Evangeline Lilly faz revelações sobre Tauriel

Em entrevista à Entertainment Weekly, a atriz canadense Evangeline Lilly falou sobre seus mais recentes trabalhos e fez algumas revelações sobre sua personagem em O Hobbit, Tauriel. Abaixo, segue o que Lilly disse sobre a elfa guerreira. Desnecessário dizer, portanto, que o conteúdo pode ser revelador para aqueles que não desejam saber maiores detalhes sobre a personagem e como ela se insere na trama.

________________________________

[…] Você está interpretando uma nova personagem chamada Tauriel, que é uma elfa da Floresta das Trevas, o que me leva a crer que ela é um tipo de guerreira, ou algo assim. Você teve que aprender esgrima e a atirar com arco?

Sim, ela é uma guerreira. Ela é realmente a chefe da guarda élfica. Ela é uma figura importante do exército. Então, ela sabe manejar qualquer arma, mas as principais armas usadas por ela são um arco e flecha e dois punhais. E ela é letal. Você definitivamente não quer ser pego em um beco escuro por Tauriel.

Então Tauriel deve estar envolvida com os anões capturados…

Acho que basicamente o que você está perguntando é se ela aparece muito no filme. Ela não está muito no primeiro filme. Ela entra no primeiro filme perto do final, e tem uma participação muito pequena. O papel no segundo filme é muito mais desenvolvido. Embora, devo dizer que quando comecei a ler o roteiro e aceitei o trabalho, seu papel no segundo filme era muito menor. Eu acho que o papel está se tornando um pouco mais exigente do que eu esperava que fosse. Há muito mais para eu fazer agora, o que é muito divertido, mas sinto um pouco mais de pressão.

Será que ela desempenha um grande papel na Batalha dos Cinco Exércitos?

Oh, eu não sei. Nós não filmamos isso ainda. Eu ainda tenho que voltar para mais cinco meses de filmagem.

Por quantos meses você esteve por lá?

Indo e voltando nos últimos seis meses. São filmagens de dois anos que abarcam ambos os filmes, e meu contrato é por aproximadamente um ano. Eu ainda saio e volto para a Nova Zelândia durante todo esse ano.

Comentários

  1. Não sei pq seria ridículo inventar elfos neste caso. Não sou a favor de grandes mudanças, mas tinha um exercito elfo na batalha, ficaria estranho um exercito feito com apenas 6 ou 7 elfos nomeados no livro. O exercito tinha um capitão ou comandante. Até mesmo a aparição de legolas no filme, seria estranho que o filho do rei não acompanhasse o exercito, mesmo que este não tenha sido nomeado no livro. Não sou a favor de grandes mudanças mas tem certas coisas que não tem o que fazer.

    1. Concordo com Dinodas. Nesse caso cabível incluir personagens extras, pois ficaria estranho não colocar mais elfos e apresentá-los aumenta a carga dramática.
      Adoraria ver Legolas lutando na Batalha dos Cinco Exércitos! Faz sentido ele estar por lá.

  2. Confesso que to morrendo de medo dessa invenção… tomara que esse meu medo seja em vão, mas isso só vendo o filme pra dizer… aaai dezembro, vai levar 10 anos pra vc chegar, né?

  3. Eu já parei de palpitar e de achar que será isso ou aquilo. Se eu tiver que ficar revoltada, ficarei no dia em que assistir ao filme. Por isso, por enquanto eu não direi nada sobre este ou aquele personagem. ¬¬

  4. Só digo uma coisa: RIDÍCULO !! Não era pra ter essa coisa na história, O Hobbit foi escrito e está pronto, não era pra interferir, criar elfo PQP!! Péssimo

  5. Estou ansioso pra ver a batalha dos cinco exercitos mas sera que vai ser tão espetacular quanto as batalhas nos Campos do Pellenor eu espero que sim.