PJ fala sobre O Hobbit em conferência de imprensa no Condado

O diretor Peter Jackson, juntamente com o primeiro-ministro da Nova Zelândia, John Key, convocou uma conferência de imprensa no set da Vila dos Hobbits, de acordo com o site 3news.co.nz. Entre outras coisas, foi anunciado oficialmente que a premiere mundial de O Hobbit será na Nova Zelândia. Jackson revelou que a Warner Bros decidiu que Wellington é a cidade que hospedará a estréia mundial de O Hobbit, depois da boa impressão que causou no lançamento de O Retorno do Rei em 2003.

“Eu acho que ninguém na indústria internacional podia acreditar como o país se posicionou por atrás do evento. E eu acho que todos os envolvidos estão realmente dispostos a deixar que a Nova Zelândia sedie a estréia mundial do primeiro filme de O Hobbit”, disse o diretor.

Peter Jackson e John Key no Condado

Também foi anunciado que o conjunto de sets em Matamata será deixado intacto permanentemente como um reforço para a atração turística já existente lá.

“Eu estou realmente feliz que um conjunto tão lindo como este possa ficar aqui permanentemente”, disse Sir Peter. “O último conjunto aqui era principalmente de poliestireno e foi desmontado depois. Então, por dez anos tem sido o lugar que a Vila dos Hobbits costumava ser, e você poderia andar por aí vendo onde tocas hobbit costumavam ser. Nós estamos, literalmente, terminando aqui hoje. Nossa segunda unidade filmará aqui por mais dois ou três dias na próxima semana e, então, nós vamos embora. Nós vamos para longe e vamos deixar este lugar como está, para que as pessoas possam vir e vê-lo”.

“É mágico, é uma excelente locação”, acrescentou Key. “Este conjunto vai ser deixado aqui agora para as gerações vindouras desfrutarem”.

 Peter Jackson disse que, embora as pressões sobre ele mudaram desde O Senhor dos Anéis, ele não mudou:

“Eu sou o mesmo cineasta, e eu não me sinto diferente. A pressão psicológica é interessante, pois com O Senhor dos Anéis, tivemos uma enorme pressão. Que eram esses filmes enormes e nós estávamos fazendo três deles ao mesmo tempo, e havia um monte de sentimentos de que não poderia ter sucesso e que era uma loucura. Agora nós estamos voltando a ele e todo mundo tem uma expectativa porque as pessoas viram O Senhor dos Anéis. Eles têm sentimentos em relação aos filmes e eles esperam que O Hobbit seja igual… mas eu apenas descobri que a única coisa que posso fazer é fazer um filme que eu vou desfrutar assistindo, isso é o que eu sempre fiz”.

A produção de O Hobbit foi adiada após o boicote do sindicato de atores a ter ameaçado, e só permaneceu na Nova Zelândia depois que um acordo foi feito pelo governo neozelandês.

“Foi literalmente há um ano e um dia que assinamos o acordo com a New Line Cinema,” disse hoje Key. “Na época, fizemos tudo para garantir que estes filmes fossem feitos na Nova Zelândia. Existem mais de 3.000 pessoas que estarão envolvidas no trabalho de produção dos dois filmes O Hobbit e eu acho que é fantástico para a nossa indústria.Foi a única vez, desde que eu sou primeiro-ministro, que as pessoas  protestaram para mudar a lei para algo que poderia salvar seu trabalho.”

 Sir Peter está convencido de que sem a ajuda do governo, a produção de O Hobbit teria sido levada para o exterior.

“Eu sei que na época havia um monte de pessoas que não sabiam em que acreditar. A realidade é que há um ano a Warner Bros mandou batedores ao Reino Unido, para a Escócia, eles tinham tirado fotos de locais que poderíamos usar… estávamos literalmente preparados para nos mudar. Esses foram fatos reais”.

“Se você quer uma indústria cinematográfica que traz certa quantidade de renda, então, também tem que saber que há um custo anexado aí. Se você quer uma indústria cinematográfica em seu país, então você tem que competir. A Austrália quer uma indústria cinematográfica, o Canadá quer uma indústria cinematográfica e um monte de estados dentro da América têm incentivos. A Inglaterra é muito agressiva. Então, se você quer estar no jogo, você tem que estar preparado para jogar”, disse o diretor.

Apesar do apoio do governo  para O Hobbit, no entanto, Sir Peter não está pronto a se comprometer politicamente.

“Eu não sou um cara político”, disse ele quando perguntado. “Eu apoio a indústria do cinema e eu apoio as pessoas que querem trabalhar na indústria cinematográfica. Eu trabalhei com o Governo Trabalhista de Helen Clark e ela foi uma grande apoiadora da indústria cinematográfica. Eu realmente não tenho uma filiação política, apesar disso. Mas quando gritamos por socorro, eu apreciei muito a maneira que John e seu governo nos ajudou”.

Sir Peter diz que o cronograma das filmagens já está em andamento e ele está muito feliz com a forma como as coisas vão indo.

“Estamos no caminho certo, nós filmamos 110 dias no estúdio, e agora temos apenas mais cinco dias neste local. Parece maravilhoso. A forma como o trabalho aparece em 3D… eu uso os óculos enquanto eu estou olhando para as coisas em 3D, é fantástico. O verde neste local é o que eu amo aqui. Esta luz é fantástica e estas cores são lindas vistas em 5K HD”.

Equipe trabalhando em Bolsão

Peter Jackson disse que com exceção das locações em Matamata, os outros locais no filme são todos novos e ele tem apreciado muito encontrar as novas locações.

“Uma das maiores emoções  que esses filmes  me dão é quando estamos procurando locações. Chego a gastar sete ou oito horas por dia em um helicóptero voando  por aí, talvez por uma semana a fio, e você pousa em lugares que ninguém jamais foi. Bem, você acha que ninguém jamais pôs os pés lá, é um lugar tão remoto. É uma grande emoção ver o meu país. Antes de O Senhor dos Anéis eu nunca tinha viajado muito para a Ilha Sul. É simplesmente o lugar mais inacreditavelmente belo … estamos filmando no paraíso aqui”.

E depois de todas as dificuldades enfrentadas para produzir esses filmes, Jackson finalmente está feliz?

“Olha, é difícil”, explica ele. “Toda vez que eu estou no meio de um filme como esse, eu sonho poder estar em uma praia em algum lugar, e cada vez que eu estou em uma praia em algum lugar eu quero fazer um filme”.

O Hobbit: Uma Jornada Inesperada está definido para estrear em Wellington no final de novembro de 2012, antes da liberação geral na Nova Zelândia em 13 de dezembro e no Brasil e EUA em 14 de dezembro.

 O vídeo completo da conferência de imprensa pode ser visto aqui. E aqui com algumas novas fotos dos sets da Vila dos Hobbits!

Comentários

  1. Já que não me chamaram após o teste, na Premiere com certeza eu vou. Já estou economizando..hauahauahau

  2. Nossa, fantástico!
    As filmagens pelo visto estão indo dentro do esperado por PJ!
    Com certeza vale a pena economizar para fazer essa viagem, já estou engordando o meu porquinho.

    1. Ana parece que você esta com planos de visitar a Nova Zelândia, tem visto com alguma companhia? Como esta montando?

  3. Vou sair de férias em fevereiro, destino incerto ainda, mas a NZ está nos meus planos. Putz, não tiro férias a milênios. Já conheço boa parte da América do Sul e fui para o México. Mas agora quero cruzar o Atlântico. Vai depender do valor do dólar. O que tenho visto varia de 4000 a 6000 dólares parte terrestre, sem passagens aéreas .Acho que postei uma empresa aqui naquele segmento sobre Nelson. É uma viagem super cara! E provavelmente com o Hobbit vai ficar mais cara!!! Então talvez vá para outro lugar onde tenha sol. ;0)

    1. Bom,também vou deixar meu e-mail,Ana,pegando o bonde do Adão.Porque a despeito da torcida de vocês,minha avó faleceu ontem.Pois é,e eu cheguei a brincar com o assunto,mais uma prova de que eu sou tremendamente insensível.Então,se você tiver um tempo e quiser trocar umas idéias,vou deixar meu e-mail aqui.Mas também apareci pra avisar que vou sumir da Valinor por uns tempos,por causa do que aconteceu,acho que tenho muito no que pensar, e queria agradecer você e o Adão pela torcida e pelo apoio.Logo logo eu volto,não pretendo demorar muito.Mas obrigado por tudo,vocês dois.

      Bem,meu e-mail:

      gray_stormcrow@hotmail.com

      Se alguma outra pessoa quiser conversar,por favor diga que é daqui da Valinor,ok?
      Bem,pessoal,até mais.Adoro vocês.

        1. Pois é meu amigo,a vida é dura,e agora o negócio é bola pra frente e cuidar do resto da família que sobrou,o enterro é amanhã,mas eu acho que não vou aguentar ir…Mas muito obrigado mesmo pelo apoio,e que bom saber que posso contar com você.Valeu mesmo.