Saoirse Ronan espera ter um papel na adaptação de O Hobbit

Em entrevista ao LA Times, a atriz irlandesa de 16 anos – que já atuou com Peter Jackson em The Lovely Bones, em 2009 – disse que espera ter um papel para ela em O Hobbit.

Recentemente, foi alvo dos boatos que a apontavam como o mais novo membro do elenco, supostamente para interpretar uma personagem elfa que não existe originalmente no universo tolkieniano, chamada Itaril. A atriz logo tratou de desmentir.  Mas agora parece estar otimista com a possibilidade de ser oferecido a ela um papel na adaptação de duas partes.

Ronan disse que sua principal motivação para aderir à franquia seria a oportunidade de voltar a trabalhar com Jackson na Nova Zelândia.

“Pete está adicionando um monte de personagens na adaptação cinematográfica. Esperamos que eles tenham um papel para mim. Seria ótimo voltar. Eu amo o Pete.”

Ronan também disse que apesar de não ter lido o roteiro de O Hobbit, leu o livro de J.R.R. Tolkien e descobriu-se arrebatada.

“É mágico, e é uma fantasia, mas os personagens desta história são também tão reais”, disse ela. “Bilbo é muito inseguro. Ele vive sua vida confortavelmente, mas ele almeja alcançar algo mais, embora ele não admita isso.”

 
Como não há personagens femininos em O Hobbit, e nem uma personagem tolkieniana atuando no mesmo período da história para que a jovem atriz possa interpretar (como é o caso de Galadriel) só nos resta então esperar ver Saoirse Ronan como a elfa fake Itaril – se a atriz for confirmada, claro. Será? Segundo o Vírgula, ela negocia para atuar na adaptação adulta de Branca de Neve.

Ronan poderá ser vista no recente filme “Hanna”, atuando ao lado de Cate Blanchett. E por falar nela, Cate deu uma entrevista ao Collider e disse que ainda não leu o roteiro de O Hobbit e nem sabe ainda quando começa a filmar, mas espera que seja mais para o meio deste ano.

Comentários

    1. Não tenho nada contra a menina, e me parece que já é uma ótima atriz, mas acho que só sobrou a personagem inventada para ela interpretar mesmo. Quem mais ela poderia? Não tem!

      1. Ela poderia fazer uma elfa de Valfenda que fez piadas de Bilbo quando ele chegou lá. Ela e outros elfos .
        hausahsuahsaushau É o melhor que pensei…

  1. “Pete está adicionando um monte de personagens na adaptação cinematográfica…”
    “Pete está adicionando um monte de personagens na adaptação…”
    “Pete está adicionando um monte de personagens…”
    “…adicionando um monte de personagens…”
    “… um monte de personagens…”

    Run to the hills, negada!

    1. caaaaaaara é q o hobit tem basicamente 20 personagens em TODO o livro (reforço o Basicamente) é meio dificil trabalhar assim… o LOTR tem bem mais que isso! alem dos que foram cortados por só fazerem pontas como o Radagast e um general de Roham lah…

      1. Não entendi. Não vejo qual o problema de O Hobbit ter “poucos” personagens. No filme eles podem colocar quantos FIGURANTES eles quiserem, mas quanto a inventarem personagens sou totalmente contra. Considero triste ver uma obra como o Hobbit nas mãos de um diretor que mais parece um escritor frustrado, pronto para exercer rompantes de genialidade artísticas em cima das obras dos outros.

        Fora que Tolkien ao longo de sua vida foi se tornando cada vez mais conservador. E por mais que eu considere Saoirse Ronan linda, duvido muito que o autor consideraria um melodrama em sua obra. Além do mais, o Hobbit não me parece obra para esse tipo de coisa. Mas quem sabe? Peter Jackson tem treze anões e parece que ele não tem medo de usá-los. ARGHH!!!!!!

  2. É inevitável que novos personagens sejam criados, contudo não gostaria de ve-los como coadjuvantes com status de protagonista, como foi com Arwen em SdA. Gosto dessa atriz, ela poderia ser tanto uma elfa tanto dos 3 povos restantes, quanto uma humana, mas que não esteja em um par romantico inexistente ou heroína p/ dividir holofotes em uma estória onde já existem tantos personagens interessantes.

    Aliás, temo pelo tom do filme, no livro quase todos os personagens eram mocinhos e também vilões, não havia um lado certo e outro errado qdo falamos de elfos, anões e humanos. Espero que isso seja mantido no filme.