Quanto Vale a Fortuna de um Dragão, Revisitado

Smaug e seu tesouro, desenhados por Tolkien

No ano passado fomos surpreendidos quando a revista Forbes incluiu Smaug em sua lista dos personagens mais ricos da ficção. E não apenas o lagartão figurou em 7º lugar, como teve um artigo dedicado a ele, onde um dos editores da Forbes, Michael Noer, explica os cálculos por trás da estimação do patrimônio do dragão. E o artigo foi traduzido por este que vos escreve aqui na Valinor: Quanto Vale a Fortuna de um Dragão?

E a lista desse ano nos reservou uma surpresa foi ainda melhor. Smaug pulou do sétimo lugar no ranking para o primeiro! Isso mesmo, agora Smaug é considerado pela Forbes como o personagem mais rico da ficção. E isso tudo se deve a uma revisão dos cálculos feitos por Michael Noer, baseando-se em opiniões e críticas que ele recebeu na Internet. Noer publicou um novo artigo, onde explica os novos procedimentos para avaliação do tesouro do cospe-fogo, e a tradução vocês podem conferir logo abaixo!:


Quanto Vale a Fortuna de um Dragão, Revisitado

Por Michael Noer, da Forbes

No último ano, para acabar com persistentes suspeitas de que simplesmente “maquiamos” os números dos patrimônios líquidos para a lista Fictional 15, nosso ranking anual dos personagens mais ricos da ficção, eu decidi publicar os cálculos por trás da minha estimativa da fortuna de Smaug, o dragão do livro O Hobbit, de J.R.R. Tolkien. (Veja “How Much is a Dragon Worth” [E a tradução aqui na Valinor: “Quanto Vale a Fortuna de um Dragão?“])

Levando em conta uma variedade de fatores, incluindo o comprimento estimado de um dragão (64 pés [19,5 metros]), quantas escamas ele possuía em seu dorso (822), a porcentagem de ar no monte do tesouro (30%) e o preço do ouro, prata e diamantes, eu estimei a fortuna do dragão ancião em US$8,6 bilhões.

A Internet discordou.

Citando erros em tudo, do valor da Pedra Arken de Thrain ao preço da armadura de mithril, os fãs da Fictional 15 criticaram praticamente todos os aspectos do meu cálculo, geralmente concluindo que eu subestimei demasiado o patrimônio do velho cuspidor de fogo. Um leitor, gvbzoff, fixou a fortuna de Smaug em US$870 bilhões e chamou o valor de “estimativa conservadora”. Para contextualizar, isso seria aproximadamente 12,5 vezes a riqueza de Carlos Slim Heru, o indivíduo não-fictício mais rico do mundo.

Contudo, sou suficientemente homem para admitir ter cometido alguns erros imaginários. Então eu cuidadosamente recalculei a fortuna de Smaug, levando em consideração os comentários no artigo do último ano. E a Internet estava certa. A fortuna dele vale muito mais do que US$8,6 bilhões. US$53,4 bilhões, para ser mais preciso. Vamos lá, passo a passo:

Comprimento do Dragão: Esse foi um ponto de grande discordância, e com razão, dado que o comprimento total do dragão é fundamental para determinar o volume do monte do tesouro sobre o qual ele pode dormir confortavelmente , e assim da sua fortuna. No último ano eu baseei o tamanho de Smaug (19,5 metros) em um site de Advanced Dungeons e Dragons, e então descontei 70% como sendo a cauda (a proporção da cauda para o corpo de um Dragão de Komodo). Aparentemente isso foi um erro, Geniesolmyr escreveu:

Temo que você esteja errado, de acordo com o livro de referência de D&D (3ª edição, ISBN 0-7869-2884-0), p36, p48 e p51, o comprimento do corpo de um dragão significa “O comprimento total do dragão, menos seu pescoço e cauda. Medido da frente dos ombros até a base da cauda.” E o comprimento do corpo de Smaug é de aproximadamente 33 a 35 pés, ou 34 pés na média (10,36m). A largura de seu corpo é de aproximadamente 15 pés (10,57m).

Turbogigity insistiu que Smaug seria ainda maior:

Correndo o risco de mostrar o quão nerd eu realmente sou, me sinto na obrigação de apontar que um dragão vermelho ancião possui um comprimento corporal muito maior do que apenas 19,2 pés (5,82m). De fato, a fonte que está citada nesse próprio artigo indica que são 64 pés (19,5m) do nariz até a base da cauda. Logo, 64 pés é o comprimento apenas do corpo, o que significa que o monte do tesouro, e assim a riqueza total, foi muito subestimada.

Agora, não vou entrar em um debate sobre comprimentos de dragões com pessoas que conhecem o ISBN do Draconomicon, mas isso simplesmente não parece crível. 64 pés é mais longo do que uma carreta de 18 rodas. E se isso for apenas 30% de seu tamanho total, Smaug teria aproximadamente 215 pés de comprimento (65,5m), aproximadamente o comprimento de um quarteirão da cidade de Nova York. Mesmo utilizando as suposições mais restritivas, a fortuna do dragão teria de ser de bilhões de dólares.

Contudo, a experiência nos diz que as fortunas fictícias seguem as da Cida real, e listar Smaug como possuindo sendo cinco vezes mais rico do que, digamos, Bill Gates, deforma até mesmo a credibilidade fictícia. Talvez quando Peter Jackson lançar sua versão cinematográfica de O Hobbit teremos uma ideia mais concreta do tamanho do brutamontes. Até lá, permaneço com 64 pés, incluindo a cauda.

Posição de Dormir do Dragão: No último ano, assumi (ingenuamente) se enrolaria confortavelmente em um monte de tesouro com o mesmo diâmetro que o comprimento de seu corpo. Ricardo deu mais atenção a esse aspecto. Muito mais atenção:

O argumento de que o dragão se enrolaria confortavelmente em um monte com o mesmo diâmetro do comprimento de seu corpo, na melhor das hipóteses, levanta dúvidas. Ele não leva em consideração a maneira como o dragão se enrola. É do nariz até a base da cauda? É do nariz até a ponta da cauda? É como a figura no artigo, onde o dragão está sobre o monte, enrolando a cauda sobre metade do monte, de modo que sua ponta encontre o nariz, com as asas cobrindo o resto?

Minha opção preferida, por ser consistente com os diamantes se incrustando no dorso do dragão, é de que ele se deita sobre o monte, enrolando a cauda ao seu redor, como na imagem. Desta forma, parte do dragão cobre o diâmetro e o resto cobre metade do perímetro. Podemos expressar isso como Diâmetro + (1/2)Perímetro = comprimento total, ou D + (1/2)*Pi*D = 64 pés (19,5 metros). Isso dá o diâmetro do monte como sendo 24,9 pés (7,6 metros).

Ricardo, você é o meu tipo de nerd: ajustando o diâmetro do monte para 24,9 pés.

Altura do Monte Principal: para calcular o volume do monte de tesouro também precisamos saber sua altura. No último ano eu supus que ele teria 6 pés (1,83 metros) de altura – cerca de duas vezes o tamanho presumido de um hobbit. Errado. Novamente. Arbitraryname escreveu:

O próprio Tolkien ilustrou o tesouro de Smaug e ele parece ser mais alto que o dobro da altura de Bilbo. Bilbo, Smaug e o monte do tesouro podem ser vistos aqui, clicando na imagem para ampliá-la.

Você está correto, Arbitraryname. O monte certamente parece ser mais alto que 6 pés. Vamos dobrá-lo para 12 pés (3,66 metros).

Ouro e Prata no Monte Principal: Agora, usando a mesma lógica do último ano, podemos encontrar o volume do monte. Para simplificar o cálculo, aproximamos o monte como um cone, com um raio de 12,45 pés (3,79 metros) e um altura de 13 pés (3,96 metros) (o peso do dragão irá comprimi-lo em cerca de um pé).

V= 1/3 π r2 h = 1/3 * π * 12.452 * 13 = 2110 pés cúbicos (59,75 metros cúbicos, ou 59.750 litros).

Perdendo 30% desse volume para o ar e excrementos do dragão, e nos restam 1477 pés cúbicos (41,82 m³) de ouro e prata. Assumindo uma proporção 50/50 de ouro e prata na composição do tesouro, e ajustando para o valor atual do ouro (US$1642/onça) e da prata (US$31,66/onça) chegamos ao valor de US$14,7 bilhões para o ouro e a prata na cama de Smaug.

Diamantes Incrustados no Dorso do Dragão: No livro, o dorso macio de Smaug é protegido por diamantes que se incrustaram em suas escamas por séculos de sono em cima de seu monte. No último ano calculei o valor desses diamantes em US$ 3,9 bilhões. Dado que não estamos ajustando o tamanho de Smaug – ao menos não ainda – essa parte permanece sem modificações.

Ouro e Prata Fora do Monte Principal: Várias pessoas apontaram que o “monte principal” do tesouro sobre o qual Smaug está deitado não é o único em sua riqueza. Ted Bautista citou O Hobbit, ressaltando as palavras de Tolkien com alguns asteriscos:

Uma estimativa muito conservadora. Você apenas fez uma estimativa para a cama de Smaug:

Embaixo dele [Smaug], sob os membros e a grande cauda enrolada, e em torno dele, por todos os lados, ***espalhando-se pelo chão invisível***, jaziam incontáveis pilhas de objetos preciosos, ouro trabalhado e ouro bruto, pedras e jóias, e prata, que a luz rubra tingia de vermelho

Vamos chegar nesse incômodo “chão invisível” em um minuto, mas parece razoável assumir que há muito mais produtos de pilhagem espalhados pelo covil de Smaug.

Eu não quero forçar meu (amplamente fictício) cálculo, então vamos simplificar. Se assumirmos que existem quatro montes adicionais, um ao norte, um ao sul, um a leste e outro a oeste do “monte principal”, isso deve dar a Smaug uma boa quantidade extra de tesouro para Smaug espalhar pelo lugar.

Acho que também é justo assumir que o velho ganancioso dragão dorme no maior monte, então vamos ser conservadores e assumir que cada um desses “montes externos” possui metade do tamanho do “monte principal”.

Então a aritmética é simples: o ouro e a prata nos montes ao redor valem US$14,7 bilhões /4*4, ou US$ 29,4 bilhões.

Diamantes Fora do Monte Principal: Se fizermos a não desarrazoada suposição de que a maioria dos diamantes no monte principal eventualmente se incrustou na pele de Smaug após séculos e séculos de anos de reviradas e sacudidas dracônicas, devemos esperar que exista a mesma proporção de diamantes para ouro e prata nos “montes externos”. Metade dos US$3,9 bilhões é US$1,95 bilhões. Vamos arredondar para US$ 2 bilhões. Multiplicando por quatro nos dá US$8 bilhões adicionais em diamantes nos “montes externos”.

Armas e Armaduras: No último ano eu alegremente dispensei o valor dos armamentos no tesouro como um mero “erro de arredondamento”. Isso incitou a ira da Internet. Kyoti00 escreveu:

Se esse é o método que você utilizou para calcular fortunas anteriores, então eu devo afirmar que sua lista inteira é falha. Primeiro de tudo, como já apontado antes, você subestimou demais o tamanho do dragão. Quanto ao principal motivo pelo qual sua estimação é errada, você escreveu: “Existem certamente outros itens valiosos no tesouro de Smaug – raras armaduras e coisas assim – mas o ponto da investigação é estabelecer um valor mínimo, conservador, do patrimônio líquido, e o valor total de uma pilha de armamentos provavelmente não é mais do que um erro de arredondamento em um fortuna estimada em bilhões de dólares”. Esse é o seu grande erro. Se você vai basear sua pesquisa em AD&D, que foi ele próprio baseado em O Senhor dos Anéis, então você deve considerar que todas essas armas e armaduras valem dez vezes seu peso em ouro, e milhares de vezes isso para as “antiquarias”.

Você abriu uma lata de vermes nesse ponto, senhor.

Jesus. Tudo bem. Vamos dar a Smaug uma grande coleção mundial de armas e armaduras. De fato, vamos dar a ele a coleção do Metropolitan Museum of Art.

Segundo a Wikipedia, existem 14 mil peças na coleção de Armas e Armaduras do museu. Eu não conheço nenhuma estimativa publicada do valor dessa coleção, mas eu sei que em 2004 a casa de leilões Christie’s leiloou a Coleção de Armas e Armaduras Antigas de Axel Guttman em Londres. O leilão levantou £1.7 milhões.

Haviam 179 lotes naquele leilão, então o valor médio de cada lote foi de £9,497 ou US$15,289. Multiplicando isso por 14 mil, e temos US$214 milhões. Agora, a coleção do Metropolitan Museum of Art provavelmente é bem maior que a de Axel Guttmann, então vamos multiplicar isso por um fator de 5. Após arredondar para cima, chegamos a US$1,1 bilhões para a coleção a nível de museu de armas de Smaug.

Chão Invisível: É, eu sei que ele tem mais tesouros guardados no “chão invisível”. Mas, francamente, um chão invisível soa suspeitosamente como “sótão” aos meus ouvidos, e todos sabemos o valor do lixo que guardamos lá em cima. Eu não vou dar ao grandalhão mais do que US$500 milhões por esse amontoado de pilhagens de leilão de jardim. Não até que eu possa vê-lo.

Artigo original: How Much is a Dragon Worth, Revisited

Comentários

  1. Nao consigo publicar o valor exato da cota de malha.O site fica falando que eu ja postei esse comentario!!!!?

  2. Bom na trilogia estendida da Sociedade Gandalf fala que o colete de Mithiril que Bilbo recebeu de Thorin valia mais que todo o condado Junto. Imagine Quantos objetos de Mithiril Smaug Robou dos Anões,

  3. Estou louco pa ve o Tesouro de Smaug alem do propio Smaug eu sempre imaginei esse tesouro cheio de artefatos fantasticos de reliquias tipo espadas escudos armaduras objeots de varias raças da Terra media alem de claro diamantes, rubis, esmealdas e afins que venha logo o Hobbit.

    1. É até um pecado fazer uma comparação entre O Senhor dos Anéis e a série mais porca a fazer sucesso na História.

  4. Continuando.A localizacao do terreno tambem conta.E pelo que eu saiba o terreno valeria uma boa quantia
    Devido ao seu posicionamento estrategico torres de guarda etc.Alguem sabe qual e a imoboliaria da terra media
    Se vcs me derem o telefone eu ligo para la e faso um valor aproximado.Ja ate posso ver a noticia nos classificados da gazeta Hobbit
    “casa:mansao de ex dragao
    valor:(se eu falasse ninguem iria visitar)
    Motivo de vendaMorte do dono
    Imobiliaria:Elesar
    C onstrutora Pedra Elfica & Cia (filiada da construtora Elesar)

    Eu acho que so o tio patinhas poderia comprar

    kkkkkkkkkkkkkkk

    E agora como lancamento do filme o valor vai almentar.Imaginem que chic morar na casa do grande Snaug.Ter como varanda o lugar em que bilbo e os anoes ficaram

    Lapis:3R$
    Caneta:R$
    Morar na casa de Snaug:Nao tem prco

    rsrsrsrsrsrsr

  5. Eu fico imaginando a grandiosidade que vai ser a cena do Bilbo invisível sob o poder do Um Anel invadindo a cova do Smaug, GENTE, CARALHO, PELO AMOR DE ERU, VAI SER MAIS QUE ÉPICO, VAI SER ESPLÊNDIDO MEU DEUS AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA THE HOBBIT: OS MELHORES FILMES DE MUITOS E MUITOS TEMPOS

  6. Snaga, concordo que o Tio Patinhas seja insuperável. Mas na lista desse ano ele nem figurou, já que perdeu tudo o que tinha para o Mac-Mônei.

    Sobre os cálculos, ainda vale apontar outra “falha”: não foi considerado o valor da cota de malha de mithril que Bilbo toma como parte da sua recompensa, e que mais tarde ele dá a Frodo. Afinal, ela “vale mais que todo o Condado”.

    1. Verdade Cassiano… Mas não sei se a cota de mithril chegaria a adicionar algum bilhão a mais na conta…

          1. Pelo chute eu pagaria bem mais que um bilhao pela cota de malha.rsrsrsrsrs
            Para chegar a essa conclusao e so ver a radridade do metal.Quando ele exisia em grande quantidade seu valor ja era imenso(Gimili moria)Agora e so multiplicar esse peco por centaenas de vezes dadas quye pouquissimas peças sobreviveram que se chegara a conclusao que essa cota vale mais que um bilhao,partindo do pressuposto que o matal valesse mais que o diamante.”atualmente’ essa cota teria o valor multiplicado por 100 graças ao seu uso por frodo no SDA.Nao acho que esse valor conte mais vai que alguem viu o futuro da pedra numa palamitir e tolkien nao mencionou vai que……rsrsrsr.

            Outra coisa os “tesouro no sotao”que o cara mencionou,na minha opniao dariam mais ums 100 milhoes.Por dois motivos.O primeiro e o valor historico,o segundo e que se tratando de um palacio provavelmente os maiores tesouros estariam escondidos em lugares pequenos e secretos que seriam de dificil acesso para um dragao.
            Esta certo que a joia mais valiosa nao estava la talves por um capricho do rei(que nem eu quando comprei a versao estendida de colecionador,durmi abracado nela kkkk)Mas outros tesouros de menor valor poderiam estar la.Como o proprio tolkien falou,Snaug nao conseguia passar por todas as postas
            Outro valor que deve ser somadop soa as pinturas que ha no lugar(suposicao)Sabe-se que o quadro o grito foi leiloado por mais de 10 milhoes. quanto vc acha que valeriam aquelas pinturas
            E por fim ha a localizaçao do terreno

          2. Olha amigo Tchesco.
            Um bilhão a cota de Mithril… Veja, se considerarmos que esse valor tenha se dado por raridade de material, técnica de feitura e arte, tenho ainda dúvida de um valor tão alto.
            No mundo real, as jóias mais caras com valores estimáveis assumem preços de cerca de 400 milhões.
            As obras de arte mais caras do mundo, obras como a capela sistina, sendo ela uma grandiosa obra, chegam a preços estimados de 750 milhões.
            Mas e agora se formos tirar uma média dessas duas estimativas: Como material raríssimo, e como obra de arte. Considerando o tamanho da peça, e a técnica para ser feita, ainda não é totalmente pleno um valor de um bilhão.
            Por vezes ele chega a assumir valores de 500~600 milhões.
            No entanto, se pararmos para considerar toda a preciosidade da peça, seria mais prudente simplesmente declará-la de valor inestimável.

            Falando de outros possíveis tesouros: Não posso fazer citações, mas pelo o que me lembro do livro, acho que é relatado que Smaug se dedicou a ajuntar todos os tesouros para fazer sua cama. Por isso, não acredito que deva haver tantos outros maiores tesouros além da cama de Smaug.

            E interessante suposição sobre obras de arte. Não se sabe muito de obras de arte, como quadros e pinturas, na terra média não é mesmo? Por favor, caso esteja errado, algum Tolkieniano Hardcore Pro Like corrija-me. Mas será que se houvesse algo lá, será que Smaug valorizaria arte? Será que não a queimaria? Quem sabe, não é mesmo? kkkkkkkkkkkkkkkkk

            Abraço, com Deus.

  7. Que divertido.Entao o hobbit e o livro mais rico do mundo,tanto em historia, enredo,personagens.E aparentemente possui o personagem mais rico tambem kkkkkk :)