Novo banner e 35 novas imagens de ‘O Hobbit’

A Warner Bros. divulgou novamente imagens do filme O Hobbit – Uma Jornada Inesperada, e dessa vez foram 35 imagens no total. Elas envolvem apenas Bilbo, Gandalf e os anões de Thorin & Cia.. Algumas delas você reconhecerá do trailer e outras são inéditas. Veja abaixo, clicando nelas para ampliá-las.

   

   

   

   

   

   

   

   

  

[SPOILER] A Warner também divulgou um novo banner que pode revelar qual o momento na história em que o primeiro filme termina. Lembra-se do primeiro banner liberado (veja AQUI)? Nele, as imagens pareciam sugerir que o filme terminaria com os anões dentro dos barris dos Elfos da Floresta, descendo rio abaixo. Neste novo banner, que é levemente diferente do anterior, as imagens parecem sugerir que a pausa na aventura de Bilbo seja um pouco antes: no resgate de Gandalf, Bilbo e anões pelas Grandes Águias, na clareira incendiada dos Wargs. Clique AQUI e veja o banner em alta resolução, então tire suas próprias conclusões.

 

Agradecemos a dica ao BlackMoon e Flan!

Fontes: TheOneRing.net e HerrDerRinge-film

Comentários

  1. ha, e ja ia esquecendo de comentar as fotos.. elas estao perfeitas, olha que maquiagem, que figurino, e tudo muito bem feito, impressionante, ja vejo aqui nas minhas premuniçoes, oscar de melhor filme, maquiagem e figurino de 2012, nao tem erro, no minimo essas 3 categorias estao aceguradas.

  2. com relaçao a “anões com cara anões” é bem complicado…. infelizmente alguns acham que todo anao tem que ter a cara do guimli do senhor dos anéis…. os irmaos kili e fili eram bem jovens, nao podiam ter aquela aparencia robusta, e nem uma barba tao longa como os outros logicamente, peter jackson tinha que retrata-los dessa forma mesmo. pequenas mudanças sao necessarias, algumas coisas funcionam no livro mas no cinema nao funcionariam, como por exemplo, alguns reclamam da aparecencia do thorin, que ele esta muito jovem, mas é compreeensivel, a historia narra um anao, grande, imponente, um guerreiro no alge da sua força, e isso nao combinaria na tela do cinema se fosse um anao velho de cabelo e barba branca como o balin por exemplo. com relaçao ao peter jackson só poder usar coisas do hobbit ou senhor dos aneis, nao tem nada a ver, pois a invasao a dol guldur por exemplo esta citada no silmarillion, em poucas linhas mas esta. nao é nada iventado. e sobre a tauriel é questao de bom senso né gente!!! thranduil era um rei, logo ele tinha seu reino, seu povo, o livro fala que ele tinha sua guarda pessoal, e tauriel seria uma integrande dessa guarda de elite do rei, no filme , ele poderia optar por colocar figurantes ao lado do rei, mas como ele gosta de coisa detalhada e bem feita, deu um nome a ela e aumentou um pouco sua participaçao e ponto. dificil de entender isso?? onde esta o erro?? é tao simples…. tolkien criou um mundo rico em detalhes, a terra media nao gira só em torno deles, muita coisa importante esta acontecendo ao mesmo tempo do hobbit em outros lugares da terra media, se fosse tudo como alguns puristas querem nem veriamos a invasao a dol guldur, e o gandalf simplesmente sumiria da historia e só apareceria no final….. nunca saberiamos onde ele foi, o que foi fazer e com quem…. isso funcionano livro mas n atele grande ficaria sem pé nem cabeça. na mi nha opiniao tudo que sabemos da produçao e tudo que foi mostrado esta simplesmente perfeito.

  3. Ja respondi pro pessoal la em cima, mas quem ainda duvida que possa vir partes de outros livros publicados posteriormente como Peter mesmo disse, vai uma parte que Peter tirou de Os Contos Inacabados e colocou em OSDA; além do que eu ja citei acima a batalha dos Campos de Lis só existe nos Contos tbm.

    1. O ataque a Isildur nos Campos de Lis não é narrado ou descrito em minúcias em SdA, mas por diversas vezes citado com certas descrições, o que dá ao roteirista a liberdade para recriá-lo. E, tento o roteirista lido os Contos Inacabados, é óbvio que ele será “influenciado propositalmente” na criação da cena.

      E reafirmo: por lei, PJ não pode usar nada que não esteja em SdA e O Hobbit.

      E eu não entendi uma coisa, Feanor: você disse que já respondeu algo para o pessoal lá em cima e eu não entendi o que. Se referia ao link que eu pedi? Porque se for, procurei e não achei nada.

      1. Respondi la em cima com as palavras de PJ que ele usara materiais publicados posteriormente.
        Sobre os Campos de Lis em OSDA, eu juro q nao me lembro pode passar o capitulo pagina sei la, pq nos apendices nao esta, la conta a história dos sucessores de Isildur, nao a sua história ou queda.
        Se nao pode usar nada de outros livros como pode ser se o prólogo da Sociedade mesmo era pra ser diferente, inclusive seria contada a história desde o despertar dos quendi, dos anões e tbm dos homens na era do sol, posso nao lembrar mas existe a história da criação dos seres em OSDA? pq ela seria usada no prólogo só o nao foi por questão de tempo.

  4. Eu na verdade tenho muitas duvidas quanto ao q Peter vai fazer … sabemos q ele nao omitira personagens importantissimos e q foram brevemente citados no livro, como: Thror, Thrain, Azog, Dain e outros.
    Sobre Tauriel acho q teremos surpresas, ele disse recentemente que nao esta inventando nada, e que se alguma coisa esta no filme e nao esta no livro é pq esta em alguma outra obra ou em algum material nao publicado.
    Sabemos que Peter é um tanto purista tbm (na medida do possivel) vimos isso ja em OSDA.

      1. Não publicados aqui no Brasil como a série HOME, mas a respeito dos direitos; acredito q a New line tem acesso a esses materiais da mesma forma que tem sobre os contos inacabados.
        Visto que o encontro entre Gandalf e Thorin em Bri concerteza deve acorrer no filme e isso só vemos detalhadamente nos contos… assim como os detalhes sobre as construções que Peter usou para criar Edoras em OSDA.

          1. “No filme, nós queríamos que esses personagens tivessem uma história, um tanto mais de substância que no livro. Quase tudo que nós estamos fazendo é baseado no que Tolkien escreveu, independente se está no livro ou se em materiais publicados posteriormente.”
            _ Peter Jackson.

          2. materiais que foram publicados posteriormente ao Hobbit e SDA foram os apendices de O Silmarillion que fazem referencia ao O Hobbit, Contos inacabados, Home … Todos contem partes de escritos que foram comprados pela New Line.

        1. Não é bem isso! O PJ só pode usar material extra que está informado nos Apêndices, o resto ele tem que inventar sim! Esse encontro do Gandalf com o Thorin está sim bem detalhado nos contos inacabados, pq há lá várias versões desse encontro (ora o primeiro encontro entre eles é em Bri; ora é na estrada por exemplo), mas esse encontro também está lá nos Apendices, pode ver. Acho que é na parte que fala sobre os anões mesmo, Povo de Durin ou algo do tipo.

          1. Pesquisei por aí e não achei nada disso sobre material inédito que será usado. Peter Jackson não pode usar nada que vá além de SdA e O Hobbit, a não ser que ele invente.
            Qualquer coisa como HoME, Contos Inacabados, Silma e demais obras ainda possuem direitos muito bem reservados.
            Ainda estou esperando o link com essa notícia.

  5. Nossa, esse povo enxerga coisa onde não tem.
    Eu acho um erro porque gosto dos anões com cara de anões. E acho a Tauriel um erro porque ela não existe no livro. É opinião minha!
    E isso não quer dizer que eu não confie no PJ ou que eu não goste das adaptações que ele fez em SdA. Sou um dos maiores defensores de Peter Jackson em tudo o que ele fez com a trilogia original. Entrem lá no forum, procurem meus posts nas áreas Tolkien e na área dos filmes. Nâo é difícil encontrar.

    E além do mais, o fato de eu não gostar de algo hoje é apenas hipotético, pois o filme ainda não existe.

    Vou deixar abaixo um velho comentário meu no forum, do dia 02/07/2011, no tópico “O Maior Acerto de PJ”.

    “O maior acerto dele foi não ter inventado nada. Absolutamente nada. Ter feito tudo se baseando nos livros.
    Falando assim, sei que muita gente vai discordar, mas eu explico.

    PJ modificou muita coisa quando adaptou o livro para o roteiro (e ocultou outras tantas), mas tudo o que está nos filmes, também está nos livros, em maior ou menor grau.
    Algumas falas mudaram de boca, algumas ações mudaram de personagem, alguns atos mudaram de local, mas a essência do livro está ali.

    Quanto aos cortes, senti falta de muita coisa, principalmente na versão original (que considero melhor que a estendida, apesar de ser bem incompleta). Mas sei que foram essenciais. E Bombadil realmente não fez falta no filme, apesar de adorar o personagem.

    Já o Expurgo eu acho uma parte essencial no livro e que fez falta à conclusão do filme. Mas apenas o Expurgo tomaria mais 30 minutos ou mais de filme!”

    Então parem de ser cri-cri com a opinião alheia, por favor!

  6. Só para constar, não estou reclamando de nada: eu adoro o TLOTR do PJ e graças a ele eu conheço todos os livros do Tolkien publicados no Brasil e estoy super feliz e empolgado com os novos filmes. E por isso mesmo eu sei bem o que é um anão. Também sei o que ée uma adaptação e concordo que pra um filme a estória que já é rica tem que ser recheada de coisas para criar um enredo mais complexo. Sabendo disso tudo, ainda acho esse KILI UM TREMENDO ERRO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  7. Acho que o roteiro dos filmes enriquece, de forma mítica, a Obra do Mestre Tolkien. Concordo plenamente que não se pode distorcer as Mensagens dos Livros (Virtudes, Coragem, Amor pela Natureza, Esperança e Sacrifícios, etc. .), mas o processo sub-criativo da transposição fílmica, com as mudanças singelas que ele perpetra na estória, floresce no potencial mitológico da Terra-média: nós conhecemos a “tradução” de Tolkien para o Livro Vermelho do Marco Ocidental, mas e o “Livro de Prata de Gondor”? E a versão do “Livro Verde de Rhovanion”, que poderia ter sido compilada pelos Elfos da Floresta das Trevas? Estou inventando versões para destacar a potência cultural da Mitologia tolkieniana, que, por ser tão magnanimamente rica, chega a nutrir debates acerca dos Cânones! É Fantástico!
    Na versão que um “Sacy” me “desnarrou” sobre a “Ereboríada”, existiam, na demanda de Thorin, anões negróides e pardavascos, que descendem de ancestrais tribos de anões do Rhûn – e que migraram para as Colinas de Ferro. E viva a sub-criação, categoria fundante de nossa hominização!
    Eu ainda me incomodo ao ver um Barba-longa Thorin de barba curta. Além disso, o padrão fenotípico de Fili e Kili, por se pautar em uma beleza demasiado humana, também me incomoda, principalmente quando penso que as anãs possuem barba (ou seja, os padrões de beleza dos anões são de outra ordem: muitas vezes, o que seria feio pra nós, humanos, é bonito para eles.). Mas tudo bem! Isso são detalhes pequenos, que nada prejudicam a versão que os roteiristas nos apresentarão! E, prezados, vem coisa impressionante por aí! Puristas, preparem os corações!
    Dei uma espiada, com a ajuda do “Google Tradutor”, em um artigo do “TheOneRing.net” em que um estudioso de Tolkien, que deve estar um pouco mais informado do que nós sobre alguns detalhes dos filmes, tece uma série de especulações. Cara, achei fenomenal! Adorei a versão dele! E, aparentemente, muitos pontos possuem fundamento! Fiquei especialmente fascinado nas especulações do autor do artigo acerca da Invasão de Dol-guldur!
    Bom, não devo entrar em detalhes, pois muitas surpresas podem ser quebradas na leitura do referido artigo. Mas, devo dizer, fiquei ainda mais animado! As conexões com a Guerra do Anel, aparentemente, estão fantásticas! Há, inclusive, especulações, surpreendentemente pertinentes, sobre uma morte…como devo dizer?….”Haldiriana”?
    O fato, inconteste, é que, mais uma vez, nós, Amantes dos Mitos, nos deleitaremos com uma Trilogia Maravilhosa!
    E, se alguém se interessar, dê uma conferida no artigo que mencionei: http://www.theonering.net/torwp/2012/09/05/61565-playing-sherlock-a-few-hobbit-plot-deductions-from-the-figurine-character-biographies/ .

  8. Esse pessoal ver problema em tudo. Algumas características tiveram que ser mudadas para ambientação no cinema, isso é completamente normal. Ficar reclamando não resolve afinal você sempre vai ter o livro pra ler, o filme vai ser uma coisa a mais. Ficar de “ hurr durr não é assim” por favor neh, espere e assista.

    1. Sério??? Uai, pra mim estão boas, caras! E tem umas aí que são do trailer mesmo, reconheci na hora. E achei todos os anões bem fodas, fora aquele moreno ali sem barba. Nada a ver. Tomara que ele seja uma piada entre os anões, tipo ser considerado um anão feio pelos outros, já que ele é diferente. Pq ele nã o tem nada de anão. Puta furo da produção viu!!!!

      1. Não foi furo da produção … Kili na história se apaixona por Tauriel, provavelmente ele desejaria ser um elfo, além do que sua arma principal parece ser o arco e não um machado, picareta ou outras armas de anões.

        1. Na história do filme, né? Porque isso não existe nos livros e eu concordo com o Ted. Até agora, Fili e Kili são os dois maiores erros da Produção. Assim como essa Tauriel aí, que é pura invencionice do PJ também!

          1. Nossa só reclamação, acha que entendem ou estudaram mais sobre o Tolkien do que o Peter Jackson?? Façam melhor então diretores!!! Se não fosse por ele nem LOTR nós teríamos…(Sim, estou me referindo aos filmes ¬¬)

          2. cara vcs tem q entender que são adaptações, PJ tem q inovar e criar atmosferas não citadas antes caso contrario seria um filme sem muito conteudo … se entendesse bem como diz reclamaria tbm que: Balin não é mais velho que Thorin, Oin nunca foi citado que é surdo, que os anões usam capuzes coloridos, que Kili e Fili são irmaos gemeos, Etc Etc Etc.
            Mas tudo isso meu amigo é ADAPTAÇÂO!!! Peter tem q inventar histórias e fatos caso contrario o filme duraria 2 horas e nada mais!! Existem mais situações em O Hobbit q em OSDA porém, é tudo muito resumido PJ tem q criar apartir disso!
            E pra informação dos desavisados, PJ usara materiais ainda nao publicados!!!!

          3. Eu já curti os dois anões mais jovens. Poxa ele são JOVENS, nunca foi retratado um anão novo. Tem gente que queria que os 13 anões fossem todos iguais, barbados, gordos, mal humorados. Não foi furo da produção nada, foi uma sacada bem legal. Eu gostei.

            Não entendo como tem fã da mitologia que ainda critica o PJ, depois do belo trabalho recordista de oscar que ele fez na trilogia.