logo

Eleições 2012/2012 do Conselho Branco

Caros amigos Tolkienianos. Iniciou-se o processo eleitoral para o biênio 2012/2013. A inscrição das chapas se dará até o dia 31/jan, mesmo período das discussões eleitorais. A votação ocorrerá por e-mail no período de   01/02/2012 até as 23:59 de 12/02/2012 e o resultado será divulgado no dia 16/fev. Neste ano temos registrada a chapa Coirë, da qual faço parte, composta por:

  • Presidente: Fabio “Deriel” Bettega, PR
  • Secretária Geral: Shirley “Edhelcalen” Santos, SP
  • Diretor Financeiro: Fabiano”Skywalker” Neme, RS
  • Diretora Cultural: Débora “Valië” Souza, SP
  • Diretor Técnico: Rodrigo “Slicer” Jaroszewsky, RS

Veja a Proposta da Chapa “Corië” (PDF 627kb), com a biografia de seus componentes e Perguntas e Respostas. Acesse também o Cronograma (PDF 17kb) sugerido para a implementação das propostas. Se você é membro do Conselho Branco, não deixe de participar deste processo. E se nossa proposta lhe agradar, não deixe de votar na chapa Coirë. Mais informações em http://www.conselhobranco.com.br/

Nossa proposta se baseia em:

Visibilidade

Por razões diversas a visibilidade do Conselho Branco foi minguando com o passar do tempo sendo hoje praticamente impossível descobrir o que ela faz, como entrar em contato e como fazer parte. Esta situação precisa ser remediada o mais rapidamente possível, de forma que seja possível a qualquer um, em qualquer mídia social, entrar em contato com a Sociedade. Isso pode ser obtido com as seguintes ações

 

  • Site Institucional: criação de um novo site institucional, utilizando softwares que  padrão na Internet (WordPress 3.3 e alguns poucos plugins específicos), sempre sob domínio próprio. A Valinor tem e fornecerá de forma gratuita a hospedagem necessária, sem limitações de espaço ou consumo de banda. Para o visual do site a Valinor comprou uma série de templates wordpress profissionais (Studiopress –www.studiopress.com/themes ), que podem e devem ser utilizados pelo Conselho Branco.

 

Com essas ações (wordpress, hospedagem e visual gratuitos) podemos utilizar muito menos tempo com programação do site, visual do mesmo e nos dedicarmos ao conteúdo – que é o que mais interessa

 

Importante ressaltar sobre o Site Institucional do CB que a prioridade máxima deverá ser informação sobre o próprio Conselho Branco, o que ele faz, como entrar em contato, como se tornar sócio, quem é quem dentro da estrutura nacional e regional. No máximo eventos onde o Conselho Branco participa. Em uma etapa subseqüente, depois de termos um site informativo e redondo, a avaliação de materiais extras a serem inseridos no mesmo poderá ser feita

 

  • E-mails: não há necessidade de utilizarmos e-mails gratuitos e genéricos para assuntos oficiais do Conselho Branco. Podemos ter, de forma gratuita e sem propagandas através do Google Apps e-mails @conselhobranco.com.br os quais dão muito mais confiabilidades, visibilidade para a marca e tira aquele ar de “amadorismo” (no mau sentido).

 

 

  • Tocas no site do Conselho Branco: o software proposto para utilização no Conselho Branco (WordPress 3.3) possui uma funcionalidade muito interessante que é o da “rede”. Podemos ter virtualmente infinitos sub-sites, cada qual com administração, visual e funcionalidades particulares, mas todos interligados, em última análise. Neste caso teríamos um site institucional principal e vários sub-sites, como:

 

Mesmo projetos particulares dentro do CB poderiam ter sites particulares sem comprometer a unidade de estrutura existente.

 

  • Redes Sociais: a própria estrutura atual da Internet praticamente nos obriga a termos presença oficial em redes como Orkut, Facebook, Twitter (dentro outros) e ferramentas diversas (como fórum) isso sem desqualificar, modificar ou desmobilizar ferramentas atuais funcionais como as listas de discussão.

 

A presença nessas redes sociais deve, no mínimo, informar o básico sobre o Conselho Branco, fornecendo um ponto de acesso aos associados e interessados, nem que inicialmente seja apenas direcionando ao Site Institucional.

 

Reestruturação Societária

Hoje não sabemos quem e quantos somos nem onde exatamente estamos. Uma reestruturação com recadastramento faz-se urgente e necessária, utilizando-se para isso ferramental que estará disponível no site institucional (plugin “Membership” do WordPress, gratuito) de forma a termos um controle on-line e detalhado sobre nossos associados.

Também precisamos de dados mais consistentes sobre nossos associados, não apenas nick e e-mail. Precisamos de, no mínimo:

  • Nome completo
  • E-mail
  • E-mail secundário
  • Data de Nascimento
  • CPF
  • RG
  • Endereço Completo
  • Telefone de Contato

 

São dados mínimos para manutenção de um cadastro de uma Sociedade séria e atuante.

 

Independência Financeira

O Conselho Branco tem que ter uma autossuficiência financeira para uma manutenção das necessidades básicas da mesma. Todas as Sociedades Tolkien relevantes possuem anuidade, e por uma boa razão: manutenção da estrutura e custos básicos (o que não envolve remuneração dos dirigentes). Propostas básicas para a viabilidade financeira do Conselho Branco:

 

  • Merchandising próprio: camisetas, canecas e outros produtos do próprio Conselho Branco, os quais podem ser vendidos diretamente pelo CB ou, como é comum, em outras lojas sob o pagamento de comissão.

 

  • Anuidade: uma taxa anual de R$30,00 a quem desejar contribuir para a manutenção financeira do Conselho Branco (sem a exclusão dos associados gratuitos). O que podemos oferecer em troca dessa contribuição? Muita coisa! A mais importante e principal é a própria subsistência do Conselho Branco. Dentre outras coisas:
    • Carteirinha em PVC com nome e número do associado
    • Inscrição automática em quaisquer sorteios ou promoções que o CB venha a participar
    • 15% de desconto no merchandising do próprio Conselho Branco
    • 10% de desconto na Loja Valinor (serve de exemplo, sei que outros parceiros aceitariam algo semelhante, como a Redbox Editora e a Arte & Letra)
    • Demais vantagens que porventura possam surgir com o tempo