembra a batalha por Moria, ocasião em Thror é morto, é dito que não se sabe o destino de Thrain. Não se sabe se foi morto ou preso. Como fica isso então? Se no segundo filme mostrar a cena entre Gandalf e Thrain em Dol Guldur, não poderá ter o lance do mapa e da chave. Sendo assim, em que momento o mago cinza pegou esse objetos com o pai de Thorin? Como será que Peter Jackson resolverá essa questão no filme? Abraço a todos!

    1. Na verdade o destino de thrain só era conhecido por Gandalf, acho que essa é uma cena ainda de uma jornada inesperada só que na versão estendida….provavelmente vai ser uma cena de gandalf se lembrando assim como a de balin…thrain deve ter conseguido a chave após a batalha de anazulbizar….estava louco pela perda do pai e tomado pelo poder do ultimo anel dos anões que ainda não tinha sido pego por sauron foi atraído para dol guldur…

    2. Ou também pode ser usado o mesmo artifício que foi usado em As Duas Torres, quando o Frodo tem o sonho onde é revelado o “destino” de Gandalf, pode ser que durante algum momento de A Desolação de Smaug, haja mais um flash (partindo da memória de Gandalf) onde será revelado o que houve entre Thrain e ele. Fico me perguntando essa mesma coisa, será que o PJ deixaria de fora da versão comum essa cena ? Afinal de contas a cena é importante. Mas PJ fez um excelente trabalho nessa primeira parte, muitos diziam que não daria certo e blá blá blá, o filme no fim saiu ótimo, sendo assim confio que o segundo filme será espetacular também !

  5. Num vejo a hora da estréia,com certeza vai ser mais um brilhante trabalho do Peter Jackson….o primeiro deixou uma excelente impressão..!