Representantes dos estúdios falam sobre Peter Jackson na direção de O Hobbit

Depois que as filmagens de O Hobbit ganharam o tão esperado sinal verde  – fevereiro de 2011 – e depois que Peter Jackson foi confirmado como o diretor das duas partes do prequel de O Senhor dos Anéis, os representantes dos estúdios New Line Cinema, Warner Bros. e MGM resolveram falar sobre essa notícia tão aguardada pelos fãs.

Toby Emmerich, presidente da New Line, declarou:

“Peter [Jackson] é um cineasta de talento extraordinário. Tê-lo retornando à Terra-média para produzir e dirigir é um sonho. Peter é um talentoso contador de histórias, diretor visionário e pioneiro na tecnologia cinematográfica. Estar com Peter, Fran [Walsh] e Philippa [Boyens] nos faz sentir indo realmente ‘lá e de volta outra vez’”.

Para Alan Horn, presidente da Warner :

“Não há pessoa no planeta mais qualificada do que Peter Jackson para dirigir esses filmes.  Peter tem a visão criativa adequada para trazer esta amada produção à vida, de uma maneira que nenhum outro realizador poderia. E a equipe de Fran Walsh e Philippa Boyens provou, por meio de seu trabalho na trilogia original, que ninguém é mais hábil em transformar as palavras escritas por Tolkien em uma linguagem viva e vibrante que faz o público acreditar que não estão apenas visitando à Terra-média, mas, na realidade, vivendo nela. Nós não poderíamos estar mais ansiosos e empolgados para ver O Hobbit tomar forma sob a administração de Peter e da equipe que está montando”, declarou Horn.

Representando a MGM, o vice-diretor Steve Cooper também está animado com os filmes ganhando status de produção oficial. Disse:

“A MGM tem o prazer de continuar a desenvolver e participar da franquia de sucesso O Senhor dos Anéis. Sob a liderança de Peter, sem dúvida, os filmes certamente vão agradar os fãs da trilogia, além de trazer para essas histórias uma nova geração de fãs”.

O Hobbit está sendo co-produzido pela New Line (subsidiária da Warner Bros.) e MGM.  A Warner cuidará da distribuição dos filmes nos Estados Unidos; a MGM se encarregará da distribuição internacional.  

Falta agora uma decisão sobre a disputa entre o sindicato dos atores e Peter Jackson, que ameaçou levar a produção de O Hobbit para o Leste Europeu. Nesta última quinta-feira (14), as partes interessadas, em reunião mediada pelo governo da Nova Zelândia, concordaram em trabalhar juntas para atualizar as condições de participação para os artistas da Nova Zelândia. Matt Dravitski, assistente de Jackson em sua empresa Wingnut Films, disse ao The Dominion Post que “o anúncio sobre o local definitivo para as filmagens será divulgado em uma ou duas semanas”.

De qualquer forma, ainda que as filmagens sejam levadas para fora da Nova Zelândia, uma parte substancial dos efeitos visuais, bem como a pré e pós-produção ainda acontecerão em solo neozelandês, já que a Weta Digital, responsável por tudo isso, se localiza em Wellington.

Peter Jackson irá dirigir as duas partes de O Hobbit que serão filmadas simultaneamente, como ocorreu com O Senhor dos Anéis. A produção será em 3D e o lançamento ainda está previsto para dezembro de 2012 e dezembro de 2013, respectivamente.

Fontes: TORN e The Dominion Post

Comentários

  1. Fanstástico! espero que a pré-produção começe logo, pois se passar de novembro sem nada resolvido entre o sindicato de atores, podera adiar ainda mais o que será um épico filme!

  2. Concordo com os executivos que falaram ai em cima. Peter é um Gênio, tambem acho que ele é o único ser humano na Terra capaz de tornar realidade a obra do Mestre Tolkien, a gente ve sua paixão pelo cinema em seus filmes, nã´é um diretor que so pensa no lucro como vários Diretores e executivos americanos, Deus salve a Nova Zelandia Terra de pessoas talentosas que com pouco constroi filmes colossais e megaproduções