The Piano Guys: Uma Homenagem Musical a O Senhor dos Anéis

Já ouviu falar do The Piano Guys? Não?! Então agora você vai conhecer um pouco sobre essa dupla de músicos, que fez a belíssima homenagem musical a’O Senhor dos Anéis que você está prestes a ouvir.

Jon Schmidt (o “cara do piano”) e Steven Nelson (o “cara do cello”) ganharam relativa fama na internet com suas interpretações de canções famosas, divulgadas principalmente através de seu canal no Youtube. Tem canções para agradar qualquer um, e até aos mais nerds, como uma paródia caracterizada de Star Wars!

Mas dessa vez a dupla se superou. Aproveitando a conquista da milionésima (!) inscrição no canal, eles resolveram produzir uma música especial para os fãs, e justamente aquele que era o trabalho mais requisitado desde a criação do grupo: uma interpretação de O Senhor dos Anéis!

Todos os sons criados no vídeo que você pode conferir abaixo foram feitos no violoncelo, no piano e com texturas vocais. A gravação se deu num raio de 20 milhas no sul de Utah, sem o uso de qualquer tela verde (chroma key).

E não deixe de ler a mensagem dos músicos após o vídeo, contando sobre o processo de criação da mesma!

 

 

História por trás da música:

“Desde o começo do The Piano Guys, “O Senhor dos Anéis” foi nosso trabalho mais requisitado. Como alcançamos a marca de um milhão de assinantes, nós queríamos dedicar essa composição aos nossos fãs. Esse era um projeto intimidador – abranger o poder e a beleza dos vários temas musicais ao longo dos filmes; capturar a emoção e a natureza “épica” da história; e tudo com alguns poucos violoncelos, um piano e um par de Canons 5D Mark II. Nós normalmente escrevemos nossas harmonias durante curtos períodos de composição intensa – a maioria de nossas músicas foi escrita num período de poucos dias. Com essa foi diferente. Foi um processo de criação durante o qual estudamos a música de O Senhor dos Anéis, ponderamos quais temas incorporar, como eles poderiam contar a história pelo fluir de uma para a outra. Também gastamos muito tempo encontrando novas maneiras de imitar  instrumentos de várias seções da orquestra utilizando os violoncelos do Steve – da seção dos metais, passando pela seção dos sopros até a seção da percussão.

Nós amamos a história de O Senhor dos Anéis. É um conto que tem um significado espiritual para nós. Amamos suas mensagens – de que “mesmo a menor das pessoas pode mudar o curso do futuro”, de que “há o bem no mundo, e vale a pela lutar por ele”, “tudo que temos que decidir é o que fazer com o tempo que nos é dado”… e que todo mundo deveria ter um “segundo café da manhã”. Nós amamos a representação pungente da lealdade entre a Sociedade do Anel (nós até mesmo incluímos o tema da “Sociedade” três vezes – aos 0:18, 3:58 e no final do arranjo – para parecer um tema recorrente na música, como é na história). Nós queríamos pintar musicalmente essas mensagens de maneira tão vívida quanto possível. Como várias coisas no mundo criativo, e para parafrasear Bilbo Bolseiro, a parte mais difícil foi o primeiro passo. Após uma breve introdução do Tema dos Hobbits e do Tema da Sociedade (indiscutivelmente os momentos musicais mais relevantes) sentimos fortemente que precisávamos começar com a canção profundamente tocante que serve como trilha sonora à visão de Arwen sobre seu futuro filho (na versão estendida do Retorno do Rei). Isso abriu o caminho para uma jornada divinamente conduzida do Condado e Valfenda, passando por Isengard e Rohan até a vitória de Gondor sobre Mordor. Nós buscamos representar cada uma das principais forças aliadas e inimigas na história:

The Elves 0:44
The Ents 1:48
Rohan 2:08
Mordor and Isengard 2:32
Hobbits 3:08
Gondor 4:11

(Também há uma pequena alusão à Laracna – veja se você consegue encontrá-la) =)

Após a musica estar completa nós saímos para encontrar os locais adequados. Estávamos determinados a permanecer em Utah para ver quão bem poderíamos representar os incríveis lugares de O Senhor dos Anéis sem viajar para muito longe de casa. Paul, enquanto dirigia com sua família em St. George, notou um bosque ao lado da estrada através de uma escola primária, e convenceu todos no carro a para sair e dar uma olhada. Foi como se eles tivessem pisado em outro mundo… É difícil acreditar que os principais lugares que você vê nesse vídeo estão a apenas poucos metros de movimentadas estradas no sul de Utah (com a exceção das cenas com montanha, claro!). Não tivemos tanto tempo quanto gostaríamos nessa filmagem – o filme todo foi gravado em 24 horas! É um milagre que aconteceu. As cenas em nosso vídeo não pretendem “corresponder” exatamente aos lugares de O Senhor dos Anéis, mas sim aludir a elas de maneira abstrata.

Se você leu até aqui, você é um VERDADEIRO MELLON! =)”

Comentários

  1. Muito bom.
    Já tinha visto outros vídeos deles.
    The Piano Guys é d+

    Vejam este vídeo. Não é Senhor dos Anéis, mas é muito legal.

  2. Não consigo visualizar o vídeo aqui no trabalho porque o youtube é bloqueado /snif
    Não tem problema, verei assim que chegar em casa =D

  3. MARAVILHOSO!

    Equipe Valinor, poderiam no nome de Jesus postar as informações sobre o live-stream que acontecerá amanhã direto de Wellington, na première mundial de The Hobbit? Horários convertidos para o do Brasil, links de stream etc. Obrigado!